Vai adotar um gato? Saiba essas 6 coisas antes de adotar um felino

Considere alguns ponto caso esteja pensando em levar um bichano para dividir o mesmo teto que você

0
140
adotar um gato
Vai adotar um gato? Saiba essas 6 coisas antes de adotar um felino Foto - Pixabay

Se está pensando em adotar um gato é necessário levar em consideração algumas questões, ainda mais se nunca teve um. Em primeiro lugar, você deve ter em mente que, quando você tem um gato, ele pode viver muitos anos. Afinal, esses pequenos felinos podem viver mais de vinte anos.

Por outro lado, reflita se vai conseguir atender às necessidades naturais de seu novo amigo. Mas quais são suas necessidades básicas? O que o seu gato realmente precisa para levar uma vida feliz ao seu lado? Acompanhe essas 6 dicas que selecionamos aqui no SaúdeLab.

Leia também: Para fugir do calor, cachorros ‘invadem’ agência bancária em Ubá (MG). Saiba mais

Saiba essas 6 coisas antes de adotar um gato

adotar um gato
Vai adotar um gato? Saiba essas 6 coisas antes de adotar um felino Foto – Pixabay

1.Você tem tempo suficiente para cuidar de um animal de estimação? Ou você fica longe de casa a maior parte do tempo? Os gatos precisam de dedicação e amor, especialmente quando vivem apenas em ambientes fechados. A grande maioria deles tem verdadeira aversão às mudanças e prefere a rotina e a constância.

2.Você tem espaço suficiente?  Os gatos precisam de espaço próprio e, idealmente, de uma área ao ar livre para explorar.

Dica. se você mora em um apartamento alugado, é essencial que pergunte ao proprietário se os animais são permitidos. Em alguns casos, você também pode precisar pedir permissão a alguns vizinhos do prédio.

3.Fator de custo: você pode pagar a ração do gato, roupas de cama e acessórios, além de ir ao veterinário? A conta do veterinário pode disparar, especialmente se o gato estiver cronicamente doente.

4.Você gosta de gato? Observe, de preferência, em horários diferentes do dia. Se gosta de tranquilidade, um animal selvagem pode não ser a opção mais adequada para si. Existem gatos e gatos; o caráter dos felinos varia muito.

5.Infelizmente, o comportamento tímido excessivamente retraído é bastante comum em gatos adotados. No entanto, à medida que ganham confiança, ocorre o oposto; na verdade, os gatinhos que mais sofreram no passado tendem a ser excepcionalmente apegados a seus donos.

6.Se não conseguir encontrar o seu “gato dos sonhos” no abrigo, compre um de um criador sério e devidamente certificado ou melhor ainda: adote um gatinho de rua, ele ficará para sempre grato!

Confira também: Outubro Rosa para os Pets; entenda

Você já se preparou mentalmente para recebê-lo?

adotar um gato
Vai adotar um gato? Saiba essas 6 coisas antes de adotar um felino Foto – Pixabay

Adotar um gato envolve muito mais do que abraços e fotos fofas. Pode ser uma tarefa estressante, difícil e exaustiva, não muito diferente de cuidar de um bebê humano!

Esteja preparado para ouvi-lo miar algumas manhãs, enquanto você o ajuda a se instalar em sua nova casa, e também para encontrar alguns “contratempos” enquanto ele aprende a usar sua caixa de areia.

Os gatos são seres curiosos e independentes e adoram explorar, por isso é importante que você estabeleça algumas regras básicas desde o início.

Embora com certeza haja alguns tropeços ao longo do caminho, com o tempo você verá que adquirir um gatinho terá sido uma de suas melhores decisões, com a recompensa de ronronar intermináveis ​​e miados felizes!

Você tem as coisas básicas?

Você precisará adaptar sua casa para ser “à prova de gatos” antes de dar as boas-vindas ao seu novo gatinho: uma caixa ou cesta quente em um lugar tranquilo para dormir. Um bebedouro e uma caixa de areia são itens essenciais, assim como um transportador para você levar para casa pela primeira vez.

Observe-a com calma para identificar os brinquedos e guloseimas que ela prefere e obtenha comida suficiente para gatos de sua idade e nível de desenvolvimento.

Você também deve ter em mente que os gatinhos são incrivelmente curiosos, eles vão a qualquer lugar!

Certifique-se de bloquear o acesso dela a possíveis rotas de fuga ou perigos, como produtos de limpeza tóxicos, fios elétricos expostos ou qualquer planta com a qual ela possa ser envenenada.

Você também pode considerar o uso de produtos de limpeza seguros para gatos. Não se esqueça que, assim como você protege seu gatinho dos perigos em sua casa, você também precisa proteger sua casa de seu gatinho!

Portanto, adotar um gato parece ser uma atitude bonita, mas assim outros animais requer dedicação e responsabilidade.

Leia agora: A Finlândia usa cães detectores para Covid-19; entenda

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here