Dieta sem glúten: entenda porque ela faz bem à saúde

0
132
alimentação sem glúten
É possível ter uma alimentação sem glúten e saudável ao mesmo tempo (Foto: Istock)

De acordo com profissionais de saúde e nutrição, adotar uma alimentação sem glúten é possível e pode ser extremamente benéfica a portadores da doença celíaca. O Saudelab te mostra, nesta matéria, como seguir uma dieta sem glúten de forma saudável.

alimentação sem glúten
É possível ter uma alimentação sem glúten e saudável ao mesmo tempo (Foto: Istock)

Leia mais: Sabia que tipos de osteoporose também atinge os mais jovens? Entenda

O que é glúten e por que ter uma alimentação sem glúten

De antemão, o glúten é uma espécie de conjunto de proteínas que podem ser encontradas em alguns tipos de cereais, como o trigo. Ou seja, o glúten é a combinação de algumas dessas proteínas que são divididas em grupos: a gliadina e a glutenina. 

Atualmente, é comum encontrar pessoas que sejam portadoras da doença celíaca, que consiste na intolerância às proteínas gliadina e glutenina. Essas pessoas devem optar por uma alimentação sem glúten.

Busca pelo emagrecimento

Além disso, muitas pessoas optaram pela dieta com o desejo de emagrecer. Porém, ainda não há comprovações de que uma alimentação livre dessas proteínas possa proporcionar o emagrecimento.

A alimentação sem glúten pode ser feita por qualquer um?

De acordo com o CRN (Conselho Regional de Nutricionistas) é importante que uma dieta livre de glúten seja seguida apenas por pessoas portadoras da doença celíaca. 

Em contrapartida, alimentos ricos em glúten também são considerados ricos em outros nutrientes que, por sua vez, são benéficos à saúde. Sendo assim, as pessoas que não têm restrições à essa proteína, poderão mantê-los na alimentação ou substituí-los de forma consciente e acompanhada por um profissional.

Saiba também: Alimentos ultraprocessados podem ser prejudiciais à saúde, descubra o porquê

Alimentos que não podem ser consumidos numa alimentação sem glúten

Em suma, todo alimento ou bebida que tenha como base o trigo, cereais, farinhas ou alimentos enlatados, podem conter a proteína. Os alimentos mais comuns que são ricos em glúten são: todos feitos com trigo, como massas em geral, cervejas, achocolatados, bolos, biscoitos, aveia ou centeio.

Também devem ser evitados os alimentos embutidos ou enlatados como salame, patês, salsichas, condimentos como maionese ou ketchup. Além disso, é importante verificar a embalagem em busca de avisos como “Contém glúten” ou “Pode conter glúten”.

Leia mais: Saiba como aumentar a imunidade com novos hábitos alimentares

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here