Metade dos brasileiros com 60 anos de idade diz não se sentir idoso, aponta pesquisa

Para a pesquisa, 50% declarou "não se sentir idoso".

0
220
idoso
Metade dos brasileiros com 60 anos de idade diz não se sentir idoso, aponta pesquisa Foto - Pixabay

O que é ser idoso hoje no Brasil? E o que a idade representa para os brasileiros? A Pesquisa Idosos no Brasil realizada pelo Sesc São Paulo em parceria com a Fundação Perseu Abramo revelou que metade dos brasileiros com 60 anos de idade diz não se sentir idoso. Dessa forma, saiba mais sobre o resultado dessa pesquisa.

Leia também: Quais são os benefícios da acupuntura, uma das terapias holísticas mais famosa. Confira

Aspectos gerais da pesquisa Idosos no Brasil 

A pesquisa, como veremos a seguir, traz uma radiografia da condição do idoso no Brasil e de sua percepção da realidade à sua volta. Vale, então, apenas conferir, para estarmos antenados às necessidades desse importante grupo social.

  • 4.144 pessoas com idade entre 16 e 59 anos, nos dias 25 de janeiro e 2 de março de 2020;
  • 40% dos entrevistados com mais de 60 anos afirmaram que “se sentem idosos”;
  • 50% declarou “não se sentir idoso“;
  • 30% dos entrevistados afirmam que se chega a velhice “quando começa a depender dos outros física e emocionalmente”, e 20% “quando começa a se sentir indisposto para as atividades”.
  • 88% dos idosos se referem negativamente aos jovens. “Falta de responsabilidade” (56%), associação ao “uso de drogas” (25%), e “desrespeito aos idosos (19%)” são algumas das citações;
  • Cerca de oito em cada dez brasileiros (84%), independentemente da idade, acha que existe preconceito em relação aos idosos;

Confira também: Aposentadoria compulsória como punição? Entenda isso 

Idosos estão vivendo mais
idoso
Metade dos brasileiros com 60 anos de idade diz não se sentir idoso, aponta pesquisa Foto – Pixabay

Diante do quadro exposto na pesquisa, elencamos, portanto, abaixo uma lista de dicas que ajudam os familiares e amigos a melhorarem a qualidade de vida das pessoas que já chegaram a esta idade dos 60 anos ou mais.

Com efeito, por mais que investir dinheiro seja importante, o que mais fará diferença mesmo é o comportamento de respeito e carinho com nossos pais e avós.

Dessa maneira a maioria dos itens da lista carecem apenas de uma disposição honesta  em acolher e a retribuir. Vamos lá:

Quadro de dicas para melhor tratamento dos idosos próximos

  • visite sempre os idosos da sua família, ligue para eles, faça contato e empreste seus ouvidos com paciência;
  • Ajude-os, então, a ter uma rotina diária de passeios no quarteirão, exposição ao sol, exercícios físicos e pequenas tarefas que possam ajudar a se sentirem úteis. Mantê-los ativos  mesmo quando já forem aposentados, produz saúde tanto emocional quanto física.
  • Ademais, esteja ciente dos controles e receitas médicas e dos tratamentos que estão seguindo.
  • Promova programas com os demais membros da família junto com os idosos, para estimularem sua memória, músculos e promoverem a sua autoestima.
  • Manter uma vida social ativa melhorará a qualidade de vida na velhice. Para isso, ajude-os a se encontrarem com os amigos, frequentarem cursos ou workshops sobre os seus hobbies, passear ou fazer uma viagem de lazer.

O que você acha dessas dicas e medidas para melhorar a qualidade de vida do idoso próximo a você?

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter Pinterest.

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here