Ministério da Saúde anuncia novo medicamento para Psoríase no SUS; saiba mais

O Ministério da Saúde vai disponibilizar o novo medicamento em até 180 dias

0
292
Novo medicamento para psoríase no SUS
Novo medicamento para psoríase no SUS. Foto: Abbott

O Ministério da Saúde publicou ontem (21) no Diário da União a informação de que será disponibilizado um novo medicamento para Psoríase no SUS (Sistema Único de Saúde). Dessa maneira, pessoas que sofrem com essa doença de pele autoimune poderão se valer de mais uma opção de tratamento.

Contudo, a publicação também indica que o SUS terá um prazo para se adaptar e passar a disponibilizar efetivamente a nova medicação.

Continue lendo para saber mais sobre essa doença e o novo tratamento que será oferecido no no Sistema Único de Saúde.

Também leia: Projeto de Lei: Leitos de UTI incorporados ao SUS devem se manter ativos mesmo após pandemia

novo medicamento para psoríase no SUS
A psoríase é uma doença que atinge 5 milhões de brasileiros e que ganhará um novo medicamento no Sistema Único de Saúde (Imagem: Gazeta do Povo)

Novo medicamento para Psoríase no SUS: conheça o Risanquizumabe

O Risanquizumabe (Skyrizi) é o mais novo remédio que será disponibilizado pelo sistema de saúde público do Brasil. Essa informação foi anunciada na última segunda-feira.

A adição dessa medicação junto àquelas já oferecidas pelo SUS decorre da sua incorporação ao protocolo clínico e às Diretrizes Terapêuticas no Ministério da Saúde, o que obriga que o Sistema Único de Saúde o inclua dentre os remédios disponibilizados à população.

Assim, o novo medicamento para psoríase no SUS poderá auxiliar no tratamento de milhares de brasileiros.

Por outro lado, a publicação também ressalta que a disponibilização não será imediata. Afinal, o SUS terá o prazo de 180 dias para ofertar o medicamento.

O que é Psoríase?

A Psoríase é uma doença que causa manchas vermelhas na pele e são acompanhadas de lesões descamativas. Ela é inflamatória e autoimune, ou seja, não tem cura. Porém, ela não é contagiosa, sendo sua origem de natureza genética na maioria dos casos.

Embora não haja cura para esse tipo de doença, com o novo medicamento para psoríase no SUS os brasileiros que sofrem com essa condição inflamatória terão à disposição novas formas de tratá-la.

Aliás, na maioria das vezes os tratamentos incluem a ingestão de remédios junto à aplicação de tratamentos externos para a pele. Dentre eles, por exemplo, hidratação da região afetada e exposição ao sol fraco.

Continue lendo: SUS oferecerá remédio à base de Cannabis e poderá beneficiar milhares de tratamentos; confira

Gostou da matéria? Compartilha, curta e comente. Siga nossas redes Sociais!

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here