Lentilha tem lítio? Descubra hoje os benefícios desse alimento

O consumo da lentilha previne doenças e aliada ao lítio pode reduzir distúrbios emocionais

0
11995
Lentilha
Lentilha tem lítio? Descubra hoje os benefícios desse alimento (Imagem: Pxhere)

Saber se lentilha tem lítio e o que esse alimento proporciona à saúde é uma dúvida de várias pessoas. Diante dessa necessidade, o Blog do Saúde Lab esclarece a seguir os nutrientes que compõem essa leguminosa e como tirar o máximo de proveito de ambos.

E hoje vamos informar também, sobre a influencia dos grãos na saúde e como inclui-los na alimentação.

Saiba também: Receita sem glúten: como fazer uma incrível farinha de grão de bico?

De início, saiba que as substâncias encontradas no solo de plantio é que determinam o teor de minerais e outros nutrientes absorvidos no cultivo dos alimentos. E o lítio, um sal mineral, geralmente  é achado no solo, na água e em alguns grãos e vegetais, por exemplo.

A propósito, numa tabela nutricional do Diário de alimentação on line, 100 g dela equivalem a 0.0748% desse sal mineral. A recomendação de consumo diária gira em torno de 03 colheres de sopa.

Lentilha
Lentilha é uma leguminosa saudável (Imagem: Pxhere) )

O que a lentilha e o lítio fazem no cérebro e na saúde em geral

O teor de lítio na lentilha, segundo Jonh Day O,  médico cardiologista no Intermountain Medical Center Heart Institute em Salt Lake City, Utah, é muito elevado. “As leguminosas contêm algumas das maiores quantidades de lítio encontradas nos alimentos, como lentilhas, feijões e ervilhas.”

As ações dos alimentos para o organismo são diversas. Aliás, vale ressaltar que o lítio e a lentilha têm funções muito específicas para a saúde mental, bem como na obesidade. Mas além dessas duas, age também, em diversos processos e outras patologias já conhecidas e pesquisadas.

Primeiro, vamos falar do lítio. Ele é um neuroprotetor para o cérebro, ou seja, esse mineral age diretamente no humor, tanto que psiquiatras prescrevem com frequência para tratar transtornos mentais.

E essa conduta de tratamento se confirma na literatura disponibilizada e, amplamente divulgada nos veículos de comunicação e sites confiáveis.

Lentilha e vegetais
O consumo de vitaminas e proteínas ( Imagem: Internet divulgação)

Já a lentilha é um carboidrato muito rico em minerais, vitaminas e possui baixa caloria. Ela tem sido uma escolha favorável para controle de peso, pois, dá mais saciedade e com isso diminui a fome excessiva.

Confira: Alimentos ricos em proteína para substituir a carne, quais são? Saiba mais

Um estudo recente aponta a inclusão dela e de outros alimentos para ampliar a imunidade e prevenir infecções pela Covid-19.

Nesse sentido, essa dupla pode ajudar tanto as doenças como depressão, ansiedade, transtorno bipolar, ajudar a emagrecer, além de, auxiliar em diversas formas na saúde feminina.

Pois, essa leguminosa é rica em fibras, estimula a funções intestinais previne e atua na reposição de nutrientes fundamentais para a saúde do coração e ossos, por exemplo.

 Como consumir lítio e lentilha

O ato de consumir o lítio é de suma importância, uma vez que ele atua também nas excretas urinárias de ácido úrico e ureia.  Essas substâncias que são tóxicas para o organismo, quando ficam acumuladas, precisam ser eliminadas adequadamente, ao urinar.

Lentilha e grãos
Lentilha e outros grãos previnem doenças (Imagem: Pxhere)

Por outro lado, a falta do lítio no corpo pode desencadear vários processos relacionados à angústia, nervosismo, irritação, instabilidade das emoções e outros distúrbios citados anteriormente.

Já a lentilha, que é uma leguminosa muito completa por conter ferro, vitaminas (K, potássio, manganês, zinco etc.), proteínas, carboidratos e fibras, por exemplo, também deve ser incluída na dieta.

A sua relevância perpassa na saúde da mulher, principalmente em relação aos ossos e controle lipídico, ou seja, ajuda a controlar o peso e protege o sistema cardiovascular, além de várias atribuições saudáveis.

Então, veja a seguir os alimentos em potencial para incluir no cardápio e consumir mais lentilha e outros nutrientes saudáveis com o acréscimo de lítio.

Grãos

Os grãos que crescem em solo com mais quantidades de lítio e, que são praticamente todos, têm rica fonte para esse sal mineral no organismo. Entre eles o grão de bico e o feijão branco são boas dicas para variar o consumo na dieta.

