Coronavírus: dengue pode criar imunidade ao vírus; entenda

A descoberta da correlação entre as duas doenças por auxiliar e muito nas pesquisas

0
152
Coronavírus ocorre menos em regiões que tiveram surto de dengue / Foto: Reprodução da internet
Coronavírus / Foto: Reprodução da internet

Uma descoberta recente trouxe esperança no combate ao novo Coronavírus. O professor Miguel Nicolelis, cientista brasileiro e professor na Duke University descobriu, juntamente com sua equipe, que indivíduos podem obter imunidade ao Coronavírus após exposição à dengue. A descoberta foi por acidente.

O cientista explica que comparou a distribuição geográfica dos casos do Coronavírus com a disseminação da dengue no Brasil, durante o ano passado e este ano. Ele ainda contou como sua equipe chegou até esta descoberta, enquanto estudavam a disseminação do Coronavírus.

“Foi um choque. Foi um acidente total. Na ciência, isso acontece, você está atirando em uma coisa e acerta um alvo que nunca imaginou que acertaria. Após realizar mapeamento da doença, comparamos os dados encontrados com os do Coronavírus”, explicou Nicolelis.

Coronavírus / Foto: Divulgação
Coronavírus / Foto: Divulgação

Leia também: Coronavírus: imunidade adquirida após infecção é de curta duração

Coronavírus x Aedes Aegypti

Dessa forma, observou-se que locais com taxas mais baixas de infecção por Coronavírus são os mesmos que sofreram surtos fortes de dengue. Apesar de não existir relação comprovada entre os dois vírus.

Por outro lado, o pesquisador afirma que há uma interação imunológica entre dois vírus que ninguém poderia esperar, porque são de famílias completamente diferentes. Mas, ainda é necessário mais estudos para comprovar a conexão.

Ainda há uma correlação significativa entre menor incidência, mortalidade e taxa de crescimento do Coronavírus em locais onde os níveis de anticorpos para dengue eram mais elevados.

Leia também: Vitamina D tem relação com o Coronavírus; mostra pesquisa de Universidade americana

Em resumo, em estados como Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, com alta incidência de dengue no ano passado e no início deste ano, o Coronavírus demorou para atingir um nível de alta transmissão.

Além disso, os pesquisadores também encontraram uma relação semelhante entre surtos do Aedes e uma propagação mais lenta do vírus em outras partes da América Latina, na Ásia e nas ilhas dos oceanos Pacífico e Índico.

Números Coronavírus no Brasil

O Brasil tem o terceiro maior número de infecções por Coronavírus no mundo, com mais de 4,4 milhões de casos – atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. Até o momento, foram registrados 4.627.780 casos, dos quais 3.992.886 já se recuperaram.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here