Dia 4 de outubro Dia Mundial dos Animais; entenda o significado dessa data

Saiba mais sobre o dia dos animais

134
Dia Mundial dos Animais
Dia 4 de outubro Dia Mundial dos Animais; entenda o significado dessa data Foto - Pixabay

O Dia Mundial dos Animais é comemorado todo dia 4 de outubro, desde 1931 e tem como objetivo lembrar a importância da conservação das espécies animais do planeta. A história, que une o patrono dos ambientalistas a esta comemoração, é de São Francisco de Assis. Ele é considerado o santo padroeiro de todos os animais, veterinários e ecologistas.

E há explicações sobre essa conexão especial e o poder que São Francisco tinha com os animais. É que muitos são os devotos de São Francisco de Assis, o santo italiano nascido em Assis em 1182. O Santo renunciou a todas as suas riquezas materiais para dedicar a sua vida a ajudar, acompanhar e guiar todos os seres vivos, especialmente aqueles animais, a quem considerava seus “irmãos mais novos”.

A seguir, no SaúdeLab falaremos sobre São Francisco de Assis, padroeiro dos animais e ambientalistas.

Leia também: Confira os cuidados especiais com os pets em dias quentes

Quem foi São Francisco de Assis?

São Francisco de Assis,
Dia 4 de outubro Dia Mundial dos Animais; entenda o significado dessa data Foto – Pixabay

Primeiramente, São Francisco de Assis é uma das figuras mais conhecidas no âmbito eclesial em toda a história e, provavelmente, a melhor exemplificação do que significava e significa ser algo como um “Santo”.

Apesar de São Francisco (1182-1926) ter nascido em uma família italiana com grande poder aquisitivo, o pai era rico comerciante de tecidos e o Francisco. Aliás, na juventude, levava uma vida bastante despreocupada, dando muita ostentação à sua riqueza material.

Quem conhecia São Francisco falava frequentemente do carinho que ele tinha pelos animais e do poder que exercia sobre eles.

Confira também:  Calendário de vacinação para cães: conheça as principais datas

São Francisco e o Dia Mundial dos Animais

 Dia Mundial dos Animais
Dia 4 de outubro Dia Mundial dos Animais; entenda o significado dessa data Foto – Pixabay

No decorrer da história, todas as espécies o ouviam e obedeciam às suas ordens, inclusive as andorinhas, que o seguiam em bandos e formavam uma cruz acima de onde ele pregava.

Mesmo um lobo selvagem que devorou ​​as ovelhas dos pastores e atacou os homens, parou de atacar.

Com o tempo, as pessoas que ouviram falar da demonstração de amor de São Francisco pela natureza foram as que motivaram a Organização Mundial de Proteção Animal a estabelecer o dia 4 de outubro (data em que o santo morreu) como Dia Mundial dos Animais.

Da mesma forma, o Papa João Paulo II também apreciou as ações ecológicas deste grande homem italiano e, em 1980, o proclamou Patrono dos Animais e Ecologistas.

São Francisco e a relação com os animais

Contamos algumas informações sobre sua vida:

1.  Ele desistiu de sua riqueza. Assim, filho de um próspero comerciante, resolveu deixar a família, com todo o conforto e luxos que esta lhe oferecia, para pregar o cristianismo e fundar sua própria ordem;

2. Ele então levou uma vida como um eremita, afastado dos prazeres mundanos. Ele geralmente é representado por uma caveira, que simboliza sua sabedoria e sua própria consciência de sua mortalidade.

Além disso, ele pode ser visto com uma vestimenta humilde, uma das qualidades que caracterizam esta ordem.

3. Ele tinha um “dom” com animais. Aliás, é conhecida a lenda do lobo, citada no texto anônimo  Florzinhas de São Francisco, que data do século XIV. Nessa história, um lobo aterroriza a vila de Gubbio, devorando animais e pessoas, até que São Francisco falou com ele, como iguais, e fez dele um amigo.

A partir desse momento, segundo a tradição, o lobo viveu entre as pessoas, que cuidaram e alimentaram-no.

Assim é o breve resumo a história de São Francisco considerado o protetor dos animais, e por isso no dia 4 de outubro se comemora o Dia Mundial dos Animais.

Uma história de humildade, devoção e carinho pelos animais.

Leia agora: Estresse nos animais: conheça as causas mais comuns

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here