Dia nacional e internacional do idoso: avanços e desafios

O Dia Internacional do Idoso visa aumentar a consciência sobre o impacto do envelhecimento da população.

0
179
Dia nacional e internacional do idoso: avanços e desafios Foto - Pixabay

Você sabia que em 27 de Setembro comemora-se o Dia Nacional do Idoso e já no dia 1º de Outubro é comemorado o Dia Internacional do Idoso? Sim, essas datas são uma grande oportunidade para refletirmos e provocarmos a discussão sobre os direitos dos idosos. Quais os desafios? E quais os avanços? Saiba mais no SaúdeLab.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados em 2019, a população idosa no Brasil cresceu 26% em seis anos. Hoje, os brasileiros já somam 28 milhões de idosos e até 2031 a expectativa, segundo o Ministério da Saúde, é que o número chegue a 43 milhões. 

Dia internacional do idoso

idoso
Dia nacional e internacional do idoso: avanços e desafios Foto – Pixabay

O Dia Internacional do Idoso visa aumentar a consciência das pessoas, sobre o impacto do envelhecimento da população mundial e a necessidade de garantir que as pessoas possam envelhecer com dignidade e continuarem a viver suas vidas como cidadãos e com plenos direitos.

Os idosos contribuem fortemente para a sociedade, por meio do trabalho voluntário, transmitindo experiências e conhecimentos, apoiando suas famílias e participando da força de trabalho remunerada.

Os enfrentamentos na velhice

Nesse contexto, um questão delicada para esse público é que a velhice muitas vezes se apresenta como um problema inevitável, indesejável e cheio de incertezas.

Dessa maneira é fundamental encontrar maneiras inovadoras e sustentáveis ​​de lidar com essas questões dos idosos e gerar um novo olhar às suas demandas.

Mesmo as principais organizações intergovernamentais, como a Organização Mundial de Saúde (OMS), têm enfatizado repetidamente, a necessidade de minimizar os desafios enfrentados pelos idosos.

Além disso, outro ponto em pauta, é a importância de criar ambientes e Políticas Públicas para envolver homens e mulheres idosos, afim de promover a saúde mental, pois  depressão, ansiedade e várias doenças psíquicas tendem a agravar nessa fase da vida.

Também tem sido fundamental para encorajar maneiras de governos, organizações não governamentais e outras partes interessadas perceberem, interagirem e cuidarem de seus cidadãos mais velhos.

Leia mais: Dinheiro sumiu do Caixa Tem? Entenda o que pode ter acontecido

Desafios dos idosos

idoso
Dia nacional e internacional do idoso: avanços e desafios Foto – Pixabay

Envelhecer bem significa ter uma estratégia inteligente para enfrentar os desafios que podem surgir no seu caminho. A propósito, veja que é necessário ter isso em mente antecipadamente, de maneira consciente, pois é o ciclo normal de cada pessoa.

Abaixo estão alguns desafios que os idosos enfrentam ao envelhecer. Confira;

Declínio Funcional e Depressão

Mudanças no corpo devido à idade podem resultar em perda de massa muscular, mudanças no equilíbrio e outros fatores que impactam o funcionamento do dia a dia. Superar essas mudanças exige estratégia sólida e medidas preventivas.

Vale ressaltar, ainda, que as estatísticas apontam os idosos como faixa etária crescente e afetada pela depressão. Haja visto que o isolamento, debilidades físicas, mudanças no corpo, entre outros fatores, contribuem para que os idosos se sintam tristes e deprimidos.

A boa notícia é que  depressão é uma patologia tratável e a família tem um papel muito importante, nesse sentido.

Doença, Abuso e Negligência

As doenças, provavelmente, podem aumentar com o tempo. O fato é que muitos idosos estão lidando com vários medicamentos e os sintomas da doença podem afetar o dia a dia, bem como diminuir a qualidade de vida.

Mas, contudo observe,  a prevenção de doenças e gerenciá-las bem, consequentemente irão minimizar o impacto nas Atividades de Vida Diárias (AVDs) .

Por outro viés, há um agravante que impacta sobremaneira a vida do idoso. Sim, é o abuso e negligência com pessoas idosas, e infelizmente,  são muito comuns. Frequentemente, eles dependem de outras pessoas para obter cuidados e apoio, vez que também,  devido à depressão e outras doenças podem negligenciar a si mesmos.

Exploração Financeira

O público da terceira idade pode ser alvo fácil para golpes. Frequentemente, os idosos precisam de mais ajuda com finanças – uma combinação perfeita para exploração financeira. Preste atenção à mudanças financeiras estranhas e inesperadas e trate qualquer “ajuda” aos seus familiares como suspeita.

Os idosos de todo o país estão em movimento contra a invisibilidade. Dessa forma, há uma busca frenética dos governantes para incentivar a conscientização da sociedade sobre as necessidades dessas pessoas tão próximas e queridas.

E esses são apenas alguns desafios. Por isso, com uma população cada vez mais idosa, especialistas alertam a importância de mais políticas públicas para esse área que visem promover a integração das famílias entre governo e sociedade civil.

Leia ainda: Impossível realizar consulta no Caixa Tem: usuários relatam mensagens de erro

Gostou da matéria? Compartilha, comente e siga nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here