Tratamento estético para pacientes oncológicos: quais os cuidados necessários?

0
151
Tratamento estético para pacientes oncológicos
Tratamento estético para pacientes oncológicos | Reprodução: Freepik

Tratamento estético para pacientes oncológicos – Existem campanhas que são largamente difundidas em relação aos cuidados sobre a prevenção ao câncer, principalmente ao câncer de mama masculino e feminino, como é a que acontece no Outubro Rosa.

No entanto, quando falamos sobre pacientes oncológicos, precisamos nos atentar também à estética, que é uma questão muito delicada e, está diretamente ligada a auto estima bem como a imagem corporal. Aliás, o tratamento do câncer pode ocasionar danos à pele, cabelo, unhas etc.

Leia aqui: A importância dos cuidados com a beleza durante o tratamento de câncer? Saiba mais

As mulheres são mais vaidosas do que muitos homens, gostam de estar sempre bonitas, e com o decorrer do tratamento, com as mudanças físicas, elas acabam ficando retraídas, tristes e até mesmo deprimidas

Os tratamentos estéticos para pacientes de oncologia, podem ser incluídos na rotina diária, porém, é necessário buscar por profissionais que estejam preparados para lidar com o quadro, já que existem tratamentos que não são aconselháveis.

Como definir a viabilidade de um tratamento estético para pacientes oncológicos?

Primeiramente, é necessária uma conversa com o médico responsável pelo tratamento, pois nesses casos, uma avaliação criteriosa em relação ao tipo de câncer e o quadro clínico do(a) paciente é de suma importância.

O médico precisa passar as orientações necessárias e quais são os procedimentos que devem ser evitados, para que a pessoa não coloque a saúde em risco.

Um exemplo de quadro clínico x tipo de câncer x tratamento estético são àqueles com massagens corporais em indivíduos com câncer de mama.

Esses são procedimentos a serem avaliados com cautela, pois oferece riscos para a saúde dos pacientes, como a drenagem linfática, que por exemplo, é contraindicada.

Avaliação do profissional de estética

Em um cliente sem particularidades, uma avaliação é indispensável para conhecer quais são as sua necessidades ou particularidades e, quais são os melhores métodos para atender suas demandas sem causar danos à saúde.

O tratamento estético para pacientes oncológicos é ainda mais cauteloso, como já dissemos anteriormente, precisa ter uma avaliação ainda mais criteriosa. E nesse caso, escolher um profissional qualificado, idôneo e sobretudo consciente do serviço que prestará, faz toda a diferença.

Tratamento estético para pacientes oncológicos | Reprodução: BioOnco internet

Aliás, além de entender quais são as necessidades e os desejos a serem contemplados, é necessário estar atento também à sua condição clínica, para definir a viabilidade dos tratamentos estéticos para pacientes oncológicos.

A avaliação na pele do paciente também é muito importante, para saber como está a hidratação  pois, ela com os tratamentos realizados para conter o avanço do câncer, deixa a pele muito sensível e ressecada.

Quais são os cuidados necessários em um tratamento estético para pacientes oncológicos?

Alguns tratamentos não são recomendados para qualquer paciente oncológico, principalmente aqueles que promovem renovação celular, ou seja, estimula produção de células novas, pois, pode acelerar àquelas cancerígenas também.

Veja quais são os tratamentos:

  • Peeling;
  • Ondas de choque;
  • Criolipólise;
  • Radiofrequência (apenas com indicação médica).

Além do que apontamos acima sobre a produção de células novas, observa-se também que a pele do paciente que está sob tratamento está muito sensível.

As técnicas citadas anteriormente podem ferir o tecido que já está bastante debilitado, por isso não é aconselhável também.

Existe ainda, um outro ponto de atenção, que é relacionado ao olfato. Os pacientes normalmente adquirem uma sensibilidade maior no olfato, onde é comum náuseas e vômitos com cheiros muito fortes.

Logo, é aconselhável que o uso de produtos permitidos para o cuidado diário, tenham cheiro menos intenso ou se possível, que sejam inodoros, ou seja, não tenham cheiro.

Quais são os tratamentos mais indicados?

Com o ressecamento da pele, é necessário que o paciente mantenha uma rotina de hidratação da pele.

O profissional de estética pode auxiliar nesse sentido, oferecendo indicações que consigam ativar as aquaporinas da pele, elas são proteínas responsáveis por abrir canais na pele bem como atrair água para dentro das células e aumentar a hidratação.

Os tratamentos realizados com argila também são indicados, pois auxiliam no processo de reduzir as dores e o processo inflamatório.

Aliviar tensões e estresse

O paciente está emocionalmente abalado, e é nesse momento que o profissional de estética pode oferecer um conforto maior, e os tratamentos estéticos para pacientes oncológicos podem incluir outras modalidades.

Vale ressaltar que algumas modalidades de terapias ajudam a relaxar, reduzir a tensão; como um SPA dos pés ou algumas massagens leves, por exemplo, que possam trazer conforto e bem estar.

Afinal, os cuidados pessoais e da imagem valorizam a sua beleza e proporciona saúde emocional e mental, o que ajuda a passar por essa fase de enfrentamento do câncer.

Veja também: Melasma: Quais são as causas? Quais os tratamentos? Veja

Gostou das dicas e quer aprender como fazer cosméticos naturais? Então acompanhe nossas redes sociais:  Facebook ,  Instagram ,  Twitter  e  Pinterest .

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here