Home Notícias SUS oferecerá remédio à base de Cannabis e poderá beneficiar milhares de...

SUS oferecerá remédio à base de Cannabis e poderá beneficiar milhares de tratamentos; confira

Na última quinta-feira, 10 de setembro, o Ministro interno da Saúde anunciou que após a regulamentação dos medicamentos o SUS oferecerá remédio à base de Cannabis.

A planta que é conhecida popularmente como maconha possui elementos como o canabidiol, que estão sendo cada vez mais utilizados para tratamentos de doenças diversas. Aliás, desde 2015 o Brasil permite importações de medicamento que tenham em sua composição substância da Cannabis.

Essa declaração do Ministro interino da Saúde é muito importante, pois traz possibilidades de tratamentos diversos que podem mudar a vida de muitas pessoas. Continue lendo para ver mais informações sobre a legalização dos compostos da planta em medicamentos no Brasil.

Também leia: SUS e pandemia: Ex-Ministro da Saúde Mandetta participará de live no próximo dia 17/09; Confira

SUS oferecerá remédio à base de cannabis
Pazuello, Ministro interino da Saúde, declara que o Ministério da Saúde é favorável aos medicamentos à base de cannabis caso demonstrem eficácia. (Imagem: Go Outside)

SUS oferecerá remédio à base de Cannabis após regulamentação: O que isso significa?

Pazuello discursou nesta semana em um evento realizado para a prevenção do suicídio em razão do “Setembro Amarelo”. Em sua fala o ministro declarou que diversos medicamentos estão sendo estudados e em processo de regulamentação.

Dessa maneira, após o término desse processo, poderão levar o SUS a oferecer remédios feitos à base das propriedades da Cannabis.

Ainda segundo o Ministro interino da Saúde todos os medicamentos que apresentarem bons resultados serão fornecidos pelo Sistema Único de Saúde. Pazuello também ressaltou que o processo não foi iniciado recentemente e que o Ministério não se opõe à utilização desses medicamentos caso a efetividade seja comprovada.

Desse modo isso pode apontar para um avanço da saúde pública, pois, se a regulamentação for concluída de forma positiva o SUS oferecerá remédio à base de Cannabis.

Para quais tratamentos o canabidiol é geralmente utilizado?

Canabidiol é uma das substâncias importantes que são contidas na planta. Ela corresponde a cerca de 40% do extrato retirado e atua no sistema nervoso, podendo proteger neurônios.

Além disso, essa substância se mostra efetiva no tratamento de doenças mentais, epilepsia, estresse, depressão e ansiedade. Outras qualidades do canabidiol estão no combate à dor e melhora do sono.

Portanto, muitas doenças poderão ser tratadas quando o SUS ofertar remédio à base de Cannabis. Atualmente epilepsia, esclerose múltipla, mal de Alzheimer e mal de Parkinson são algumas das doenças que fazem uso deste tipo de tratamento.

Por fim, cabe ressaltar que os remédios à base de Cannabis não possuem THC, que por sua vez, é a substância alucinógena contida na planta.

Confira agora: Fisioterapia fora do rol da ANS não necessita ser custeada por plano de saúde, decide STJ

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Os mais lidos

Dados não aparecem no Cadastro Positivo do SPC e Serasa? Saiba o que fazer

A aprovação da inclusão automática e inicialmente obrigatória no Cadastro Positivo do SPC e Serasa, tem como intuito estimular um número maior de pessoas...

Como curar furúnculo rápido: entenda como você pode se livrar desse problema tão incômodo

Não há como se confundir. Todos nós somos capazes de reconhecer a forma dos furúnculos. No início eles são somente erupções vermelhas e doloridas...

Sacar o Bolsa Família no caixa eletrônico também é uma opção; saiba mais

Como sacar o Bolsa Família no caixa eletrônico - Segundo dados do Ministério da Cidadania, mais de 13,5 milhões de famílias de baixa renda...

Início da primavera e chuvas no Pantanal: a estação trará alívio para a região, menos para o Nordeste; entenda

O início da primavera no Hemisfério Sul se deu hoje (22/09) às 10:31 pelo horário de Brasília. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) previu...