Você dorme mal? Entenda mais sobre o sono e como melhorar o problema

Os brasileiros dormem mal, é o que indica um estudo da OMS

493
Brasileiros dormem mal
O sono dos brasileiros está pior. Foto: Envato

A Organização Mundial da Saúde (OMS), aponta que 45% das pessoas têm distúrbios do sono. Já no Brasil, a população afetada por problemas do sono equivale a 40% dos brasileiros. Em resumo, os brasileiros dormem mal.

No entanto, ter um bom sono é fundamental para a concentração e humor. Dormir bastante no sono profundo melhora a qualidade da noite dormida. Entretanto, a insônia e a apneia obstrutiva do sono (AOS) estão entre os principais problemas relacionados ao sono.

A dificuldade de iniciar o sono, mantê-lo continuamente durante a noite ou o despertar antes do horário desejado é a insônia. Normalmente estes problemas são relacionados à ansiedade, preocupações e estresse.

Por outro lado, a AOS por sua vez é quando a respiração é interrompida durante o sono, fazendo com que as pessoas despertem várias vezes durante a noite, interferindo assim na sua qualidade de sono e descanso.

Leia também: Falta de sono pode gerar sérios danos ao cérebro. Entenda

Brasileiros dormem mal
Os brasileiros tem dormido mal. Foto: Freepik

Entendendo o sono funciona

O primeiro ciclo do sono é o adormecimento, fase caracterizada pela leveza e relaxamento. Porém, ela dura de 15 a 20 minutos, onde existe uma grande sensibilidade e vigília do sono.

Já o segundo é o sono leve, estágio quando os batimentos cardíacos são diminuídos e a respiração se torna mais lenta. Nesta fase do sono, é muito comum sonhar que estamos caindo. Essa sensação ocorre justamente devido à baixa frequência cardíaca.

Em seguida, vem o sono de transição. Apesar de estar no meio do ciclo, esta fase é muito curta, dura apenas cinco minutos. Nesse estágio, é muito comum o aparecimento de experiências de sonambulismo.

Já o sono profundo, é a penúltima fase, de uma duração entre 20 e 30 minutos. Aqui, é muito difícil acordar, pois o cérebro está em um estado de atividade em que as ondas cerebrais assumem o controle total. Nesta fase, finalmente começa o descanso de fato.

Por fim, temos o famoso sono REM (Rapid Eyes Moviment, ou movimento rápido dos olhos), que é quando se alcançam os sonhos e também os pesadelos. Em condições normais, ela tem uma duração de cerca de 90 minutos.

As pessoas que dormem mal podem ter problemas em todas as fases do sono. Portanto, somente um médico especialista pode identificar qual a fase problemática e definir o melhor tratamento, que nem sempre é medicamentoso.

Aliás, o Brasil é um dos países em que mais se consome medicamentos para dormir. Muitos deles sem o devido acompanhamento médico.

Leia também: Descubra quais são os benefícios da Auriculoterapia na saúde

Dicas para quem dorme mal

Para regular o sono, especialistas recomendam manter uma rotina de alimentação equilibrada, aliada à prática de exercícios físicos regulares.

Além disso, para aqueles que dormem mal, é necessário evitar aparelhos eletrônicos e monitores próximo da hora de dormir. Outra dica importante para a qualidade do sono é não tomar estimulantes ou bebidas alcoólicas, com frequência. Aliás, você pode investir nos chá relaxantes como camomila.

Por fim, existem clínicas do sono, especializadas em regular este importante aspecto da vida humana. Na dúvida, consulte um especialista. Ainda, evite o uso de medicamentos sem acompanhamento médico.

Fonte: OMS

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here