Dieta vegetariana: aprenda 3 molhos para saborear e surpreender nas saladas

A alimentação fica mais divertida e apetitosa com temperos variados

0
218
Dieta vegetariana: aprenda 3 molhos para saborear e surpreender nas saladas ( Imagem: Pxhere)

A alimentação na dieta vegetariana, da qual vamos falar hoje no Saúde Lab é saborosa, prática e muito versátil. Além do mais, essas receitas de molhos saudáveis podem ser consumidas por cardiopatas, hipertensos e por quem desejar preservar a saúde.

Desde já, saiba que o consumo de alimentos funcionais, como os que são indicados para o consumo dos vegetarianos, atuam como anti-inflamatórios, são ricos em cálcio e proteínas, além de reduzir os fatores de risco para doenças que comprometem o Sistema Cardiovascular.

Confira também: Alimentação funcional: aprenda a preparar um suco detox de abacaxi, pepino e laranja

Acompanhe a seguir e fique sabendo da riqueza para a saúde do corpo a adesão ao consumo dos alimentos da dieta vegetariana no dia a dia.

dieta vegetariana
Alimentos como limão, hortelã e alho previnem doenças (Imagem: Pxhere)

Conheça um pouco dos ingredientes da dieta vegetariana

O consumo diário dos vegetais traz mais leveza para a digestão, pois suas fibras ajudam na motilidade intestinal e absorção mais eficiente dos nutrientes. O Ministério da Saúde bem como outras instituições afins, recomendam que seja cada vez mais estimulada essa prática na população, Como tem feito a SBC (Sociedade Brasileira de cardiologia).

Alho

O alho é um antibiótico natural usado de forma empírica a milhares de anos pelos gregos. No senso comum ele é indicado para tratar gripes, resfriados e até intestino preso. Ele é também reconhecido cientificamente pelo seu elevado  teor   de Vitaminas (A,B1, B6 e C), além de minerais como cobre, selênio, ferro, manganês e outros mais.

A hortelã

O uso da hortelã na dieta vegetariana e, até em outras alimentações, favorece a imunidade, melhora o sono, auxilia na digestão  e não para por aí. Além desses benefícios à saúde, ainda auxilia na halitose, age também no combate da dor, além do mais é rica em minerais e vitaminas diversas.

Aliás, ela também é frequentadora da culinária brasileira. Seja em sucos, chás e também como tempero, que aliás, é muito saboroso.

Saiba mais: Receita light: descubra os tipos de queijo mais saudáveis e como fazer em casa

limão e hortelã
O uso regular do limão e hortelã auxilia na saúde cardiovascular (Pxhere)

O Limão

O limão, entretanto, é alimento curinga para a saúde pela sua diversidade de benefícios e utilidades. Ele é usado de diversas maneiras na culinária e para outras ações, como bactericidas, por exemplo. No que tange à sua utilização na dieta vegetariana, os benefícios são inúmeros. Veja alguns:

  •  Alcaliniza o sangue;
  •  Aumenta a imunidade;
  • Atua como detox, ou seja, previne a oxidação celular e previne o envelhecimento;
  • É também um potente antimicrobiano;
  • Aliás, quando em contato com o suco gástrico cria proteção para o estômago;
  • Outro benefício dele é ajudar a controlar colesterol, pressão e doenças cardiovasculares;
  • Atua na obesidade, se aliado à dieta saudável;
  • Inibe cálculo renal e auxilia também na retenção de líquidos.

Da mesma que esses alimentos agregam saúde ao organismo, após conhecer as vantagens é fundamental incluir mais nutrientes na alimentação, dos quais privilegiem a dieta vegetariana.

E para isso, aproveite as receitas de  03 molhos para facilitar o paladar e  então, jamais abandonar o consumo deles nas saladas.

molhos
Temperar saladas com molhos é um boa dica para consumi-las mais (Fonte: Pxhere)

Mix refrescante com hortelã para a dieta com vegetais

Ingredientes

01 unidade limão (caldo)

300 gramas de iogurte desnatado (natural)

01 colher de sopa de hortelã (prefira a fresca)

03 colheres de sopa de azeite extra virgem

01 dente de alho grande

Meia colher de café de sal

Como preparar

Inicialmente, lave bem o limão, a hortelã e o alho. A seguir esprema o limão e pique em pedaços bem pequenos, a hortelã e o alho. Escolha um recipiente adequado para misturá-los com o iogurte, o azeite e o sal. Conservar na geladeira em vasilhame bem vedado.

Especial de ervas aromáticas

Ingredientes

Duas colheres de sopa dos ingredientes secos: orégano, manjericão, alecrim e salsinha

02 colheres de sopa de Gergelim torrado

100 ml  de água

 Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Se desejar, peneire a mistura batida. Se preferir, pode também acrescentar um limão espremido para substituir o sal e acrescentar 2 colheres de sopa de azeite extra virgem. Depois de pronto, armazene a porção na geladeira e consuma em média uma colher de sopa nas refeições.

Molho perfumado com alho

 Ingredientes

250 ml de Azeite e 02 dentes de alho.

 Como preparar

De antemão, escolha um azeite de boa qualidade e em seguida passe-o para uma panela e aguarde que ele alcance alta temperatura, porém tendo o cuidado de não levantar fervura; em seguida acrescente o alho descascado e acondicione ambos em um vidro com tampa, de preferência escuro para ser armazenado (depois que esfriar) e curtido por alguns dias, no mínimo uma semana para apurar o sabor.

Aliás, outra dica é aromatizar o azeite com outras ervas de sua preferência, seguindo as mesmas orientações acima. Prefira guardar a mistura em vidro escuro e saiba que não precisa ser refrigerado.

Aprecie o uso de azeite aromatizado nas saladas (Fonte: Pxhere)

Uma dica extra para preparar caldo de legumes caseiro na dieta vegetariana

INGREDIENTES

02 cenouras médias

01 talo de de salsão

02 cebolas médias

01 litro de água filtrada

MODO DE PREPARO

Lave os ingredientes e em seguida pique-os em pedaços grandes, lembre-se de usar cenoura com a casca. Em seguida, pegue uma panela e acrescente os pedaços picados ao litro de água e deixe ferver.

Assim também, mantenha em fogo baixo por aproximadamente 40 minutos, com a panela tampada. Logo depois, coe e congele em forminhas de gelo. Esse caldo pode ser adicionado à alimentação como preferir.

O que dizem os especialista sobre os vegetarianos

Vale ressaltar, que os especialistas nutricionais e também a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) estimulam pessoas com pré-disposição às doenças cardíacas que adotem uma dieta vegetariana, pois, podem se beneficiar do valor nutritivo dos vegetais e ainda, com a inclusão desses nutrientes favorecem o controle do lipídico, alivia a retenção de líquidos, preserva o Sistema Renal e um leque de outras vantagens.

A propósito, ao passo que se habitua o paladar com uma ingesta maior de verduras e legumes, também vai se familiarizando com os sabores. Sobretudo, vale a pena começar a praticar uma dieta mais saudável como a vegetariana o quanto antes, pois, os danos nas artérias e veias do corpo poderão ser irreversíveis.

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here