Você sabia que amamentação e a prevenção do câncer de mama tem tudo a ver? Entenda

A amamentação está relacionada a prevenção do câncer de mama, é o que mostra alguns estudos.

0
113
Amamentação e a prevenção do câncer de mama
Amamentação e a prevenção do câncer de mama. Foto: Envato.

Como estamos atualmente no outubro rosa, é de extrema importância abordar algumas pautas importante, e uma delas é a amamentação e a prevenção do câncer de mama. A maioria das mulheres não sabem, mas a amamentação é também uma forma de prevenir o câncer de mama. Hoje, 08.10, o SaúdeLab vai falar mais sobre o assunto.

Amamentação e a prevenção do câncer de mama tem ligação?

Sim! De acordo com dados do ministério da saúde o risco de contrair a doença durante a amamentação cai 4,3% a cada 12 meses em período de aleitamento. Então, além da proteção do bebê do sobrepeso e da obesidade, a mãe também se beneficia durante a amamentação.

Amamentação e a prevenção do câncer de mama
De fato, a amamentação e a prevenção do câncer de mama estão diretamente ligados. (Imagem: Pixabay)

Este assunto, por ser complexo, trás consigo diversas dúvidas, trazemos aqui as mais frequentes delas para melhor compressão do assunto.

Veja também: Alice Bastos Neves: jornalista apresenta série de reportagens especiais sem peruca no mês do Outubro Rosa

Quais são os sintomas do câncer de mama?

São diversas as alterações que podem surgir no seu corpo com o câncer, entre elas estão:

  • Pele com escamação, irregular ou inflamada;
  •  Alterações no mamilo;
  • Vazamento pelo mamilo;
  • Inchaço com dor;
  • Dor nas costas, no pescoço;
  • perda de peso inexplicável;
  • Nódulos no seios;
  • Sensação de nódulo aumentado na axila;
  • Endurecimento da pele da mama, semelhante a casca de laranja;
  • Inversão do mamilo;
  • Inchaço do braço;
  • Vermelhidão, inchaço, calor ou dor na pele da mama, mesmo que não apresente presença de nódulo.

Além desses, existem diversos outros sintomas que podem indicar o câncer de mama, percebendo ao anormal, procure um médico imediatamente.

Quem tem nódulo na mama pode amamentar?

Os nódulos benignos na mama não irão interferir nem na gravidez nem na amamentação. Muito pelo contrário, muita vezes alguns nódulos podem diminuir de tamanho ou até mesmo desaparecer durante a gravidez.

Há riscos na amamentação após o câncer de mama?

Não, estudos já comprovaram que a amamentação após a cura da doença não aumenta os riscos dela retornar. Lembrando que a amamentação e a prevenção do câncer de mama estão ligados.

Alteração na coloração e odor do leite indicam doença?

Em alguns casos sim, porém é necessário lembrar que o início da amamentação, é comum sair um leite de coloração um pouco amarronzada ou acobreada, e isso é normal. O ideal é fazer exames constantemente e quando aparecer alguma alteração procurar um médico.

Leia mais: A importância dos cuidados com a beleza durante o tratamento de câncer? Saiba mais

É normal ter nódulo na mama?

Sim, os nódulos são pequenos caroços que podem estar ligados ao câncer de mama. No entanto, nem todos são malignos, o nódulo na mama que não estão ligados ao câncer chamam-se mastopatia e pode surgir apenas devido a alterações hormonais. Desaparecendo assim, logo depois da menstruação. Ou até mesmo pode surgir devido ao aparecimento de um cisto ou fibrose do tecido mamário.

Posso fazer mamografia amamentando?

Não só pode, como deve. É indicado sim fazer mamografia durante o aleitamento. No entanto, pode ser mais difícil o diagnóstico ou haver necessidade de exames adicionais.

Enfim, a amamentação e a prevenção do câncer de mama estão muito ligados, além disso, a amamentação a longo prazo trás diversos benefícios para o bebe também, então é sempre indicado que amamente até os 2 anos ou mais da criança. Lembre-se também de fazer exames regulares e sempre procurar um médico caso ocorra alguma alteração no seu corpo. Se prevenir é um ato de amor com você, com seu corpo e com tods que te amam.

Fonte:

Leia também: Outubro Rosa para os Pets; entenda

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here