Especial de Chocolate: Como Fazer Ovo de Páscoa Fit?

Como fazer ovo de Páscoa?

Favorito das crianças, o ovo de Páscoa não pode faltar. Mas quem disse que ele não pode ser fitness ou livre de açúcares?

A Páscoa vem aí e a vontade de comer doces também, por isso muita gente começa a se perguntar como fazer ovo de Páscoa fit. A verdade é que existem várias receitas e formas de curtir o feriado sem abrir mão da dieta. E fazer o doce típico na sua versão saudável é ótimo para você e seus filhos.

O ovo de Páscoa infantil que você encontro à venda nos supermercados é praticamente um veneno. Em uma dentada, cerca de 25 gramas, esses chocolates têm em média 150 calorias. O Kinder Ovo, por exemplo, favorito dos pequenos, tem 570 calorias a cada 100 gramas.

Isso, por ovo inteiro, dá um total de 1254 calorias. É mais que a quantidade ideal diária para uma criança de até 5 anos. Além do alto valor energético, eles ainda são compostos por chocolate hidrogenado e gorduras saturadas.

Isso acontece porque, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determina que a quantidade mínima de sólidos de cacau para que o produto possa ser chamado de chocolate é de apenas 25%.

criança comendo chocolate

Tipos de chocolate

Como vimos, os ovos de Páscoa são feitos com os piores tipos de chocolate. Mas para que isso faça algum sentido, é preciso entendermos como é feito o alimento. O chocolate mais comum, aquele ao leite mesmo, é composto de uma quantidade muito baixa de cacau.

Ao cacau, as fábricas acrescem ainda o leite em pó, para torná-lo mais palatável e cremoso. Geralmente, seus teores de cacau estão entre 30% e 40%, sendo cerca de 5% leite em pó e o resto açúcar e lecitina de soja, um tipo de emulsionante.

Por essa razão que os chocolates amargos e extra amargos são vistos como “mais saudáveis”. Sua massa é sempre composta de cacau e manteiga de cacau. Não levam leite e muitos são produzidos com poucas taxas de açúcar. Eles se dividem ainda em:

  • Meio Amargo: 35% a 50%
  • Amargo: 50% a 75%
  • Extra Amargo: 75% a 85%

Há ainda o chocolate branco. Que na verdade é um produto da manteiga de cacau, depois que se retira toda a fibra da fruta. A este produto, soma-se o leite em pó, o açúcar e a leticina de soja.

Chocolate fracionado: principal ingrediente do ovo de Páscoa

ovos ricos em calorias

Os chocolates conhecidos como fracionados, hidrogenados ou, atém mesmo, de cobertura, são os piores tipos para a saúde. Estes chocolates quase não têm cacau. Eles contêm gordura hidrogenada em excesso.

Para que possam ser mais fáceis de trabalhar e moldar, as indústrias adicionam a esse chocolate óleo vegetal líquido. Isso faz com a temperatura de cristalização do chocolate seja mais alta.

Por esta razão ele é tão utilizado nos ovos de chocolate, nos bombons e em todos os outros doces que tem formatos menos comuns. Há ainda uma versão do chocolate fracionado que recebe o óleo de palma. Quanto maior a quantidade deste óleo, mais cremoso fica a o doce.

O exemplo mais conhecido é aquele creme de chocolate e avelã famoso. A combinação sozinha já é um problema para a saúde e chegou a causar polêmicas com a Anvisa. Imagine agora para diabéticos ou pessoas com colesterol alto e hipertensão.

Origem do cacau

Vale lembrar que o cacau é originário da América Latina e Central. Sabe-se que foi os Astecas o primeiro povo a descobrir o chocolate. Atualmente, os maiores produtores do cacau são o Brasil e a Costa do Marfim.

Só na Floresta Amazônica existem três variedades da fruta: forasteiro, criollo e trinitário.

chocolate meio amargo

E agora?

Então, os ovos de Páscoa industrializados não são uma boa para quem quer ter uma vida saudável. A solução está em ir para a cozinha e aprender como fazer ovo de páscoa caseiro. Há muitas receitas boas e saborosas recomendadas por nutricionistas e médicos.

A maioria destas receitas substitui as gorduras saturadas por outras de fontes vegetais e naturais, como: o óleo de coco (que você pode encontrar aqui) e a pasta de amendoim.

