Vacina para Covid-19 no SUS pode ser disponibilizada em dezembro; Entenda

0
177
Vacina para Covid-19 no SUS
Vacina para Covid-19 no SUS pode estar próxima! (Imagem: Veja)

O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, afirmou na última quarta-feira (26) que a vacina para Covid-19 no SUS pode ser disponibilizada ainda em dezembro deste ano para a população brasileira.

Doria se referia à vacina produzida pela China que hoje ainda passa por testes e pode ser confirmada em breve como efetiva contra o Coronavírus.

Essa declaração é muito importante ao trazer esperança para milhões de pessoas que aguardam ser imunizadas contra o vírus que afeta o país desde março deste ano.

Veja também: Suspensão de reajuste plano de saúde até 2021: entenda resolução da ANS

Vacina para Covid-19 no SUS
Expectativas de vacina contra Covid-19 até dezembro de 2020 aumentam após declarações de Dória. (Imagem: Jornal da Record)

CoronaVac pode ser a vacina para Covid-19 no SUS

O Instituto Butantan, de São Paulo, está em parceria com o laboratório chinês Sinovac na realização de testes e pesquisas sobre uma possível vacina contra o Covid-19.

Dessa forma, as testagens da vacina de origem chinesa já estão na sua terceira fase de testes.

Segundo o Governador Paulista, caso essa última fase seja concluída até o final do outubro ou primeira quinzena de novembro ela poderá a vacina para Covid-19 no SUS poderá ser disponibilizada ainda em dezembro para ao menos 45 milhões de doses.

Governo paulista requer investimento federal para desenvolvimento da vacina no Butantan

A vacina CoronaVac está em fases de teste desde o mês de julho. Contudo, para garantir que eventual sucesso dela seja reproduzido pelo Instituto Butantan para a disponibilização da imunização à população brasileira, o Governo Paulista requereu investimentos federais.

Isso ocorreu ontem (26) em reunião com o Ministro da Saúde Interino, Eduardo Pazuello.

Para que a vacina Covid-19 no SUS seja possível com base na versão chinesa seria necessário um investimento de cerca de 1,9 bilhão de reais para capacitar o Instituto Butantan no aumento do número de doses.

Vacina para Covid-19 no SUS: Conheça outras versões em testes

Além da vacina de origem chinesa, ainda, existem outras que estão sendo testadas atualmente no território brasileiro.

Dentre elas estão a vacina inglesa, da Universidade de Oxford, igualmente prevista para ser disponibilizada aos órgãos reguladores dos países para dezembro deste ano.

Isso, pois, não basta a comprovação laboratorial da eficácia da Vacina para Covid-19 no SUS pelos fabricantes; há necessidade, também, de que sejam aprovadas por cada país por seus órgãos de saúde pública e sanitária.

No Brasil, aliás, esse papel cabe à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Portanto, somente após a aprovação pelo órgão é que qualquer vacina poderá, efetivamente, ser replicada e distribuída no Brasil.

A vacina para Covid-19 no SUS, portanto, segue dependendo do sucesso dos testes de suas versões e de posterior aprovação.

Continue lendo: Beneficiários de planos de saúde: Cai número de segurados em 2020, segundo a ANS

 

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here