Existem raças de cães mais agressivas do que outras? Saiba mais com a Médica Veterinária Raquel Breunig

Algumas raças de cães são conhecidas por serem agressivas, mas é necessário deixar de lado o preconceito.

0
202
raças de cães
Existem raças de cães mais agressivas do que outras? Saiba mais Foto - Pixabay

Quando se pensa em adotar um cachorrinho de estimação a primeira pergunta que vem à mente é qual raças de cães escolher ou ainda é possível optar, perfeitamente bem, pelos SRD (sem raça definida, o famosos vira-latas.

Infelizmente, existem muitos estereótipos com algumas raças de cães. Muitos veem um Rottweiler e atravessam a rua imediatamente, ou nunca pensariam em adotar um Pitbull, porque acreditam que são cães violentos.

Hoje no texto do SaudeLab, a redação falou com a Médica Veterinária Raquel Breunig a respeito de algumas raças serem consideradas mais agressivas.

Leia também: Plano de saúde para pet: confira quais as vantagens e se vale a pena

Raças de cachorros agressivas

raças de cães
Existem raças de cães mais agressivas do que outras? Saiba mais Foto – Pixabay

No mundo dos cães existem muitos mitos sobre quais são as raças mais doces, as mais fiéis, inteligentes ou mesmo agressivas.

Mas na realidade nem todos os cachorros são iguais, muda sua personalidade, entre outros aspectos. Portanto, se você está pensando em adotar um cão, deve conhecer as qualidades de cada raça para poder escolher com cautela.

Por isso, a médica veterinária Raquel Breunig de Porto Alegre contou ao SaúdeLab o que precisa se levar em consideração ao adotar ou comprar um pet que tem essa fama:

“Importante boa pesquisa sobre a raça e suas necessidades, sobre o canil de onde se pretende adquiri-lo. Uma boa conversa com a pessoas que já tem experiência com aquela raça ou a pessoa que cuida do animal”.

A veterinária também explicou que não é apenas a raça, ou fatores genéticos que tem importância na determinação do temperamento do animal:

“As experiências vividas pelo animal antes e após a adoção, o comportamento e os estímulos dados pelos tutores, e claro a própria personalidade do animal”.

Ainda de acordo com a veterinária também é muito comum ouvir falar de raças que são conhecidas por serem agressivas, mas que se tornaram dóceis e obedientes, explicou Raquel.

Confira também: Como tratar sarna em cachorro: conheça receitas caseiras que podem ajudar seu pet

Raças de cães que são conhecidas como agressivas

raças de cães
Existem raças de cães mais agressivas do que outras? Saiba mais Foto – Pixabay

A seguir detalhamos algumas raças de cães que são conhecidas por serem agressivas, embora obviamente cada cachorro seja diferente. Isso não quer dizer que eles são perigosos é porque seu temperamento pode ser diferente do de outros cachorros.

Pit Bull Terrier

Sua origem se dá no século XIX, na Inglaterra, Irlanda e Escócia. Lá eles experimentaram o cruzamento entre buldogues e terriers com o objetivo de obter um cão com força, bravura e capacidade atlética.

Rottweiler

Os rottweilers são originários da Alemanha, mas hoje podem ser encontrados em todo o mundo. Esta raça é geralmente bastante agressiva com estranhos, mas isso se deve à sua natureza territorial.

Os rottweilers são um dos cães mais fortes que existem, desenvolvendo uma atitude protetora em relação à família.

Pastor alemão

É um dos cães mais inteligentes e versáteis, possuindo boa velocidade e força em relação ao seu tamanho. É utilizado nas forças de segurança do Estado, embora sua origem seja o atendimento a rebanhos e gado. Além disso, é um grande protetor de seus donos;

Como a veterinária pontuou existem aspectos mais importantes a serem considerados quando se fala de cachorros agressivos:

“Um novo membro traz responsabilidades que vem com esse ato. Por exemplo, se existe espaço suficiente para o porte do animal,  tempo para que o cão receba a atenção necessária. se estão preparados para gastos mensais e os gastos inesperados, ou até mesmo incluindo uma consulta com um veterinário especializado em comportamento, caso o animal venha a desenvolver comportamentos de agressividade”.

Então, muito cuidado ao classificar uma raça como agressiva. Claro que com cachorros estranhos, sempre é necessário ter um certo cuidado porque o cachorro pode estranhar pessoas que não conhece, sendo essa uma medida de proteger seus donos.

Mas lembre-se que possuir um animal de estimação é uma responsabilidade.

Leia agora: Estresse nos animais: conheça as causas mais comuns

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram  Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here