Você também pode utilizar a biomassa de banana e de abacate para dar corpo a receita e minimizar o chocolate e os açúcares na receita. Com isso, você não só adapta os ovos de Páscoa a sua dieta, como também os torna próprios para as crianças e as pessoas com intolerâncias alimentares.

Quem, por exemplo, não pode ingerir lactose, fica com as opções muito limitadas no período todo das festas. Então, veja abaixo algumas receitas e junte o material para fazer ovo de páscoa!

ovo de Páscoa caseiro

Como fazer ovo de páscoa – passo a passo

Como as receitas são muitas e adaptáveis, separamos as mais interessantes. Confira abaixo!

Receita de ovo de páscoa simples

Essa receita é fácil de fazer e pode ser feita tanto na versão fit, quanto normal. Você pode substituir os ingredientes e até mesmo o recheio para ficar do seu agrado.

Nela, optamos por utilizar o chocolate 70% cacau. O alimento não deve ser totalmente excluído da dieta. No caso das mulheres, como explica o Doutor Dráuzio Varella em seu site, o consumo de chocolates orgânicos pode ajudar no controle da Tensão Pré-Menstrual (TPM).

É que quando as mulheres estão com aquele desejo, não é a toa. O cérebro está apenas avisando sobre a carência de magnésio. Sabe o que tem magnésio? Chocolate!

Ingredientes do ovo:

  • Um quilo de chocolate 70% cacau orgânico
  • Formas para ovos no tamanho de sua preferência

Ingredientes do recheio:

  • Duas latas de leite de coco
  • Uma colher de sopa de óleo de coco
  • Duas gotinhas de extrato de baunilha
  • Uma lata de leite condensado de soja
  • Coco ralado fresco a gosto.

Modo de preparo:

Comece derretendo o chocolate em banho-maria e fogo baixo. Não deixe a água ferver, para não queimar o chocolate. Se usar termômetro, a temperatura do alimento derretido não deve ser maior que 45°C.

Se passar disso, derrete o açúcar do chocolate e satura a gordura. Espere o chocolate esfriar levemente, até o ponto em que consegue tocá-lo sem se queimar. Então despeje nas formas, distribuindo até preencher os fundos de forma uniforme.

Vire para escorrer o excesso e leve para gelar por, pelo menos, duas horas. Enquanto isso, faça o recheio: primeiro leve ao fogo as latas de leite de coco e de leite condensado com a colher de óleo de coco.

Em fogo baixo, vá mexendo em movimentos circulares. Quando começar a engrossar, adicione o coco fresco e mexa mais um pouco. Assim que soltar do fundo estará pronto.

Espere esfriar para colocar nos ovos de chocolate. Desenforme os ovos e recheie com uma camada generosa do creme de coco. Embale como desejar e seu doce está pronto.

mousse proteico

Recheio alternativo de mousse proteica

Ingredientes:

  • 200 gramas de abacate
  • 30 gramas de whey protein ou caseína do sabor da sua preferência
  • 10 gramas de castanhas-do-Pará picadas

Modo de preparo:

Comece por bater o abacate em um processador até adquirir consistência. Em seguida, despeje aos poucos a proteína até dissolvê-la e se tornar uma mistura homogênea. Então acrescente as oleaginosas e leve ao congelador por pelo menos 30 minutos. Depois é só rechear seu ovo de Páscoa.

Recheio alternativo de trufas de alfarroba

Esse recheio é delicioso e é mais uma alternativa a quem não pode comer chocolate.

Ingredientes:

  • Uma xícara de chá de amêndoas com pele trituradas
  • 1/4 xícara de chá de farinha de alfarroba
  • Meia xícara de coco ralado
  • 1/3 xícara de chá de mel
  • Uma colher de sopa de azeite

Modo de preparo:

Em um recipiente, misture a amêndoa triturada, a farinha de alfarroba e o coco ralado. Depois, acrescente o mel, amasse a mistura e divida nas partes que achar necessárias. Recheire o ovo e leve ao congelador por pelo menos meia hora.

preparo do ovo de Páscoa

Receita de ovo de Páscoa com biomassa de banana

A banana é excelente para a saúde. Apesar de ser uma fruta mais rica em carboidrato, é também cheia de potássio e outros minerais e vitaminas importantes. A biomassa é extremamente saudável e consegue reduzir em 60% as calorias de um ovo de Páscoa.

Além disso, ela ajuda a regenerar o trato intestinal e é ótima para os diabéticos, já que ajuda a inibir a absorção da glicose e das gorduras. Para fazer esse ovo, você vai precisar de uma quantidade considerável de banana verde.

