Morre o ator Jason David Frank (Power Ranger Verde Clássico) aos 49 anos

O ator ficou famoso após participar de várias temporadas

No último sábado, 19 de novembro, o site TMZ divulgou a morte do ator Jason David Frank, a morte foi confirmada hoje, domingo, pelo representante do astro. O personagem ficou famoso no mundo todo, gerando uma onda de comoção e homenagens. Saiba mais, aqui no SaúdeLAB.

Morre Jason David Frank – O Ranger Verde

No anos 1990, Jason David Frank foi o responsável por representar o Power Ranger Verde clássico. A séria era inspirada em séries japonesas no gênero que fizeram muito sucesso nos anos 1980 como Changeman. O ator participou não só da primeira temporada da série, como também em outros anos, quando encarnou diferentes versões do super-herói ao longo dos anos.
Suas habilidades inconfundíveis na tela não eram por acaso: Jason Frank era lutador de MMA, com carreira profissional entre 2008 e 2010.

Jason morreu no Texas, de acordo com seu representante, Justine Hunt. Ele deixa quatro filhos. Fontes confirmaram ao site norte-americano que o intérprete do Ranger Verde tirou a própria vida.

 

Morre o ator Jason D Frank - o Power Ranger Verde Clássico - aos 49 anos
Morre o ator Jason D Frank – o Power Ranger Verde Clássico – aos 49 anos. Foto: Divulgação

Conheça os sinais de alerta para suicídio

A melhor maneira de ajudar a prevenir o suicídio é saber o que procurar e estar pronto para intervir se achar sinais de perigo. Os sinais de alerta manifestados por um suicida em potencial incluem, expressar em palavras o desejo de querer morrer; curiosidade e pesquisa sobre maneiras de se tirar a própria vida.

ATENÇÃO: Se você ou alguém que você conhece está lutando contra a depressão ou pensamentos suicidas, entre em contato pelo telefone 188. O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo.

Como ajudar quem está pensando em suicídio

  1. Seja direto, fale abertamente sobre o suicídio.
  2. Esteja disposto a ouvir. Permita expressões de emoções, aceite os sentimentos com empatia.
  3. Não faça julgamentos. Não discuta se o suicídio é certo ou errado, ou se os sentimentos estão errados, não dê palestras sobre o valor da vida.
  4. Se envolva, esteja disponível. Mostre interesse e apoio, bem como ouça com compaixão e empatia, sem rejeitar ou julgar.
  5. Não desafie jamais a fazer isso. Uma palavra pode bastar para encorajar ao pior.
  6. Não fique chocado, isso pode distanciar vocês.
  7. Não jure segredo, diga que vai procurar ajuda, e procure suporte. Ao passo que um deles é o CVV (Centro de Valorização da Vida), que atende 24h, todos os dias da semana.
  8. Ofereça esperança de que alternativas estão disponíveis, mas não ofereça uma garantia superficial.
  9. Tome uma atitude. Remova meios, como armas ou pílulas. Não deixe jamais a pessoa sozinha.
  10. Obtenha ajuda de pessoas ou agências especializadas em intervenção em crises e prevenção de suicídio, avise a família, igreja, amigos, treinadores, colegas de trabalho, um médico ou um terapeuta.

Leia mais: Confira como ajudar alguém que está pensando em suicídio

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação