MRSCBeagá: animais de moradores de rua são atendidos por projeto solidário em BH

A MRSCBeagá está proporcionando cuidados especiais aos bichinhos

0
180
MRSCBeaga tem projeto solidário para animais e tutores que moram na rua
MRSCBeaga tem projeto solidário para animais e tutores que moram na rua (Imagem: Reprodução/Débora Ramos)

Desde o mês de maio, a ONG MRSCBeagá vem proporcionando atendimento veterinário a animais dos moradores de rua em Belo Horizonte. Eles oferecem, além da alimentação, os serviços de limpeza e saúde diariamente.

Este projeto solidário surgiu no ano de 2015, em São Paulo, após Edu Leporo, fotógrafo, perceber que vários sem-teto possuíam cachorros como fiéis companheiros. Entendendo as dificuldades que eles passavam, Edu, a fim de colaborar, doou ração. Um tempo depois, acabou criando a ONG com a intenção de ajudar ainda mais animais.

Essa ação chegou a Belo Horizonte no ano de 2017. Entretanto, ganhou mais notoriedade com a pandemia. Foram mais de 1000 atendimentos feitos por 52 voluntários que estão ativos, sendo que ainda tem 92 em uma fila aguardando para integrarem a equipe.

Leia mais: Plano para a distribuição da vacina contra a COVID-19 já foi anunciada pelo SES-MG

Mesmo com dificuldades MRSCBeagá continua atuará atuando em Belo Horizonte

Voluntários do projeto em Belo Horizonte
Voluntários do projeto em Belo Horizonte (Imagem: Reprodução/Sara Santiago)

A MRSCBeagá atua nas comunidades, bem como nas ruas da capital, não tendo um local fixo de instalação. Isso porque não possui recursos suficientes para tal. Os carros são parados nos pontos estratégicos de BH onde estão os sem-teto e os animais. No entanto, desde meados de junho, alguns atendimentos estão acontecendo de forma temporária na Serraria Souza Pinto, em conjunto com os projetos Transforma BH e Pastoral de Rua.

Primeiramente é feita uma ficha contendo dados do cachorro e do morador de rua. Em seguida, o animal toma um banho quentinho, com limpeza de boca e orelha. Posteriormente, um veterinário avalia sua saúde em geral, dá o vermífugo e o medica, caso necessário. Por fim, o pet ganha roupa, pingente com identificação de QR Code e coleira. Ademais, caso o tutor autorize, ele ainda é encaminhado para castração.

Mas não são somente os animais que recebem mimos. Os tutores ganham kit lanche, café da manhã, um kit higiene, cobertores e roupas. Não faltam voluntários para o projeto, mas faltam doações. Essa é uma prioridade para que o projeto continue progredindo.

A influência dos animais para o bem estar dos humanos

Cachorrinho que passou pelo atendimento médico
Cachorrinho que passou pelo atendimento médico (Imagem: Reprodução/Juliana Romagnoli)

Várias pessoas não acreditam, entretanto, existe forte influência dos pets na autoestima e na vida dos humanos. Eles trazem carinho e conforto para indivíduos em situação de risco. É um fato que a convivência com os animais inspira bem estar e alegria, bem como o convívio se torna sempre reconfortante e agradável. O cérebro humano acaba por reconhecer este gesto sincero, oferecendo benefícios como:

  • Cura da solidão – A solidão acaba indo embora quando se tem um pet, pois ele transmite afeto e segurança. É uma ótima opção para quem está em isolamento social, quem sofre transtornos e depressões severas;
  • Restauração do amor próprio – Os animais de estimação estimulam a parte límbica do cérebro, ligada às emoções. Por isso, os pets estreitam laços afetivos incondicionais, aumentando autoestima, fazendo com que os tutores passem a gostar mais de si;
  • Diminuição da depressão e do estresse – A estima, a relação de afeto estabelecida, por si só, já auxiliam a diminuir os níveis de estresse e ansiedade.

Confira também: Reabertura das academias em BH na segunda (31): algumas unidades vão permanecer fechadas

Esses são alguns dos muitos benefícios que os pets trazem para a vida dos seus tutores. Por isso, independente de serem moradores de rua, todos merecem a oportunidade de experimentarem o amor que os animais podem oferecer. Por isso, a MRSCBeagá se empenha tanto nesse projeto solidário, não só em Belo Horizonte, mas também em outras cidades do Brasil.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here