Sequestro de pets de estimação aumentou no últimos meses; entenda

0
296
Sequestro de pets de estimação
Sequestro de pets de estimação tem ganhado visibilidade. Foto: Envato.

O sequestro de pets de estimação tem sido uma prática comum pelo mundo e no Brasil vem ganhando visibilidade também. Atualmente, há histórias de animais de raça que foram sequestrados e, inclusive, os bandidos exigem altos valores pelo resgate. Portanto, saiba mais sobre esses casos que são mais comuns do que se imagina, aqui no Saúdelab.

Infelizmente há um mercado crescente para o sequestro de animais de raça. Assim, após serem sequestrados os ladrões vêem exigindo resgates exorbitantes. A escolha da espécie pode ser das mais diversas, desde gato, cachorro até mesmo pássaros.

animais de raça
Sequestro de animais de raça; entenda mais. Foto: Pixabay

Por isso, também é importante o tutor se precaver e tomar todos os cuidados necessários, e principalmente, se tem o hábito de passear com o animal de raça.

Recentemente, foi informado que no Reino Unido a pandemia fez disparar o sequestro de pets de estimação. Desta forma, com as pessoas mais em casa, muitos compraram animais. E com a demanda em alta, os preços dos bichinhos dispararam, e isso acabou motivando, ainda mais, a prática dos sequestros e roubos dos animais de estimação.

Outro fato, lamentável, na última semana aqui no Brasil 67 cachorros, ainda filhotes, da raça Shih Tzu foram resgatados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) dentro da mala de um carro, na BR-242, no município de Itaberaba (BA). Eles seriam comercializados em pet shops.

Leia também: Confira 6 raças de cachorros que necessitam mais cuidados com a saúde

Como se prevenir de sequestro de pets de estimação

Os donos de animais de estimação têm o dever de :

  • Fornecer ao seu animal de raça e/ou estimação, diariamente, água e alimentos adequados;
  • Fornecer abrigo e proteção;
  • Não sujeitá-lo à dores ou sofrimentos irracionais ou desnecessários no modo como são manuseados ou confinados;
  • Proteger seu animal de estimação de qualquer lesão ou doença significativa.

Além disso, portanto, os donos de animais de estimação não devem abandoná-los, e caso desapareçam, se esforçar para encontrá-los.

O não cumprimento de qualquer um dos deveres acima é considerado negligência, o que constitui uma infração penal.

Como posso manter meu animal de estimação seguro?

Os conselhos de como manter seu cão seguro incluem:

  • Pense duas vezes antes de deixar seu cachorro amarrado do lado de fora de uma loja – pois isso o torna um alvo ‘vulnerável e tentador’ para ladrões oportunistas;
  • Não deixe seu animal de estimação sozinho no carro, mesmo que por alguns minutos;
  • Seu pet deve sempre usar uma coleira e uma etiqueta de identificação com seu nome e endereço. Este é um requisito legal quando o seu cão está em um local público. Um número de celular também é uma boa ideia;

Outras sugestões, veja.

Tire fotos nítidas de seu cachorro de vários ângulos e atualize-as regularmente

  • Tenha muitas fotos suas com seu cachorro, para ajudá-lo a provar que é proprietário, se necessário. Treine seu cachorro para voltar quando chamado e nunca o deixe perder a coleira se você não tiver certeza de que ele voltará para você.
  • Tome cuidado ao escolher alguém para cuidar de seu cão se você estiver viajando para longe de casa ou precisar de um passeador de cães enquanto for trabalhar. Use uma empresa ou canil de renome e verifique as referências de pessoas que prestam serviços de guarda de cães ou de casa.
  • Em casa, certifique-se de que seu jardim esteja seguro e coloque um sino no portão para ouvir se alguém o abre.
  • Se você cria cachorros para venda, tome muito cuidado ao convidar as pessoas para visitá-los; o ideal é ter outra pessoa presente e limitar o número de pessoas permitidas por vez.
  • E por último, sempre mostre os filhotes em uma área segura.

Confira agora: Óleos essenciais: Conselho Federal de Farmácia alerta sobre o uso; entenda

Há algo mais que eu possa fazer quando o animal desaparecer?

Outras dicas incluem:

  • Fazer pôsteres e exibi-los em áreas próximas à sua casa e também em locais relevantes, como veterinários e parques locais. O pôster deve incluir uma fotografia clara e detalhes das circunstâncias.
  • Garantir que os veterinários locais estejam cientes caso alguém leve seu cão para tratamento.
  • Relatar a perda no maior número possível de sites de animais desaparecidos.
  • Entrar em contato com abrigos de animais locais e instituições de caridade de resgate e enviar pôsteres para exibição.

Perder um animal de estimação devido a roubo ou outros motivos é um evento traumático.

Infelizmente o sequestro de animais de raça é mais comum do que você imagina. Assim, para não passar por essa situação, é importante que tome os devidos cuidados, pois ladrões oportunistas estão por todos os lados.

Desta forma, para denúncia de maus-tratos e tráfico ilegal de animais é possível ligar para o telefone 191, que funciona em todo o Brasil.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here