Ovos

Os ovos e a carne bovina seguem o mesmo raciocínio da presença do lítio no solo, pois, os animais se alimentam de plantas e, estas certamente são nutridas pela terra em que se encontram cultivadas. O consumo diário deve ser equilibrado, principalmente a carne vermelha.

Verduras 

Legumes e lítio
Os legumes são fonte de lítio e outras vitaminas (Imagem: Pxhere)

As verduras, por sua vez, aliadas às leguminosas, representam um percentual elevado na ingestão alimentar do lítio. Pesquisas científicas apontam que, varia de 70 a 90%, da combinação desses dois nutrientes,  para uma pessoa ser suprida desse mineral.

Alimentos como gengibre, algas, cogumelos, nozes, alface, agrião e água, também contemplam a demanda para suprir a carência do lítio na saúde.

Quem pode comer lentilha?

Em geral, todas as pessoas  saudáveis podem usufruir dos benefícios da lentilha. As gestantes também são liberadas e devem consumi-la na dieta, pois, a vitamina B e o ácido fólico são mantidos com ingestão diária desse alimento.

E esse equilíbrio nutricional favorece a formação do feto e previne malformações congênitas.

Riscos e contra indicações

O fato de ter atenção aos riscos e contra indicações incidem sobre pessoas portadoras de doenças renais, hepáticas, síndrome de Cólon irritável e aquelas com restrições de proteínas, principalmente.

Contudo, sempre é aconselhável consultar médico ou nutricionista para orientar sobre a sua alimentação e certificar do estado atual de saúde.

Recomendações gerais sobre a lentilha 

Algumas dúvidas surgem quanto ao cuidado e preparo da lentilha. Veja a seguir dicas que poderão ajudar a consumir a leguminosa e aproveitar bem seus nutrientes.

  1. Lavar sempre a lentilha e deixar de molho por algumas horas antes do preparo. Essa medida diminui os efeitos dos ante nutrientes, minimiza o gases, facilita a digestão das proteínas, bem como elimina toda a sujeira.
  2. O consumo da alimentos em geral deve ser orientado pelo seu nutricionista. Aliás a ingestão da lentilha vai variar de acordo com seu peso e aporte nutricional diário.
  3. Pessoas que fazem restrição do consumo de carne devem ficar atentos para prover proteínas e nesse caso, o consumo de grãos, principalmente da lentilha, pode equilibrar o organismo. O teor proteico contido nela excede ao da carne, assim vale diversificar a dieta com leguminosas.
  4. O preparo da lentilha é bem variado. Ela pode ser usada em sopas, saladas, farofa, para incrementar o arroz e do jeito que preferir. Tenha apenas o cuidado de acondicioná-la em recipiente fechado hermeticamente e consuma o mais breve possível.
  5. Se preferir congele por no máximo 03 meses (ela pode expandir e causar acidentes).
sopa de lentilha
A sopa de lentilhas é saborosa e nutritiva (Imagem: Pxhere)

Dica Extra

Aprecie as receitas a seguir e veja como é fácil e prático preparar pratos saborosos com a lentilha.

Sopa de lentilha versátil

01 xícara e meia de lentilha

03 batatas inglesa

01 cenoura grande

200 g de carne de sua preferência

01 pimenta do reino

Sal, manjericão, salsinha e cebolinha a gosto

01 cebola picada

02 dentes de alho triturados

E 02 colheres de sopa de azeite

03 xícaras de água

Modo de preparo

Em uma panela de pressão aqueça o óleo e refogue o alho e a cebola. Acrescente a cenoura e as batatas (picadas em cubos grandes), a lentilha, o sal e a água. Tampe a panela de pressão para o cozimento e, aguarde em torno de 08 minutos após o início da pressão. Concluído esse tempo, deixe sair o ar e verifique se o cozimento está ao seu gosto. Coloque em um refratário e, antes servir, salpique cheiro verde.

Arroz temperado
As opções de usar a lentilha são diversas (imagem: Pxhere)

Arroz com lentilha e alho poro

Para aproveitar as sobras de arroz, em panela aquecida coloque uma colher (sopa) de manteiga ou azeite. E seguida, refogue cheiro verde, alho poro picado como preferir, uma colher de chá de açafrão e 02 dentes de alho amassados. Mexa os ingredientes por dois minutos e então, adicione o arroz já aquecido.

Se preferir inovar, acrescente queijo provolone ralado e leve para gratinar no forno pré-aquecido por 05 a 10 minutos, de acordo com a potência do seu forno. Ou no microondas por 03 minutos.

Leia mais: Só tem um tipo de câncer de mama? Descubra agora e previna-se

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here