Proposta de aumento da margem do consignado do INSS foi aprovada

Governo aumenta para 40% margem para o empréstimo

350
Proposta de aumento da margem do consignado do INSS foi aprovado
Proposta de aumento da margem do consignado do INSS foi aprovado

A Secretaria-Geral da Presidência da República anunciou ontem, 01 de outubro, que a proposta de aumento da margem do consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foi aprovado. Essa aprovação, aliás, ocorreu por meio de uma Medida Provisória, cuja publicação deve ser feita nesta sexta-feira (02).

O aumento da margem do empréstimo consignado já era aguardado. Pois, ainda em agosto houve recomendação do Conselho Nacional da Previdência (CNPS) nesse sentido.

Abaixo, confira quais são as informações sobre o aumento do limite de comprometimento do benefício previdenciário para fins de empréstimo consignado.

Também leia: O que é BPC do INSS? Conheça agora sobre esse auxílio

Proposta de aumento da margem do consignado do INSS foi aprovado
Proposta de aumento da margem do consignado do INSS foi aprovado

Proposta de aumento da margem do INSS foi aprovada

A Medida Provisória que efetivamente aumenta o empréstimo destinado aos beneficiários da Previdência Social ainda não foi publicada. Contudo, sua sanção foi anunciado pela Secretaria Geral da Presidência da República.

Assim, teria sido acatada pelo Governo Federal a recomendação feita pelo CNPS, quanto à aprovação do aumento do valor possível de contratação par fins de empréstimo.

Dessa maneira, tendo sido aprovada a proposta de aumenta da margem do consignado do INSS, os aposentados e pensionistas passam a ter direito a contratar valores maiores para fins de empréstimo.

Como ficou o limite do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas

Anteriormente os beneficiários do INSS poderiam comprometer até 35% de seus benefícios previdenciários mensais, para fins de empréstimo consignado.

A alteração pela Medida Provisória cuja publicação deve ocorrer hoje, por outro lado, aumenta o limite para 40%.

Com a aprovação da proposta de aumento da margem do consignado, portanto, os aposentados e pensionista passam a ter direito à realização de empréstimos de montante maior. As parcelas de quitação, assim, podem comprometer até 40% da remuneração mensal previdenciária.

Até quando será possível adotar o empréstimo que compromete 40% dos valores mensais do INSS?

Uma vez que ainda não houve a efetiva publicação da Medida Provisória, não é possível afirmar até quando o aumento deverá ser mantido.

Contudo, tendo ele sido criado em razão da pandemia de Covid-19, deve ser mantido enquanto ela causar efeitos na economia e na sociedade brasileira.

Confira agora: Abono extra do INSS foi aprovado? Entenda aqui

Dessa forma, deve-se aguardar a publicação da aprovação da proposta de aumento do consignado INSS para que, assim, haja certeza do período de efetividade da alteração.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here