Inteligência emocional: uma estratégia de qualidade de vida no trabalho

Utilizar a inteligência emocional dentro do ambiente de trabalho é, sem dúvidas, bastante proveitoso para a gestão de pessoas

0
154
Liderar com sabedoria é tomar ações dentro da inteligência emocional
Liderar com sabedoria é tomar ações dentro da inteligência emocional (Imagem: Reprodução/Freepik)

Desenvolver a questão da inteligência emocional dentro das empresas deveria ser algo prioritário, uma preocupação constante. Afinal, através dela os colaboradores podem aprender a lidar com seus sentimentos, bem como com os de seus colegas. Com isso, eles conseguem desempenhar melhor suas tarefas, atuando de forma eficaz. Consequentemente, a empresa obtém resultados bem mais satisfatórios.

Como essa inteligência não vem de dom, algumas ações podem ser tomadas para que se possa adquirir. Por isso, na matéria a seguir, mostraremos como as instituições estão estimulando o desenvolvimento das capacidades dos seus funcionários. Veja só!

Leia mais: Processo seletivo para negros desperta discussão sobre racismo

Estratégias usadas pelas empresas para desenvolver a inteligência emocional dos colaboradores

Como citado, algumas ações, de certa forma simples, podem ser tomadas pelas empresas para estimular seus funcionários. Entenda melhor os principais detalhes.

Saber lidar com as emoções garante bom rendimento no trabalho
Saber lidar com as emoções garante bom rendimento no trabalho (Imagem: Reprodução/Freepik)

Fornecer feedback respeitoso e completo

O feedback realmente não tem que ser encarado como uma maneira que os gestores possuem de chamar atenção de seus funcionários. Ele deve ser visto como um tipo de conversa construtiva, a fim de suprimir comportamentos inadequados, bem como ressaltar a positividade das qualidades do indivíduo.

Tal ação permite que haja o estímulo do que se chama de inteligência emocional, pois encorajará mudanças das ações. Efetivamente mostrará ao colaborador onde ele tem errado mais, o que o ajudará a ir se desenvolvendo. Fazendo isso de forma respeitosa e evitando rótulos, o gestor verá que o profissional acatará as sugestões com mais facilidade, controlando as emoções e implementando melhorias.

Implementar ações motivadoras

Promover a integração de equipes é bem eficiente no que diz respeito a inteligência emocional. Mostrar que cada um é importante para a instituição motiva as transformações positivas em termos de aspectos comportamentais.

Confira também: Movimento feminista: entenda um pouco mais sobre a luta das mulheres pela igualdade

Além disso, é possível trabalhar a empatia entre profissionais, produzindo diálogos que ajudarão os funcionários a descobrirem capacidades, bem como compreenderem o próximo de maneira mais adequada.

Incentivar a comunicação no desenvolvimento da inteligência emocional

Relacionar-se bem no trabalho ajuda em todo o processo comunicacional, mas não para por aí. O incentivo dessa interação acaba fazendo as pessoas escutarem melhor umas às outras. Comunicar-se respeitosamente, de forma objetiva e clara evita conflitos, bem como auxilia os colaboradores a manter o foco no que realmente importa: o trabalho.

Preparar lideranças capazes de lidar com eventos complexos

Líderes devem ser exemplos para todos da empresa, sendo autoconfiantes e enfrentando os desafios, sem deixar que nenhuma emoção os prejudique. Refletindo tal ação para a equipe, os demais profissionais têm maiores chances de imitarem as ações, conquistando uma inteligência emocional.

Por exemplo, caso um funcionário se comporte mal com um cliente, o gestor precisa chamá-lo para uma conversa, a fim de explicar como ele deve agir nessa situação. Não sendo eficaz, será preciso encaminhá-lo ao setor de psicologia da empresa. Dessa forma, o psicólogo avaliará a existência de condições conflitantes que estejam interferindo nesse tipo de comportamento.

Trabalhar o autoconhecimento

A inteligência emocional pode trazer benefícios para o funcionário e a empresa
A inteligência emocional pode trazer benefícios para o funcionário e a empresa (Imagem: Reprodução/Freepik)

Muitas instituições usam várias ferramentas que detectam competências técnicas que são necessárias na atuação dos profissionais. Entretanto, é possível identificar também capacidades interpessoais das pessoas. Para que isso aconteça, é relevante trabalhar o autoconhecimento, colocando para frente os profissionais que mais se destacam.

Saber lidar e trabalhar com os sentimentos e emoções é algo que todos os profissionais deveriam fazer. A instituição que está preocupada com tal característica se beneficia de várias formas, conquistando colaboradores proativos, bem como engajados e equipes unidas. Portanto, sabendo melhor o que é e como trabalhar a inteligência emocional de todos os funcionários, à partir de agora você não pode deixar de implementar ações eficazes na sua empresa.

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, TwitterPinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here