Calor intenso mata 35 pessoas em Rondonópolis; saiba mais

0
164
Calor intenso mata 35 pessoas em Rondonópolis; saiba mais / Foto: G1
Calor intenso mata 35 pessoas em Rondonópolis; saiba mais / Foto: G1

A cidade de Rondonópolis (a 216 quilômetros de Cuiabá) registrou 35 mortes devido ao calor intenso registrado entre os dias 23 de setembro e 9 de outubro.

No entanto, a informação foi confirmada pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que registrou os óbitos. Todas as pessoas que faleceram em decorrência do calor excessivo eram idosos, com idades entre 75 e 79 anos.

Contudo, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta para onda de calor em Mato Grosso e outros estados da região centro-oeste.

Leia também: O que fazer para aliviar dor de queimadura de sol? Descubra aqui

De acordo com o Instituto, a onda de calor prevê um aumento de 5 graus acima da média, apresentando risco de mortes por hipertermia – que é a elevação da temperatura corporal, acima do limite considerado normal – como ocorreu em Rondonópolis.

Calor / Fonte: Reprodução internet
Calor intenso mata 35 pessoas em Rondonópolis; saiba mais/ Fonte: Reprodução internet

Altas temperaturas em Mato Grosso (MT)

Ao todo, o estado de MT tem 88 municípios na lista de temperaturas altíssimas. Entre as cidades estão Cuiabá, Barra do Garças, Campo Verde, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Cáceres, Canarana, Diamantino, Dom Aquino, Jaciara, Jangada, Lucas do Rio Verde, Nobres, Várzea Grande e outras.

Todavia, um alerta de umidade muito baixa, oscilando entre 12 e 20%, também foi emitido. Em outras palavras, isso significa tomar os cuidados necessários, para passar por este período crítico da melhor maneira possível, sobretudo com o ambiente.

Um índice de umidade entre 12% e 20% exige evitar locais desprotegidos do sol, climatizar ambientes com balde de água e toalha molhada, além de evitar atividades físicas entre 10h e 16h.

Por outro lado, devido à pandemia por Coronavírus, evitar aglomerações se faz necessária, bem como lavar nariz e olhos com soro fisiológico, sempre que necessário. Além de consumir bastante água.

Durante o período em questão, a mínima registrada em Rondonópolis foi 19 graus, no dia 29 de setembro. Já a máxima foi 43 graus, datados em 08 de outubro.

A previsão é de queda nas temperaturas, redução do calor, por meio de chuvas intensas, a partir do próximo dia 12 em todo o Mato Grosso e Brasil.

Fonte: Olhar Direto

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here