Pandemia: descubra os erros do Governo brasileiro ao responder à situação

Os grupos mais vulneráveis da população são os que mais têm registrado baixa na pandemia.

214
Pandemia e erros do Brasil
Pandemia: descubra os erros do Governo brasileiro ao responder à situação (Foto: ES Brasil)

É fato que a pandemia chegou para mudar muitas coisas em todo o mundo. E hoje, 22 de Outubro, você fica sabendo como o Governo do Brasil está atuando até o momento. A resposta não foi das melhores, infelizmente.

O periódico The Lancet publicou, um artigo onde explica detalhadamente as falhas das autoridades brasileiras diante da pandemia.

Saiba também: Despesas de tratamento no SUS em outra cidade poderão ser custeadas pelos cofres públicos; Entenda

Qual cenário da pandemia no Brasil hoje?

A princípio, a gravidade da pandemia no Brasil é evidenciada principalmente pois o país ocupa o 3º lugar do ranking mundial de número de casos confirmados de Covid-19, com um total de 5.273.954 de pessoas enfermas.

Pandemia no país/ Foto: R7
Pandemia no país / Foto: R7

Por outro lado, a pandemia também aumentou o número de mortes de profissionais da saúde, mulheres grávidas além da população indígena. Ou seja, os grupos mais vulneráveis da população são os que mais têm registrado baixa. E isso é preocupante, não só devido ao Coronavírus, mas pela saúde geral do país.

Leia também: Pandemia e acesso às academias: o que mudou? Saiba mais na entrevista com o Personal Alisson Pinheiro

Mais erros do Governo contra a Pandemia

De acordo com a comunidade científica internacional, o Brasil apresentou uma das piores respostas à pandemia. Desde o começo, as autoridades negaram veemente a existência do surto pandêmico.

Nesse sentido, a pior das respostas veio quando o Ministério da Saúde não conseguiu desenvolver um plano nacional suficiente para combater a pandemia. Bem como nenhuma outra agência federal conseguiu.

Infelizmente, estados e municípios continuam desabastecidos, e o Sistema Único de Saúde (SUS) saturado, o que piora ainda mais a situação. O país possui o maior sistema de saúde do mundo e oferece cobertura universal sem nenhum custo para os pacientes.

Uso de máscaras é o 'novo normal' / Foto: Reprodução
Uso de máscaras é o ‘novo normal’ / Foto: Reprodução

No entanto, apesar de suas dimensões, a Atenção Básica de Saúde no país é considerada abaixo da média, conforme pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada hoje. Ou seja, do ano passado para cá, os indicadores só pioraram, mesmo antes do início da pandemia.

Continue lendo: IBGE: pesquisa aponta que atenção primária à saúde no Brasil está abaixo do ideal

Em síntese, a negação da pandemia por parte do Governo causou não só um colapso e muitas mortes por Covid-19, bem como piorou ainda mais o estado de estresse, depressão e ansiedade, em todos os cidadãos.

Entre os países que conseguiram controlar a circulação do vírus de maneira coordenada e organizada, estão Tunísia, Marrocos, Croácia, Japão e Uruguai.

Fonte: The Lancet

Gostou desta matéria? Acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, InstagramTwitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here