Aumento de pena para maus-tratos de animais é aprovado no Senado Federal; Confira

0
202
maus-tratos
Aprovado no Senado: aumento de pena para maus-tratos de animais Foto - Pixabay

Na busca de se tentar coibir os constantes maus-tratos impostos aos animais no Brasil, o Senado Federal, na última quarta-feira, 09 de Setembro, aprovou uma nova lei que aumenta a pena para o crime de violência contra cães e gatos. Entenda melhor.

Confira também: Sequestro de pets de estimação aumentou no últimos meses; entenda

A nova lei de maus-tratos de animais no Brasil

maus-tratos
Aprovado no Senado: aumento de pena para maus-tratos de animais Foto – Pixabay

O Projeto de Lei 1.095/19 já havia sido aprovado na Câmara no final do ano passado e segue agora, depois de cumprir o trâmite regular no Senado, para a sanção presidencial.

Dessa forma, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) destaca a importância da lei:

“Este projeto é muito importante. É inaceitável o que vem acontecendo no Brasil no aspecto da proteção animal”, declarou relator.

Hoje maltratar animais é uma conduta punida com detenção de três meses a um ano, e multa. Chegou-se a conclusão, pelo menos, entre os congressistas brasileiros, que é preciso aumentar a punição para desencorajar a prática.

Se o cidadão vir ou presenciar maus-tratos em animais é importante que faça uma denúncia aos órgãos oficiais. Por isso é que as organizações não governamentais possuem um papel importante e insubstituível na sociedade.

O que são os maus-tratos contra animais?

maus-tratos
Aprovado no Senado: aumento de pena para maus-tratos de animais Foto – Pixabay

A crueldade contra os animais abrange uma gama de comportamentos prejudiciais aos animais, que vai da negligência quanto a alimentação até à morte por agressão deliberada.

A crueldade intencional, portanto, revela-se na ação de  privar conscientemente um animal de comida, água, abrigo, socialização ou cuidados veterinários até torturar, mutilar ou matar perversamente o animal.

Leia também: Conheça as regras do Detran para o transporte de animais

Por que isso é uma preocupação?

Toda crueldade contra os animais é uma preocupação porque é moralmente errado infligir sofrimento a qualquer criatura viva. Contribui contra o próprio senso de humanidade.

É relativamente fácil ouvir declarações ou histórias de pessoas que mutilam, torturam ou matam animais deliberadamente. Mas assim como a crueldade e a covardia são as causas de tal comportamento, também a coragem e a bondade nas pessoas são necessárias para combatê-lo.

Por isso, recomendam os especialistas, desde cedo é importante ensinar às crianças a terem empatia por outros seres vivos.

Assim, pais que se esforçam para ajudar animais necessitados podem inspirar as gerações futuras a fazerem escolhas compassivas.

Mas claro, que tudo passa pela educação formal também; dessa maneira os estabelecimentos de ensino, ao seu turno, desempenham um papel importante, no registro e na disseminação da melhor conduta.

Maltratar animais é crime previsto em lei. Está na Constituição Federal de 1988 que o Poder Público está no dever de proteger a fauna e a flora brasileiras de quaisquer práticas que coloquem em risco sua função ecológica.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter Pinterest.

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here