Madrugada de Belo Horizonte foi a mais fria do ano, o que requer cuidados especiais com a hidratação

0
58
Madrugada de Belo Horizonte foi a mais fria do ano segundo Inmet
Madrugada de Belo Horizonte foi a mais fria do ano segundo Inmet (Imagem: Reprodução/Hoje em Dia)

A madrugada de Belo Horizonte foi a mais fria do ano, tendo o recorde atingindo nesta quarta-feira (26/08). Segundo informações do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os termômetros acabaram marcando 7,7° C. Assim, tal situação requer cuidados especiais com a hidratação.

Durante o dia, a temperatura máxima não ultrapassará os 25° C. Em maio, o recorde registrado foi de 8,3° C, mas isso na região centro-sul, pois no sul de Minas, os termômetros atingiram -0,7° C. Para a quinta (27/08), prevê-se que a capital mineira não tenha chuva e o céu fique claro. A mínima será de 10° C, com máxima de 25° C.

Leia também: Beneficiários de planos de saúde: Cai número de segurados em 2020, segundo a ANS

Madrugada de Belo Horizonte foi a mais fria do ano: o que isso tem a ver com os cuidados especiais com a hidratação?

Todos nós sabemos da importância de ingerir mais água durante os dias quentes do verão, época do ano que transpiramos mais e temos mais sede. No entanto para muitos o consumo de água acaba diminuindo durante a estação do inverno, há lembretes menos visíveis que garantem que se beba água e a sensação de sede diminui em climas mais frios, como o dessa madrugada em BH.

Contudo, o consumo de líquidos nessa época, é de extrema importância. O nosso corpo gasta mais energia para realizar as atividades diárias, até mesmo as mais simples como respirar ou caminhar. O Ministério da Saúde (MS), Orgão que regulamenta as ações de saúde para a população, preconiza no mínimo dois litros de ingesta líquida diária, sendo 70% de água e 30% de outras bebidas como chás, leite, café dentre outras. Vale lembrar que essa quantia pode variar de acordo com a idade e o peso de cada pessoa.

A hidratação nos dias frios também é importante
A hidratação nos dias frios também é importante (Imagem: Reprodução/Freepik)

O motivo principal em aumentar a ingestão da água é a manutenção da saúde e hidratação. À medida que o tempo esfria, nós nos enrolamos em mais camadas de roupa, para nos aquecer o organismo trabalha mais, isso pode levar à desidratação. E consequentemente nossa imunidade diminui o que favorece às infecções por vírus, bactérias e doenças oportunistas como gripes, resfriados e a incômoda Infecção Urinária.

É até possível não perceber a falta de consumo d’água durante o período do dia, especialmente porque a resposta do corpo à sede diminui significativamente. É provável que na madrugada mais fria de Belo Horizonte você não saberia que aquele precioso copo d’água a mais poderia garantir suas reservas de energia.

É vital manter a hidratação a fim de efetivar a regulação da temperatura corpórea, fazendo com que a corrente sanguínea carregue oxigênio e nutrientes importantes, bem como remova as toxinas do organismo.

Conquanto, leia mais: Minas Gerais tem o 2º maior número de idosos do Brasil; entenda como cuidar da saúde mental e física em tempos de pandemia

Quando os termômetros marcam índices baixos, como nos últimos dias em Minas Gerais, é natural o corpo  desejar conforto. Frequentemente, isso acaba se manifestando em preferir alimentos mais saborosos e quentes – muitas vezes altamente calóricos e prejudiciais à saúde.

Atitudes bem simples podem nos ajudar a adquirir novos hábitos. Antes da refeição, porque não beber um copo de água? De preferência meia hora antes.

Os cuidados especiais com a hidratação devem ocorrer em qualquer época do ano
Os cuidados especiais com a hidratação devem ocorrer em qualquer época do ano (Imagem: Reprodução/Freepik)

Nossos cérebros costumam confundir sede com fome, assim, após tomar água, o gatilho acionado da fome se satisfará. Isso quer dizer que você não sentirá mais aquela vontade enlouquecida de lanchar, resistindo à tentação mais facilmente.

Permanecer bem hidratado ajuda também ao sistema digestivo com seu funcionamento e com o processamento mais eficiente dos alimentos, uma vez que isso é vital nos meses onde tendemos ao consumo em excesso. Dessa forma, certifique-se todos os dias de beber muita água para auxiliar o corpo com a digestão.

É comum, como citamos, se sentir bem, sem sede e não ir à geladeira. Contudo, sabendo da necessidade, consuma chás, água, bem como outros líquidos sempre que se lembrar. O MS saúde recomenda beber um copo de água a cada hora.

Vale ressaltar que os cuidados especiais com a hidratação gera saúde, é uma das melhores medidas para promover, por exemplo,  a imunidade, favorecer o controle do peso e possibilitar maior oxigenação das células.

A madrugada de Belo Horizonte foi a mais fria do ano até agora . E com todo o desconforto do clima ressaltamos a importância de manter a hidratação adequada do nosso organismo,  esses motivos que mostramos são plausíveis para nos alertar. Assim, mantenha a ingestão alta de água ao longo dos meses gelados e não somente dos meses quentes, permanecendo saudável e feliz por fora e por dentro.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here