Eduardo Pazuello efetivado como ministro da Saúde; conheça o currículo

Eduardo Pazuello é General do Exército desde 2014

215
Eduardo Pazuello efetivado como ministro da Saúde
Eduardo Pazuello efetivado como ministro da Saúde (Foto: Carolina Antunes/PR)

Eduardo Pazuello efetivado – Após quatro meses como interino do ministério da Saúde do governo Jair Bolsonaro (sem partido), Pazuello será nomeado e, portanto, passa a substituir de maneira oficial Nelson Teich.

Pazuello assumiu a cadeira principal do ministério no auge da pandemia de coronavírus no Brasil, no mês de maio. No entanto o fez de maneira considerada como provisória.

Na época, ele foi colocado por Bolsonaro como ministro interino – após as saídas de Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich em um curto período de tempo. Por isso, o governo optou por não nomeá-lo oficialmente em um primeiro momento.

Em quatro meses no comando interino da saúde no país, o General do Exército, especialista em logística, alinhou sua linha de trabalho ao discurso da presidência da República, apoiando tratamento precoce da Covid-19 e dando autonomia a estados e municípios  para adotarem suas medidas de isolamento social.

À frente da pasta, Pazuello também lançou um protocolo com orientações para uso de cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

Eduardo Pazuello efetivado como ministro da Saúde
Eduardo Pazuello efetivado como ministro da Saúde (Foto: UOL/ Estadão Conteúdo)

Leia mais: Testes da vacina de Oxford foram retomados no Brasil; seguem suspensos nos EUA

Eduardo Pazuello efetivado como ministro da Saúde

A confirmação da efetivação do novo ministro é feita através de nota divulgada pelo Ministério da Saúde.

“O general Eduardo Pazuello assume oficialmente, nesta quarta-feira (16), o comando do Ministério da Saúde. A cerimônia de posse está marcada para as 17h, no salão nobre do Palácio do Planalto. Ocupando interinamente o cargo desde 16 de maio, Pazuello será o 48º ministro da Saúde do Brasil”, diz, assim, o comunicado.

Os convites para a cerimônia de posse de Pazuello vêm sendo distribuídos a autoridades e imprensa desde a última segunda-feira.

Pazuello teve sua permanência no cargo de ministro da Saúde apoiada por Jair Bolsonaro desde seus primeiros dias no comando da pasta.

No dia 20 de maio, Bolsonaro deu uma declaração de que o então ministro interino da Saúde permaneceria por “muito tempo”, pois é um bom gestor e teria uma boa equipe média ao lado.

Leia também: A vida dos idosos durante a pandemia: como minimizar os impactos? Confira

Currículo de Pazuello

Natural do Rio de Janeiro, Eduardo Pazuello tem 56 anos e é General de três estrelas no Exército. Formado em 1984 na Academia Militar das Agulhas Negras, como Oficial de Intendência.

No Exército, seu cargo tinha responsabilidade nas funções administrativas e logísticas. Carrega condecorações como Pacificador, Ordem do Mérito Militar Grande Oficial, Mérito Tamandaré e Distintivo de Comando Dourado.

Além disso, é formado nos cursos de Comando e Estado Maior no Exército e de Política e Estratégia Aeroespaciais na Força Aérea Brasileira (FAB).

Ele é General desde 2014 e coordenou as tropas do Exército no maior evento esportivo do planeta, a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

Entretanto, não chegou a atuar na área médica em nenhum momento durante sua carreira servindo ao Exército brasileiro.

Ele atua junto ao Ministério da Saúde desde abril, quando assumiu o cargo de secretário-executivo, sendo nomeado ministro interino no mês seguinte. Em setembro, portanto, é nomeado, oficialmente, o titular da pasta.

Leia ainda: O que está acontecendo com o Bolsa Família e o Renda Brasil? Entenda agora

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here