Como a empregada doméstica deve retornar ao trabalho com segurança nessa pandemia? Entenda todas as medidas adotadas

Preservar a saúde das secretárias do lar e dos moradores da casa deve ser sempre prioridade

0
326
Empregada doméstica pode retornar ao trabalho com segurança seguindo orientações
Empregada doméstica pode retornar ao trabalho com segurança seguindo orientações (Imagem: Reprodução/

Por meio das alternativas que estavam previstas dentro da Medida Provisória nº 936/2020, vários empregadores optaram por manter a empregada doméstica em casa durante boa parte dessa quarentena por causa do COVID-19. Como estamos em outubro, muitas reduções e suspensões de trabalho já terminaram, portanto, as “secretárias do lar” devem retornar ao trabalho. Mas, como proceder para que esse retorno seja em segurança tanto para a empregada, quanto para os moradores da casa?

O empregador agora está em uma espécie de beco em saída, pois se optou pela suspenção do trabalho anteriormente foi a fim de evitar uma contaminação. Contudo, agora, com o retorno sendo inevitável, não se pode simplesmente fazer uma demissão, ao passo em que a chance da contaminação ainda paira no ar. Na matéria abaixo, vamos dar algumas dicas sobre o que fazer para evitar o contágio e as atividades serem exercidas com segurança.

Assim, leia mais: Volta às aulas: retorno presencial em Minas Gerais tem regras divulgadas esta semana

Dicas para que a empregada doméstica possa retornar ao trabalho com segurança

Usar equipamentos de proteção o tempo todo é imprescindível
Usar equipamentos de proteção o tempo todo é imprescindível (Imagem: Reprodução/Freepik)

As domésticas estão retornando ao trabalho de pouco a pouco, mas todas devem seguir várias recomendações de segurança para não correr nenhum risco de contágio. Não há um milagre que possa ser feito, mas é necessário observar cuidados básicos de higiene que são comuns, tanto para empregados quanto para empregadores. Entre os principais, estão:

  • Uma roupa para trabalho deve ser separada para que a empregada doméstica use. O empregador deve se responsabilizar pela higienização dessas peças, que devem ser trocadas assim que a funcionária chegar ao trabalho;
  • A higienização dos pés e das mãos logo na entrada é imprescindível;
  • O empregador deve fornecer todos os EPI’s de segurança, ou seja, máscara, luvas, bem como álcool gel. A máscara deve ser trocada de 2 em 2 horas, com o uso ininterrupto e em casos de umidade;
  • Um par de sapatos deve ficar disponível no trabalho, livre de contaminação;
  • Recomenda-se o uso de toucas descartáveis;
  • Para retornar ao trabalho, se o meio usado é o transporte público, verificar a possibilidade de alterar para outras alternativas, como carros de aplicativo;
  • A utilização de celular deve ser restrita.

Dessa forma, confira também: Pitbull agredido em BH terá medida protetiva solicitada pelo MP que também denunciou o agressor

Quem puder evitar transporte coletivo estará evitando mais um risco de levar o vírus para a casa
Quem puder evitar transporte coletivo estará evitando mais um risco de levar o vírus para a casa (Imagem: Reprodução/Freepik)

Em suma, essas são apenas algumas dicas. Cada caso é diferenciado, uma vez que algumas recomendações podem ser aplicáveis e outras não. O importante é que a empregada doméstica consiga retornar ao trabalho sem colocar a sua vida em risco e nem a do seu empregador. Agir com segurança é sempre a prioridade!

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, TwitterPinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here