Artéria extra é observada em humanos nascidos nos últimos anos; entenda

Os nascidos nas últimas décadas antes de 2000 têm apresentado cada vez mais este vaso, que fornece sangue para o antebraço e mão humana

0
167
Artéria extra é observada em humanos nascidos nos últimos anos; entenda / Foto: Divulgação
Artéria extra é observada em humanos nascidos nos últimos anos; entenda / Foto: Divulgação

Uma artéria extra, chamada artéria medial, tem sido cada vez mais observada em humanos, mostrando que a espécie está em contínua evolução. As universidades de Flinders e de Adelaide, ambas da Austrália, comprovaram o fato, em um estudo publicado em setembro, em um periódico científico renomado.

De acordo com os estudos, a artéria extra que normalmente é formada no útero da mãe, logo desaparece, assim que as artérias radial e ulnar se desenvolvem. No entanto, tudo indica que a humanidade está evoluindo, já que a maioria das pessoas tem conservado este vaso sanguíneo específico.

Nesse sentido, um dos coautores da pesquisa, Teghan Lucas, explica que a artéria é tema de estudo e observação há mais de 200 anos. E, portanto, a sua prevalência no organismo, indica mudanças.

Leia também: Saiba o que é a Terapia Bioenergética e quais os benefícios que ela proporciona

“Desde o século 18, os anatomistas têm estudado a prevalência dessa artéria em adultos e nosso estudo mostra que ela está claramente aumentando”, disse.

“A prevalência era de cerca de 10% em pessoas nascidas em meados da década de 1880 em comparação com 30% nas nascidas no final do século 20. Deste modo, o aumento foi significativo em um período bastante curto de tempo, quando se trata de evolução”, complementou.

Artéria extra
Presença a artéria extra é um dos indícios que a humanidade está em constante formação / Foto: Freepik

Uma artéria extra: a evolução da espécie

Todavia, os cientistas afirmam que a espécie humana evoluiu muito rápido em poucas  décadas, do que nos últimos 250 anos. E segundo eles, se esta tendência continuar, a previsão é de que boa parte da população terá este diferencial físico até 2100.

Enfim, a comunidade científica até prevê um avanço na medicina, com estas últimas descobertas.

“Esse aumento pode ter resultado de mutações de genes envolvidos no desenvolvimento do tecido ou de problemas de saúde das mães durante a gravidez, ou ambos, na verdade”, explicou o coautor.

Por fim, benefícios que podem ser alcançados com este suprimento extra são empolgantes, porque o vaso (artéria extra) aumenta o suprimento geral de sangue e pode ser usado como substituto em procedimentos cirúrgicos em outras partes do corpo humano.

Fonte: Journal of anatomy

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here