Pix Nubank vale a pena? Entenda o sistema de pagamentos gratuito

Pix é grátis para a população e confirmará transferências em poucos segundos

1001
Pix Nubank vale a pena? Entenda o sistema de pagamentos gratuito
Pix Nubank vale a pena? Entenda o sistema de pagamentos gratuito (Foto: Freepik.com)

O lançamento do novo sistema de pagamentos bancários criado pelo Banco Central do Brasil está cada vez mais perto de acontecer. Apesar disso, o assunto ainda causa dúvidas para consumidores e clientes de instituições financeiras. Afinal, Pix Nubank vale a pena? Confira aqui.

O Pix é um sistema de transações bancárias que promete chegar para causar uma revolução no mercado, confirmando transferências de valores, que hoje demoram horas ou até dias, para serem finalizadas em poucos segundos.

Por exemplo, uma TED ou um DOC, que pode demorar até dois dias para cair na conta do destinatário, vai ser confirmada em no máximo dez segundos. É essa a promessa do Banco Central.

Pix Nubank vale a pena? Entenda o sistema de pagamentos gratuito
Pix Nubank vale a pena? Entenda o sistema de pagamentos gratuito (Foto: Shutterstock)

Além disso, o sistema também vai fazer frente aos tradicionais boletos. Isso porque, dá a possibilidade de efetuar pagamentos dos mais variados tipos utilizando QR Code, que também é confirmado de maneira rápida.

Leia mais: Como funciona o Pix do Nubank? Entenda

Então, Pix Nubank vale a pena?

É possível afirmar que sim, o novo processo deve valer a pena. Isso porque, os atuais serviços de transferências bancárias podem demorar dias para serem confirmados e ainda cobram um valor para cada operação feita.

Já o Pix será totalmente gratuito para clientes de pessoa física. Não importa a quantidade de operações realizadas e nem mesmo o horário, nenhuma tarifa pelo serviço será cobrada.

|Portanto será possível efetuar transações bancárias até mesmo fora do expediente bancário. Dessa maneira funcionará gratuitamente 24 horas por dia e nos sete dias da semana.

Mas no que tange às instituições financeiras que adotarem o serviço, o custo é de R$ 0,01 para cada 10 transações realizadas por seus clientes.

O Pix poderá ser utilizado por quem?

De acordo com o Banco Central, será possível utilizar o Pix para efetuar qualquer tipo de pagamento. Como por exemplo:

  • Entre pessoas;
  • Para entes governamentais, nos casos de taxas e impostos;
  • Entre estabelecimentos comerciais;
  • Entre pessoas e estabelecimentos comerciais.

Como usar o Pix pelo Nubank?

O Nubank já está aceitando pré-cadastros de seus usuários para quando o Pix for oficialmente lançado para a população e empresas.

Esse pré-cadastro é feito diretamente pela página principal da NuConta de cada cliente. Basta apenas informar qual será a chave Pix que deseja.

A chave Pix é a numeração que deverá ser informada para que uma transferência seja realizada. Pode ser um número de telefone, CPF ou até mesmo um conjunto de palavras, como e-mail ou uma combinação alfanumérica aleatória criada pelo BC.

Leia também: Cadastrar Pix Nubank: como ter acesso ao novo sistema de pagamentos

Além disso, é possível efetuar pagamentos através de QR Code

Nesse caso, a pessoa ou estabelecimento irá mostrar o QR Code em um aparelho de smartphone ou em alguma outra plataforma.

Assim, o pagador irá fazer a leitura através da câmara do celular e confirmar o pagamento pelo Pix em sua conta corrente pessoal.

O Pix começará a ser usado no país no dia 16 de novembro.

Leia ainda: Pix é grátis para a população; entenda sobre o assunto

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here