Fim do home office na pandemia: como os trabalhadores estão lidando com a volta ao trabalho

Muitos profissionais ainda não haviam experimentado o home office

0
106
home office na pandemia
Fim do home office na pandemia: Como os trabalhadores estão lidando com a volta ao trabalho (foto: Pixabay)

Atualmente, em todo o Brasil, muitas cidades estão retomando suas atividades normais durante a pandemia. Embora o Home office na pandemia tenha sido considerado o “novo normal” para o ano, muitos trabalhadores estão voltando aos expedientes presenciais.

Leia mais: Falta de contato físico na pandemia de COVID-19 afeta a Saúde Mental; entenda

Home office na pandemia

Através de uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Administração, cerca de 94% das empresas que adotaram o Home office na pandemia tiveram resultados positivos. Porém, 70% das instituições entrevistadas pretendem encerrar a modalidade ao fim da pandemia.

home office na pandemia
Fim do home office na pandemia: Como os trabalhadores estão lidando com a volta ao trabalho (foto: Pixabay)

Como resultado de uma flexibilização na quarentena e na retomada das atividades em sua quase totalidade nas principais cidades do Brasil, muitas dessas empresas já decidiram voltar ao trabalho presencial com maior parte dos funcionários.

Opinião de um trabalhador que seguiu em home office na pandemia

Nesse sentido, o Saudelab buscou a opinião de um trabalhador que está em processo de retorno ao expediente presencial, com o objetivo de entender como uma parte dos funcionários vêm o retorno às empresas.

A princípio, a empresa na qual Renato Souza (publicitário morador da cidade do Recife) trabalha, está em processo de retomada gradual.

Ou seja, o trabalho remoto  ainda está implementado durante alguns dias da semana. Após 7 meses de Home office na pandemia, a retomada foi comunicada aos funcionários.

Primeiramente, o publicitário contou sobre a diferença notada em seu trabalho no início do método remoto. “Senti que minha qualidade de vida melhorou absurdamente, porém nem tudo são flores. Antes de tudo, encontrei alguns obstáculos que tive que superar.”, disse Renato.

Em suma, o homem notou falta de atenção pelo fato de estar em contato diário com seus familiares, porém acredita que teve muito mais retorno positivo do que negativo.

Deslocamento de casa para o trabalho

Posteriormente, o publicitário falou sobre a preocupação e o medo de contrair a doença no percurso até o trabalho. “Me desloco de ônibus e, como todos nós sabemos, andar de ônibus já era um total desconforto antes da pandemia”.

Em contrapartida à praticidade do home office na pandemia, agora existem dois problemas relatados pelo trabalhador: o tempo no trânsito e a superlotação ainda maior pela frota reduzida.

fim Home office
Fim do home office na pandemia: como os trabalhadores estão lidando com a volta ao trabalho (Imagem: Pxhere)

Home office ou trabalho presencial para funções distintas

Do mesmo modo que há a necessidade de exercer o trabalho presencial em certas funções, outros cargos podem ser executados remotamente.

Assim como o caso do Renato, pessoas que trabalham com base na internet e computadores podem cumprir o home office na pandemia de forma tranquila.

Nesse sentido, o rapaz expressou sua opinião: “Muitas empresas, desde pequenas a grandes, estão adotando esse modelo para funcionários que trabalham na internet. Além da qualidade de vida, o home office proporciona economia de tempo e dinheiro tanto para funcionário como para empresa.”

Leia mais: Rinite alérgica e estresse: entenda essa relação

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here