Gato com covid-19 no Brasil: Cuiabá registra 1º caso do país

Infecção de covid-19 em gato no Brasil surpreende pessoas

178
Gato com covid-19
Gato com covid-19 no Brasil: Cuiabá registra 1º caso do país Foto - Divulgação

Gato com covid-19 no Brasil. Embora a doença coronavírus seja geralmente transmitida de pessoa para pessoa, ela também pode ser transmitida de pessoas para animais.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, alguns animais de estimação – incluindo cães e gatos – também foram infectados com o vírus que causa a Covid-19. Isso ocorreu principalmente depois que os animais estiveram em contato próximo com pessoas infectadas na pandemia.

Acompanhe hoje no Saúdelab mais sobre Gato com covid-19.

Leia também: A Finlândia usa cães detectores para Covid-19; entenda

Gato com covid-19 no Brasil

Gato com covid-19
Gato é o 1º caso com coronavírus do país (Foto – Pixabay)

O primeiro animal de estimação a testar positivo para o coronavírus Sars-CoV-2 do Brasil foi descoberto em Cuiabá (MT) e, ela é uma gatinha de poucos meses.

Todavia, a confirmação do exame molecular de PCR, padrão ouro para o coronavírus, foi feita pela pesquisadora Valéria Dutra, professora da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá.

Essa informação é um alerta para os cuidados que também devemos ter com animais de estimação.

Cuidados necessários com animais de estimação

Para proteger os pets da Covid-19 não permita eles entrem em contato com pessoas ou bichos que não morem em sua casa. Por exemplo:

  • Evite parques ou locais públicos onde as pessoas e seus cães se encontrem;
  • Ao passear com o cachorro, certifique-se de colocá-lo na coleira no mínimo 2 metros de distância dos outros, seja pessoas ou animais;
  • Quando possível, mantenha os gatos dentro de casa;

Se você adoecer com Covid-19 e tiver um animal de estimação:

  • Antes de tudo, isole-se de todos e até mesmo dele. Se possível, entretanto, peça a alguém da sua casa para cuidar do seu pet querido;
  • Logo depois, evite também acariciar, abraçar ou deixá-lo lamber. Aliás, não compartilhe sua comida ou cama com ele, isso também é contra indicado;
  • Nesse interim, se você cuidar de seu animal de estimação ou ficar perto de outros animais enquanto estiver doente, use uma máscara de pano.
  • À propósito, sempre lave as mãos antes e depois de interagir com eles ou seus pertences.
  • E por último certifique-se de limpar os dejetos do animal e desprezá-los adequadamente.

Leia agora:  Existem raças de cães mais agressivas do que outras? Saiba mais com a Médica Veterinária Raquel Breunig

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: FacebookInstagram, Twitter Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here