Plano de saúde para idosos; no Brasil apenas 24,9% dos brasileiros possuem

0
562
Plano de saúde
Plano de saúde para idosos: por que ter um? Foto - Pixabay

Ficar sem plano de saúde quando mais se precisa. Essa é a reclamação mais comum dos idosos contra as seguradoras de saúde. Essas empresas costumam multiplicar o preço dos planos para maiores de 60 anos. É por isso, que o Estudo Longitudinal da Saúde dos Idosos Brasileiros (ELSI-Brasil) divulgado pelo Ministério da Saúde em 2018 apontou que 75,3% dos idosos brasileiros dependem exclusivamente dos serviços prestados no Sistema Único de Saúde (SUS). Acompanhe mais no texto.

Também leia: Greve do INSS não impedirá a reabertura das agências; confira

Plano de saúde para idosos

Plano de saúde
Plano de saúde para idosos; no Brasil apenas 24,9% dos brasileiros possuem

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), são menos de 7 milhões de idosos com planos de saúde ativos no País. E a tendência é diminuir este contingente, considerando que a cada dia tem sido mais difícil manter um plano de saúde privado ativo.

Também é importante lembrar que é  justamente as pessoas com mais de 60 ou 65 anos (idosos) que correspondem aos grupos que mais necessitam e utilizam os serviços oferecidos por esse sistema privado.

Essa relação de faixa etária mais alta com a maior demanda no atendimento é que encarece muito os planos de saúde.

A população acima de 60 anos já é mais de 28 milhões de pessoas, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia tambémVeja quem tem direito ao aumento de 25% para aposentados

Como escolher um plano de saúde para o idoso

O plano de saúde é um contrato pelo qual a seguradora se compromete a assumir uma garantia de indenização pelas despesas médicas no caso de o segurado adoecer ou sofrer um acidente que conduza à hospitalização.

Geralmente, as seguradoras têm vínculos ou convênios com vários médicos, clínicas e hospitais para que os serviços sejam fornecidos aos seus clientes.

Várias seguradoras, em contrato, também oportunizam reembolsos, no caso de haver algum custo adicional ao cliente, por ter sido tratado por profissionais ou instituições fora do convênio.

Importância do plano de saúde para os mais velhos

Poder contar com um plano de saúde, principalmente para quem é idoso, é uma segurança para si mesmo e para a família. Os custos para atendimento médico particular ( despesas com consultas médicas, exames médicos, ambulâncias, hospitalização etc) costumam ser elevadíssimos, considerando a média de ganhos do brasileiro, notadamente, do aposentado.

Mas a aritmética é simples, quanto mais gente conseguir pagar por planos de saúde, melhor, pois diminui o volume de pessoas a ser atendido pelo já abarrotado sistema público, o SUS (sistema único de saúde).

Esse número alto de procura pelo SUS acarreta lapso temporal de espera demasiadamente extenso, para determinados procedimentos eletivos. E não raro se verifica ausência de leitos hospitalares,  remédios e outros aparatos necessários para a melhor assistência do cidadão.

Essa é, de fato, uma área que carece da atenção permanente do Estado. A saúde da população merece ações positivas dos governantes, especialmente porque todos os cidadãos são pagadores de impostos. Então devem ser contemplados de forma eficaz quanto à uma plataforma mínima de atendimentos médicos.

E quem resolver fazer uso de planos particulares deve encontrar a mesma atenção dos órgãos oficiais quanto à mediação das mensalidades. Afim de se evitar abusos econômicos.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais:  Facebook,  InstagramTwitter Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here