Sífilis: o Dia Nacional de combate e conscientização da doença é hoje; saiba mais

A doença afeta pessoas sexualmente ativas e até mesmo bebês, durante a gestação

0
67
Sífilis: O Dia Nacional de combate e conscientização da doença é hoje; saiba mais / Fonte: Reprodução internet
Sífilis: O Dia Nacional de combate e conscientização da doença é hoje; saiba mais / Fonte: Reprodução internet

O terceiro sábado de outubro (17.10) é dedicado para o Dia Nacional de Combate à Sífilis e Sífilis Congênita. Antes da pandemia, testes rápidos eram realizados in loco, com grandes multidões.

Já em 2020, devido às normas de isolamento social, a campanha está sendo desenvolvida por meio das redes sociais do Governo.

Um estudo divulgado na Revista Comunicação em Ciências da Saúde (CCS), mostrou que ” a Sífilis acomete mais de 12 milhões de indivíduos em todo o mundo. Desse número, um milhão é formado por gestantes, levando a mais de 300 mil mortes fetais e neonatais”.

Leia mais: Pré-Gestação no SUS: Tese indica que sistema precisa de mais preparo

O que é a Sífilis e quais os sintomas?

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), a  Sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) que, causada pela bactéria Treponema Pallidum, transmitida principalmente pela relação sexual desprotegida. E se não tratada corretamente, causa prejuízos sérios à saúde.

Da mesma maneira, existe a Sífilis Congênita, transmitida da mãe para o bebê durante a gestação, por meio da placenta. Ela pode ocasionar lesões de pele e malformações e até mesmo um aborto.

Bactéria causadora da doença / Foto: BBC
Bactéria causadora da doença / Foto: BBC

A princípio, os sintomas mais comuns são feridas nos órgãos genitais e ínguas na virilha, que podem desaparecer sozinhos, sem que sejam percebidos. Entretanto, passados alguns meses, começam a surgir manchas no corpo e queda de cabelos. Durante estes estágios, a Sífilis é altamente contagiosa.

Por outro lado, se não for tratada adequadamente, a enfermidade pode causar sequelas como cegueira, paralisia, doenças cardíacas e cerebrais, levando ao óbito em muitos casos.

Dia D

Nesse sentido, o objetivo do ‘Dia D’ da Sífilis é alertar as pessoas para os perigos desta doença, pincipalmente em casos de gravidez. E levar as pessoas a realizar os testes de sangue simples, que podem identificar a infecção no organismo.

Todas as pessoas sexualmente ativas devem realizar o teste e nos caso das gestantes é obrigatório no início e ao final da gestação, para garantir que o bebê tenha crescido de maneira saudável e sem complicações.

Apesar da enfermidade já ser muito antiga e com tratamento eficaz, os números têm cada vez mais aumentado, no Brasil e No mundo. De acordo com o último Boletim Epidemiológico registrado pelo MS, só entre 2010 e 2018, os casos de Sífilis aumentaram estrondosos 4.157% em todo o país.

Esta disparada tem relação com a alta rejeição de uso de preservativo, também registrada recentemente.

Fonte: CCS

Gostou desta matéria? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here