Até quando o governo vai pagar o auxílio para desempregados, informais e MEI’s? Veja

Beneficiários vão receber o auxílio até o fim do ano

0
2836
Até quando o governo vai pagar o auxílio emergencial? Veja
Até quando o governo vai pagar o auxílio emergencial? Veja

O benefício concedido a trabalhadores informais, MEIs e desempregados foi prorrogado por mais quatro parcelas. Contudo, ainda há a dúvida sobre até quando o governo vai pagar o auxílio emergencial, tendo em vista que existem diferentes calendários de pagamentos.

A Caixa é a instituição responsável por repassar o benefício do auxílio emergencial aos mais de 65 milhões de brasileiros inscritos para o programa e dividiu os beneficiários em grupos, de acordo com a data de recebimento da primeira parcela.

Sendo assim, enquanto os primeiros inscritos pelo aplicativo já estão recebendo a quinta parcela ainda há quem esteja recebendo a segunda parcela.

Até quando o governo vai pagar o auxílio emergencial? Saiba aqui
Até quando o governo vai pagar o auxílio emergencial? Saiba aqui (Foto: Freepik.com)

Leia mais: Mãe solteira recebe quanto na 6ª parcela do auxílio emergencial? Entenda

Com calendários diferenciados, o auxílio será repassado até quando? É o que vamos ver abaixo.

Até quando o governo vai pagar o auxílio emergencial?

Através da Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), oficializou a extensão do benefício por mais quatro parcelas e explicou a data limite do programa.

Em um dos trechos do texto da MP, que ainda precisa passar por aprovação no Congresso para se tornar Lei, fica definido que o auxílio emergencial vai até o dia 31 de dezembro.

“Fica instituído, até 31 de dezembro de 2020, o auxílio emergencial residual a ser pago em até quatro parcelas mensais no valor de R$ 300,00 (trezentos reais) ao trabalhador beneficiário do auxílio emergencial de que trata o art. 2º da Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020”, diz, assim, a MP.

Já em um outro trecho, o governo explica que todos receberão as nove parcelas, mesmo aqueles que foram os últimos aprovados e ainda vão receber a quinta no mês de novembro.

Portanto, o auxílio será repassado a todos os beneficiários até o final deste ano. Todos receberão as nove parcelas, independentemente de quantas ainda tiverem a receber.

Leia também: Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado; veja quem pode sacar

Calendário da sexta parcela já existe?

O auxílio residual, de R$ 300 por cota, já está sendo pago aos beneficiários que foram inscritos através do programa Bolsa Família

Isso porque o calendário destinado a esse grupo de beneficiários começa no dia 17 de cada mês há mais de dez anos.

Sendo assim, a Caixa optou por manter o cronograma inalterado a essas pessoas com o intuito de não dificultar o recebimento do dinheiro.

Já os trabalhadores informais, desempregados, autônomos e MEIs que se inscreveram através do site ou aplicativo ainda não possuem uma data exata para receber a parcela de número seis, a primeira com valor de R$ 300.

Nenhuma nota sobre o assunto e nenhuma projeção de calendário foi feita pela Caixa Econômica Federal, assim como também não houve divulgação, até o momento, por parte do governo federal.

O que se sabe é que esses beneficiários começarão a receber a sexta parcela no mês de outubro, mas ainda sem uma data específica.

Espera-se, portanto, que o calendário seja divulgado nas próximas semanas.

Leia ainda: Tenho Bolsa Família e não recebi o auxílio emergencial: o que pode ter acontecido?

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here