Canabidiol: SUS deverá oferta 02 opções com o princípio ativo; confira

227
medicamentos com canabidiol
02 medicamentos com canabidiol devem ser ofertados pelo SUS; Confira (Imagem: Guia da Farmácia)

Há poucos dias noticiamos aqui que o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que o Sistema Único de Saúde ofertará remédios feitos à base de Cannabis, planta da maconha, caso apresentem resultados positivos. Ontem, por outro lado, houve a afirmação de que 02 medicamentos com canabidiol devem ser disponibilizados na rede pública de saúde.

As duas notícias são complementares e indicam um grande avanço na saúde pública brasileira. Dessa maneira, milhões de brasileiros podem ser auxiliados com a disponibilização de novos tratamentos.

Assim, veja abaixo qual a previsão de disponibilização dos novos medicamentos e como isso melhora o SUS e seus serviços.

Também veja: Projeto de Lei: Leitos de UTI incorporados ao SUS devem se manter ativos mesmo após pandemia

medicamentos com canabidiol
Projetos para incluir medicamentos com propriedades da Cannabis no SUS têm continuidade. (Imagem: Jornal da Chapada)

02 Medicamentos com Canabidiol são estudados e devem ser ofertados pelo SUS

Segundo o Ministério da Saúde será colocada em votação a incorporação, pelo SUS, de medicações feitas à base de canabidiol.

Dessa maneira, a análise para a disponibilização dos novos remédios deve ocorrer em novembro, quando está prevista a 93ª Reunião da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

Aliás, os medicamentos com canabidiol somente poderão ser disponibilizados na rede pública de saúde caso aprovados pela comissão. Por outro lado, a incorporação destes remédios já é apoiada por ao menos 29 Senadores.

Quais são os medicamentos que devem ser incorporados ao SUS?

A princípio são dois os medicamentos feitos com propriedades encontradas na planta da maconha que serão analisados pela Conitec.

O primeiro deles é Mevatyl, utilizado para o tratamento sintomático de espasticidade moderada e grave. Também, é aplicado para casos de esclerose múltipla.

O segundo dos medicamentos a base de canabidiol que passa por estudos e aguarda aprovação da comissão é o Canabidiol Prati-Donaduzzi, um fitoterápico.

Por fim, cabe ressaltar que o uso das propriedades da maconha em medicamentos é uma tendência que deve aumentar. Isso, pois, tem sido feitos cada vez mais estudos sobre seus elementos e como eles podem auxiliar a saúde.

Por outro lado, os medicamentos com canabidiol não causam alucinações ou qualquer outro tipo de efeito colateral relacionado ao THC, responsável pelas propriedades alucinógenas da planta.

Confira também: Saúde da mulher: Candidíase, corrimento e infecção urinária; Veja causas e tratamentos

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here