Dor no pé da barriga é grave? Descubra possíveis causas e o que fazer

Também conhecida como “dor de estômago”, “dor abdominal” ou “dor intestinal”, a dor de estômago é um sintoma comum que acontece com todo mundo em algum momento da vida.

Sentir dores abdominais, principalmente aquela dor no pé da barriga, é um sintoma muito comum e que pode ser causado por várias doenças. Sua localização e seu modo de aparecimento (agudo, progressivo, crônico) podem permitir especificar os órgãos envolvidos. Frequentemente benigna, a dor de estômago pode, em alguns casos, ser um sinal de uma condição mais séria. Quais são as causas e como aliviar essas dores abdominais? Desintegração da dor de estômago. Veja as dicas do SaúdeLAB.

Dor no pé da barriga, como se caracteriza?

Também conhecida como “dor de estômago”, “dor abdominal” ou “dor intestinal”, a dor de barriga é um sintoma comum que acontece com todo mundo em algum momento da vida. Essa dor está relacionada à presença de vários órgãos presentes na região:

  • intestino;
  • fígado;
  • estômago;
  • rins;
  • e/ou os órgãos reprodutores.

A dor de estômago pode ser leve ou intensa, persistente ou ir e vir. Pode ser de curta duração, instalar-se gradualmente ou durar semanas, meses ou mesmo anos. Frequentemente benigna, a dor de estômago ainda pode ser um sinal de um ataque grave. Além disso, é aconselhável ir ao pronto-socorro nos seguintes casos:

  • se a dor de estômago ocorreu após um acidente;
  • acompanhada de falta de ar e tontura;
  • ou se vomitar sangue;
  • se for encontrado sangue na urina;
  • e se for acompanhada de febre alta.

Veja também: Dor é realmente algo subjetivo? Entenda como é possível classificar essa importante sinalização que o corpo dá

Causas da dor de estômago

Dor no pé da barriga
Afinal, conheça as causas de dor no pé da barriga – Imagem: Canva Pro

A dor de estômago pode ter origem em vários distúrbios ou doenças. Mas, na maioria das vezes, é benigno. A localização precisa da área dolorosa permite especificar a origem do mal: o(s) órgão(s) alojado(s) provavelmente estará(ão) comprometido(s):

  • dor na parte inferior do abdome pode indicar que o cólon, os rins, o trato urinário ou os ovários foram afetados;
  • se a dor está localizada na parte superior do abdome, à primeira vista, diz respeito ao estômago, ao fígado;
  • à esquerda, talvez os intestinos, o baço ou os rins;
  • à direita, a dor pode ser causada por danos na vesícula biliar ou nos intestinos.

Mas, a forma como a dor de estômago se instala (aguda, crónica, progressiva, intermitente, episódica, etc.) é também uma fonte de informação valiosa para o médico que deve fazer o seu diagnóstico.

Dor aguda

A dor aguda pode, portanto, ser um sinal de:

  • um distúrbio digestivo, com gases, inchaço, diarréia ou constipação;
  • apendicite;
  • inflamação da vesícula biliar (isso é chamado de colecistite);
  • inflamação da bexiga (cistite);
  • uma gravidez ectópica;
  • infecção renal;
  • pedras nos rins;
  • isquemia mesentérica, ou seja, diminuição do fluxo sanguíneo para os intestinos;
  • inflamação do revestimento abdominal (peritonite);
  • um enfarte pulmonar, ou seja, uma perda de circulação sanguínea para os pulmões;
  • um abscesso (ou seja, uma bolsa cheia de pus) no fígado;
  • inflamação do pâncreas (pancreatite);
  • uma infecção do baço;
  • ou gastroenterite de origem viral.

Dor crônica

A dor crônica pode significar coisas como:

  • endometriose;
  • doença celíaca ou intolerância ao glúten;
  • inflamação do revestimento do estômago (gastrite);
  • esplenomegalia, ou seja, aumento do volume do baço;
  • um cisto ovariano;
  • infecção dos órgãos reprodutivos;
  • colite ulcerativa;
  • ou uma hérnia hiatal.

Infecção urinária dá dor no pé da barriga?

Normalmente sim. A infecção urinária surge por diversos fatores e a pessoa pode ficar com dores no pé da barriga. Aliás, essa doença é muito comum quando a imunidade está baixa, se apresenta nível elevado de estresse e ainda, surgem problemas renais. Idosos, gestantes e crianças são grupos de risco.

É importante ter atenção ao aspecto da urina, sobretudo se estiver muito concentrada ou com cheiro forte. A infecção precisa ser tratada urgentemente e evitar a recorrência. Caso contrário, os danos no aparelho urinário podem ser irreversíveis.

Veja também: Dores nas costas bate recorde de afastamento do trabalho

O QUE CAUSA DOR DE BARRIGA NA PARTE DE BAIXO?

Hoje, o cirurgião geral Diogo Garcia (CRM: 112026) explica melhor esse cenário, quais as possíveis causas, tipos de sintomas e características que envolvem dores nessa região do corpo. Aprenda mais sobre o tema agora!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação