Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte nesta segunda (21/09) ainda com o impasse judicial

Justiça Federal não permitiu a volta às aulas presenciais para a instituição

0
251
Atividades são retomadas mesmo contra decisão judicial
Atividades são retomadas mesmo contra decisão judicial (Imagem: Reprodução/Gabriele Lanza)

O Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte nesta segunda (21/09), indo contra uma decisão judicial. A proibição da Justiça Federal  impede que professores deem aulas presenciais na instituição. A retomada das atividades do ensino médio se deu hoje, sendo que amanhã será a vez de parte do ensino fundamental, como medida de segurança.

A proibição e a decisão de manter o regime do teletrabalho dentro da instituição foi publicada na sexta-feira (18/09). O Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte com pena de receber uma multa de R$ 5.000,00 por dia.

Confira também: Proteção contra o Coronavírus: pesquisa feita na UFMG desenvolve produto eficiente por 24 horas

O impedimento atende à solicitação do Sindsep-MG, feita antes que a determinação da retomada fosse efetivada. A questão é que o sindicato faz a representação dos servidores públicos civis federais, entretanto, não abrange militares. Dessa forma, na liminar obtida pelo sindicato, o juiz fez a determinação do teletrabalho para professores civis, confirmando que quem definirá o retorno da aula presencial é a prefeitura, sendo a escola particular, municipal, bem como federal ou estadual.

Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte, mas com professores militares

O comunicado que foi enviado para os pais de todos os alunos do Colégio Militar dizia que as aulas seriam ministradas por professores militares. A direção também afirma conduzir as atividades seguindo as recomendações dos protocolos sanitários.

Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte com professores militares
Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte com professores militares (Imagem: Reprodução/Gabriele Lanza)

O Exército Brasileiro é o responsável por gerir os quatorze colégios militar em todo o país. Todos eles terão as aulas presenciais à partir desta segunda (21/09), uma vez que certas atividades já tinham sido retomadas nas cidades de Belém, Rio de Janeiro e Manaus.

Leia mais: Rinite alérgica e estresse: entenda essa relação

Possuindo aproximadamente 620 alunos, a previsão é de uma retomada gradual da aula presencial, tendo início com alunos matriculados no ensino médio. Medidas preventivas contra o novo Coronavírus estão sendo tomadas, tal como a adaptação das salas e a orientação quanto às questões de higiene. Professores e alunos dos grupos de risco estão sendo orientados a permanecerem em casa com as aulas virtuais.

O Sindsep e seus advogados estão questionando o sentido da exposição de alunos e colaboradores da instituição ao risco do vírus. Isso porque as aulas presenciais ainda não serão completas, uma vez que parte do corpo docente é constituída de professores civis. A PBH disse que aguardará o posicionamento da Justiça, já que o Colégio Militar retomou as aulas em Belo Horizonte e descumpriu uma ordem que pode por em cheque a saúde de várias pessoas.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, TwitterPinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here