A dieta anti-inflamatória pode trazer benefícios à saúde; confira detalhes

A dieta anti-inflamatória colabora diretamente para o bem-estar

0
498
dieta anti-inflamatória
Você sabia que a dieta anti-inflamatória pode trazer benefícios à saúde? Confira detalhes (Foto: Freepik)

Frequentemente, novas dietas surgem com a proposta de beneficiar o corpo de formas diferentes. É o caso da dieta anti-inflamatória, que promete a ação direta contra doenças consideradas graves, bem como condições bastante incômodas para a população. Hoje, o SaúdeLab vai abordar esse tema, muito bom para você. 

dieta anti-inflamatória
Você sabia que a dieta anti-inflamatória pode trazer benefícios à saúde? Confira detalhes (Foto: Freepik)

Leia mais: Colesterol alto? Conheça 3 alimentos que podem ajudar a diminuí-lo

O que é a dieta anti-inflamatória

Ao contrário de outras, a dieta anti-inflamatória não tem como objetivo o emagrecimento de quem a adota. O foco maior em sua rotina é o da diminuição das inflamações por todo o corpo e, automaticamente, a diminuição no risco do acometimento de muitas doenças.

Atuando nas inflamações do corpo de forma natural, a dieta consiste no consumo de nutrientes com propriedades anti-inflamatórias, encontrados em diversos alimentos de origem vegetal ou animal.

De acordo com profissionais do Laboratório de Imunologia Nutricional da Universidade Tufts (Massachusetts, EUA), em casos de exposição em excesso a alimentos que contenham propriedades pró-inflamatórias e toxinas, o corpo pode ser acometido por um processo inflamatório crônico que, a longo prazo, pode ser desencadeado em doenças como obesidade, artrite, diabetes e outras.

Doenças que podem ser evitadas com a dieta anti-inflamatória

Nesse sentido, a dieta com propriedades anti-inflamatórias tem o objetivo de restabelecer o equilíbrio das defesas do corpo, sem utilizar medicamentos ou formas não naturais para esse processo.

Algumas das doenças que podem ser evitadas através da alimentação constante de nutrientes anti-inflamatórios são: câncer, doenças cardíacas, artrite reumatoide, diabetes e até dislipidemias.

Além disso, a dieta age diretamente no aumento da imunidade e do bem-estar, evitando dores de cabeça, gripes e resfriados, inchaços, cansaço excessivo e dores nas articulações e músculos, causadas pelo esforço físico.

Alimentos ricos em propriedades anti-inflamatórias

De acordo com profissionais de nutrição, a dieta anti-inflamatória pode ser realizada com inúmeros alimentos diferentes. Como resultado, ela pode ser realizada por qualquer pessoa. Alguns dos alimentos ricos para acrescentar à dieta são:

  • Peixes como sardinha, cavalinha e salmão;
  • Oleaginosas como nozes, amêndoas, chia, linhaça e feijão;
  • Grãos integrais e sementes como gergelim, amaranto e quinoa;
  • Frutas como kiwi, laranja, limão e outras ricas em vitamina C;
  • Vegetais e legumes como nabo, repolho, gengibre, cenoura e brócolis;
  • Óleos como o azeite de oliva extra-virgem;
  • Chás com ervas como erva doce e alecrim. Além disso, chá de gengibre ou chá-verde.

Leia mais: Saiba como aumentar a imunidade com novos hábitos alimentares

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here