Todo chefe é estressado? Saiba mais sobre o assunto

188
Líder de negócios cansado? Descubra aqui como acabar com o estresse
Líder de negócios cansado? Descubra aqui como acabar com o estresse

O estresse é algo que persegue os grandes empreendedores, líderes e empresários. A Mercer investimentos constatou que apenas 67% dos líderes e gerentes acham que o nível de estresse que experimentam no trabalho é administrável; já um terço se sente insegura ou oprimida.

Por outro lado, uma porcentagem semelhante, ou seja outro terço, disse que luta para manter o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Outrossim, lutam contra o estresse  que vivem diariamente. No entanto, apenas metade dos líderes e gerentes sentem que têm tempo suficiente para fazer um trabalho de qualidade. Enquanto outros 48% sentem que podem se desligar do trabalho.

No entanto, quando nos deparamos com estatísticas como essas, infelizmente muitas lideranças dão de ombros falando: “O estresse faz parte do trabalho, não é?”. Ou seja, observa-se um desânimo forte e geral sobre eles, e talvez até mesmo sobre suas famílias.

Estresse / Foto: Reprodução da internet
Estresse / Foto: Reprodução da internet

Todavia, com tantos números devastadores, observa-se que a saúde mental das pessoas está cada vez mais fragilizada. Principalmente devido à pandemia e às mudanças no estilo de vida. Alguns problemas ligados ao estresse podem ser ansiedade, falta de apetite, insônia, entre muitos outros.

Leia também: A meditação é uma ferramenta incrível no combate ao estresse. Entenda

O perigo do estresse e emoções negativas

Contudo, a Ph.D Barbara Fredrickson, descobriu que as emoções negativas podem prender as pessoas em uma fuga emocional. Onde elas sentem que têm duas opções: lutar contra o estresse; ou congelar a mentalidade, limitando sua capacidade de pensar criativo e de propor soluções.

Uma outra descoberta importante, dentro desta pesquisa foi que, a maneira como os líderes lidam com o estresse, afeta diretamente a sua própria experiência e trabalho e às suas equipes. Por exemplo, gerentes sobrecarregados têm menos probabilidade de enxergar e reconhecer os esforços de seus subordinados diretos.

Em outras palavras, se você está constantemente estressado no trabalho, já é chegada a hora de parar de se sujeitar a seguir acreditando que líderes e gerentes devem ser mártires do mercado. De certa maneira, nenhum emprego vale sacrificar e massacrar a tua saúde mental, emocional e até mesmo física.

Gerenciamento de emoções / Foto: G1
Gerenciamento de emoções / Foto: G1

Dicas para sair do stress!

No entanto, o bem estar geral deve ser prioridade na vida das pessoas, seja ele em qual profissão que estiver. Então, ao invés de trabalhar até a exaustão, comece a desenvolver estratégias para manutenção e gerenciamento das emoções. Veja as dicas que preparamos pra você, abaixo.

1. Identifique os sinais de alerta

Um estado de esgotamento e exaustão física, mental e emocional muitas vezes acompanhado por dúvidas sobre si mesmo e cinismo, pode ser o Burnout – um problema muito grave. Além disso, diversas pesquisas mostraram que além da mente, outros campos do corpo humano são afetados, diante do estresse. Trazendo problemas como depressão, ansiedade, doenças cardíacas, colesterol alto, derrame e diabetes tipo

2. Descanse e tente se recuperar

Aos primeiros sinais de esgotamento emocional, você deve tomar uma atitude imediatamente. Conversar ainda é o melhor remédio. Tente conversar com seus colegas, ou até mesmo o próprio chefe. Caso isso não resolva, talvez seja a hora de procurar um profissional da saúde, como psicólogos ou psiquiatras. Deixe os preconceitos de lado, e vá em busca de sua saúde mental.

Leia também: Saúde Mental: como conquistar (ou tratar os transtornos)

3. Reflita e se reorganize

Em seguida, após descobrir o real motivo do problema, é o momento ideal para refletir, reorganizar ideias e prioridades. É importante realizar este trabalho interno, para se fortalecer e evitar cair na mesma situação outra vez.

Perguntas que podem ajudar expressivamente neste processo: Quando seus níveis de estresse começaram a aumentar? O que estava acontecendo no trabalho? Fora do trabalho? Você já teve essa experiência antes ou é a primeira vez que passa pelo esgotamento?

4. Pratique a resiliência

Antes de mais nada, se faça a seguinte pergunta: Por qual motivo eu cheguei até aqui? Depois de encontrada a resposta, de acordo com o passo a passo sugerido acima, então é hora de praticar a Resiliência.

Ou seja, absorver a parte positiva de todo o processo, pelo qual você líder e empresário já passou. Orgulhar-se de ter conseguido evoluir emocionalmente e pessoalmente. Esta conjunto de ações é muito importante.

Leia também: Descubra quais são os benefícios da Auriculoterapia na saúde

Por fim, depois de passar por estas quatro etapas, lembre-se de que elas sempre serão úteis e poderão ser utilizadas quantas vezes precisar. O mais importante é conservar sua saúde mental e emocional. E não deixar-se sucumbir pelo excesso de trabalho e desafios do mercado.

Fonte: Mercer

Gostou da matéria? Siga nossas redes sociais no Facebook, InstagramTwitter e  Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here