Greve INSS é deflagrada; Reabertura das agências será afetada? Confira

0
1394
greve INSS
Servidores deflagram greve do INSS! Reabertura das agências será afetada? Confira aqui. (Imagem: IG Economia)

A Greve do INSS teve início na última terça-feira (08), conforme divulgado pelo Fenasps (Federação Nacional dos Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social). Assim, mediante o movimento grevista paira a dúvida se a reabertura das agências previdenciárias sofrerá impacto.

Abaixo, confira a greve deflagrada pelos servidores da Previdência Social e como isso poderá afetar o retorno do atendimento presencial nas agências do INSS.

Também leia: Conhece os direitos dos aposentados? Entenda mais sobre isso e sobre o 14° salário

greve INSS
Agências previdenciárias irão postergar novamente a abertura em razão do movimento grevista? Veja aqui. (Imagem: UOL)

Greve INSS busca postergar retorno do atendimento presencial nas agências previdenciárias

A greve dos servidores públicos da Previdência Social teve início na última terça-feira. Sua deflagração foi determinada na Plenária Nacional da Fenasps que ocorreu no dia 04 de setembro.

A plenária resultou no desenvolvimento de um ofício no qual a Federação dispunha os motivos pelos quais a greve foi optada pelos servidores, assim como a data em que teria início (08).

O que motivou a greve do INSS?

Conforme o ofício divulgado pela Fenasps a motivação da greve estaria diretamente relacionada à obrigação de retorno às agências em meio à pandemia.

Dessa maneira, os servidores requerem que seja mantido o home office até o final da pandemia. Segundo eles as situações higiênicas das agências seria precária e, por isso, apresentariam perigo de contaminação pelo Covid-19.

Outro ponto ressaltado no documento é que a Greve do INSS também é motivada pelo projeto de Reforma Administrativa pretendida pelo Governo Federal, ao qual os servidores são contrários.

Reabertura do INSS: Como fica?

O reabertura das agências previdenciárias para atendimento presencial ao público é prevista para ocorrer na próxima segunda-feira. Elas estão fechadas desde março em razão da pandemia de Covid-19.

Entretanto, com a deflagração da Greve do INSS ainda paira a dúvida quanto a real retomada dos atendimentos no dia 14. Sobre isso ainda não houve manifestação da Previdência Social ou do Governo Federal.

Por ora o retorno do atendimento presencial segue mantido para a segunda-feira. Porém, ele deve ocorrer de forma parcial, por apenas 04 horas diárias, com necessidade de agendamento prévio.

Caso a greve do INSS prorrogue novamente a abertura das agências, o cidadão ainda terá ao seu dispor o acesso aos atendimentos remotos pelo Meu INSS e Canal 135 que foram disponibilizados para funcionarem durante toda a pandemia.

Confira agora: Novas regras do auxílio emergencial: como fica o pagamento para mães solteiras?

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here