Alimentação na gravidez: o que comer para o bebê crescer saudável? Confira

0
139
alimentação na gravidez
Alimentação na gravidez: O que comer para o bebê crescer saudável? (Foto: Istock)

Frequentemente mulheres que estão passando pelo período gestacional buscam métodos de fortalecer e promover ganho de peso para o bebê. Uma das opções mais recomendadas por profissionais de saúde é o hábito de que a alimentação na gravidez pode ser alterado e ser o mais saudável, ambos serão beneficiados.

Mas então o que comer para garantir uma alimentação saudável na gravidez? Confira a seguir.

alimentação na gravidez
Alimentação na gravidez: O que comer para o bebê nascer saudável? (Foto: Istock)

Leia mais: Refluxo na gravidez é perigoso? Como tratar?

Feto com peso baixo

De acordo com profissionais de saúde, a questão do feto não desenvolver ou engordar, pode ser sintoma de algum déficit nutricional na gestante. Assim, como é uma condição preocupante, a saúde da gestante, igualmente é com a do feto, pois pode ocasionar complicações durante a gravidez e até mesmo no parto.

De antemão, algumas causas de baixo peso do feto podem indicar problemas como anemia ou alguma anomalia na placenta. Como resultado, o bebê pode nascer prematuro e ter maiores riscos de contrair infecções após a mãe dar a luz. Nesse caso, a orientação nutricional será fundamental para corrigir as deficiências, e a melhor opção será buscar ajuda nos serviços de saúde.

Como aumentar o peso do feto com alimentação

A alimentação na gravidez deve ser prioridade, mesmo se o peso do feto for considerado normal. Acima de tudo, é preciso seguir uma dieta alimentar nutritiva e adequada, porém, com restrições de certos alimentos que possam vir a prejudicar a gestação.

Juntamente com alimentos ricos em proteínas, como carnes, o ovo e derivados do leite etc, a dieta de uma gestante que deseja aumentar o peso do seu feto precisa ser rica em gorduras consideradas boas. Entre elas, estão o azeite, a castanha e a semente de linhaça.

Alimentação na gravidez rica em proteínas

Em síntese, as proteínas são consideradas nutrientes que se fazem necessários pela sua ação direta na formação dos tecidos e órgãos do corpo do feto. Além disso, elas são responsáveis pela liberação de oxigênio e nutrientes que percorrem pelo sangue da gestante.

Assim, a alimentação na gravidez que é rica em proteínas, pode agir diretamente no crescimento, fortalecimento e no aumento de peso do bebê, uma vez que toda a nutrição se faz via cordão umbilical. Os alimentos ricos em proteínas são: carne, peixe, ovo, queijo, leite, frango, leguminosas e iogurte natural.

Alimentação na gravidez rica em gorduras boas

Ao contrário de gorduras vegetais hidrogenada ou da gordura trans, as gorduras consideradas boas são excelentes aliadas para a nutrição de ambos . Elas podem ser encontradas no azeite extra-virgem, nas castanhas-de-caju, no amendoim e nos peixes ricos em ômega-3.

De acordo com profissionais de saúde, o consumo de gorduras boas pode agir diretamente no crescimento corporal. Além disso, o consumo também age no desenvolvimento do sistema nervoso e do cérebro do feto.

Alimentação rica em vitaminas e minerais

Por fim, a gestante deve ser criteriosa com as consultas do pré-natal e, dessa maneira ser monitorada afim de prevenir qualquer dano a sua saúde ou da criança em formação. É importante incluir frutas, verduras e grãos integrais na alimentação na gravidez. Por serem ralimentos proticos em vitaminas e minerais, esses alimentos podem auxiliar no transporte do oxigênio, na transmissão de impulsos nervosos e no bom funcionamento do metabolismo, tanto da mãe, quanto do bebê.

Leia mais: Cólica na gravidez é perigosa? Quais são as causas? Entenda

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here