Ingredientes da biomassa:

  • 4 bananas verdes
  • Meio litro de água

Ingredientes do recheio e do ovo:

  • Uma lata de leite condensado de soja
  • Uma lata de creme de leite vegetal
  • Seis colheres de sopa de cacau em pó sem açúcar
  • 500 gramas de chocolate meio amargo orgânico

Modo de preparo da biomassa:

Essa é a parte mais difícil desta receita. Primeiro coloque as bananas sem casca e a água em uma panela de pressão. Cozinhe em fogo baixo até levantar a fervura, deixe por mais 10 minutos e desligue.

Para sua segurança, após esse processo, deixe que a pressão toda saia naturalmente da panela. Quando estiver pronto, retire a fruta da panela e bata-a no liquidificador até ficar uma massa cremosa. Essa é a biomassa e pode utilizá-la no preparo de várias receitas.

Modo de preparo do recheio e do ovo:

Em uma panela, coloque a sua biomassa, o leite condensado, o cacau e o creme de leite. Cozinhe como se fosse um brigadeiro normal. Quando soltar do fundo pode desligar.

Para usar como recheio do ovo, deixe o creme esfriar por cerca de 20 minutos. Para a casca do ovo, derreta o chocolate como na receita anterior e derrame-o em uma tigela grande.

Depois deixe gelar por duas horas. Quando tudo estiver pronto, monte o ovo como desejar e decore com uvas passas.

ovo de Páscoa para crianças

Receita de ovo de Páscoa tradicional sem chocolate

Essa receita é tradicional nos Estados Unidos e na Europa. Aqui no Brasil não temos o costume de comer as famosas cascas de ovo com frutas oleaginosas. Nos anos 1980, esse tipo de doce foi moda, por causa da cultura Faça Você Mesma.

E muitas mães decoraram cascas de ovo com seus filhos para depois enchê-las com amendoim açucarado, também conhecido por carapinha. Vale ressuscitar essa delícia, pois, feita do jeito certo, pode ficar muito gostosa.

Sem falar que é uma boa opção para presentear crianças e adultos que não podem comer chocolate. Para fazer essa receita, traga seus filhos para a cozinha, porque vai ser divertido!

Primeiramente separe e lave bem seis ovos. Para higienizá-los, coloque-os de molho por cinco minutos em uma solução de meio litro de água e duas colheres de sopa de vinagre de maçã.

Para furar os ovos, faça dois furos finos com um alfinete esterilizado, um em cada extremidade. Esvazie os ovos com cuidado e volte a colocar as cascas de molho na água com vinagre. É importante lavar e secar muito bem as casquinhas, pois elas podem conter microorganismos prejudiciais para a sua saúde.

ovo camuflado

Recheio do ovo camuflado – Carapinha fit

Depois que limpar e decorar suas cascas de ovo, poderá recheá-las com a carapinha. Para fazer a sua carapinha saudável, veja o que vai precisar.

Ingredientes:

  • 250 gramas de amendoim cru
  • Uma xícara de chá de açúcar demerara
  • Uma colher de sobremesa de cacau em pó (opcional)
  • Uma colher de chá de fermento em pó
  • Duas colheres de sopa de água pura

Modo de preparo:

Coloque o amendoim cru em um pote de vidro pequeno e redondo, de preferência que caiba no seu micro-ondas. Programe o aparelho por três minutos em potência máxima. Tire, mexa e volte a por o amendoim por mais três minutos.

Adicione os outros ingredientes ao amendoim ainda quente. Coloque a mistura mais uma vez no micro-ondas, agora por seis minutos. A cada dois minutos, pare e abra para mexer bem a mistura.

Quando completar os seis minutos com todas as pausas, misture o amendoim, para ter certeza que ficou tudo encorporado. O amendoim deve ficar com uma casquinha crocante. É normal que os amendoins grudem uns nos outros.

Agora, devagar e com delicadeza, recheie as casquinhas com a carapinha. Para diversificar e surpreender seus filhos, pode encher algumas casquinhas com passas, nozes e outras frutas secas.

Essas coisas são interessantes para crianças pequenas, porque possuem sabores e texturas diversificadas. Assim, você ensina seus filhos a gostarem de doces saudáveis.

 

 

 

Fonte: G1, Inmetro e Drauzio Varella

Crédito das imagens: Pixabay, Unsplash, Freepik e Everypixel