Serasa indica idosos como os que mais pagam em dia empréstimo pessoal

Grupo supera a casa dos 90% em pontualidade dos pagamentos

0
380
Serasa indica idosos como os que mais pagam em dia o empréstimo pessoal
Serasa indica idosos como os que mais pagam em dia o empréstimo pessoal

O bom gerenciamento das finanças pessoais dos idosos é uma ação importante, para que a manutenção dos fundos seja suficiente na garantia de uma vida mais confortável. Inclusive, não é novidade pra ninguém que esse público, por vezes, acaba refém dos empréstimos aqui no país. No entanto, um estudo da Serasa Experian apontou que são os idosos os que mais pagam em dia o empréstimo pessoal tomado. Acompanhe mais no SaúdeLab.

Serasa indica idosos como os que mais pagam em dia o empréstimo pessoal
Serasa indica idosos como os que mais pagam em dia o empréstimo pessoal

Dados do estudo da Serasa Experian

De acordo com o levantamento feito em maio deste ano pela Serasa Experian, empresa líder em serviços de informação, pessoas acima de 60 anos – que tinham a modalidade contratada teve uma taxa de pontualidade de 91,3%.

Este é o maior índice na comparação com os demais grupos de idade e está acima da média nacional (85,8%).

O economista da Serasa Experian, Luiz Rabi disse o seguinte sobre o levantamento:

“O empréstimo pessoal é uma linha de crédito procurada por quem precisa, por exemplo, quitar uma dívida, fazer uma compra mais cara evitando financiamento a juros mais altos e até mesmo substituir dívidas caras, como o rotativo do cartão de crédito e o cheque especial. Os idosos, faixa que concentra também os aposentados, estão em uma fase mais madura e experiente, por isso, costumam priorizar melhor o pagamento em dia de suas contas para não desequilibrar o orçamento e manter uma vida financeira mais saudável”,

Leia também: É possível aprender educação financeira na terceira idade? Confira

Dicas financeiras para idosos

Em qualquer fase da nossa vida é importante cuidar das finanças pessoais e, ainda mais na terceira idade. Mas conforme a pessoa envelhece, algumas despesas aumentam. Isso pode ser na forma de medicamentos, cuidados de saúde, entre outros.

A maior preocupação dos idosos na aposentadoria é o custo dos serviços de saúde. Porém, a dívida pode ser um grande problema na aposentadoria, porque mais dívidas significa contas mais altas – o que realmente não funciona quando sua renda é menor.

Portanto, é preciso estar atento para manter a dívida minimizada antes e durante a aposentadoria.

Confira algumas dicas financeiras:

  1. Manter o controle de suas receitas e despesas diariamente ajudará no controlar seus gastos.
  2. Classifique os desembolsos que são feitos categorizando-os: alimentação, cuidados com o acompanhante, remédios, limpeza doméstica, caminhadas etc.
  3. Com essas saídas fixas é importante ter um controle de gasto médio mensal.
  4. Aumente sua educação financeira. Nunca é tarde para aprender algo novo. Aproveite seu tempo livre para adquirir ou reforçar conhecimentos por meio de cursos presenciais ou online gratuitos na internet.

A Serasa Experian, por exemplo, disponibiliza em seu site um curso online e gratuito para contribuir com a saúde financeira e empoderar economicamente a população.

Leia também: Veja alimentos que controlam a ansiedade e melhoram o humor, especialistas indicam 06; confira

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter  Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here