Veja como pagar e quais bancos recebem o DARF

370
Quais bancos recebem DARF? Confira aqui a lista completa
Quais bancos recebem DARF? Confira aqui a lista completa (Foto: Pixabay)

Quais bancos recebem DARF – O Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) é emitido pela Receita Federal, com o intuito de efetuar cobranças de impostos administrados pelo órgão. Atualmente, ele continua em vigor para recolher tributos federais por importação de mercadorias que vêm do exterior, assim como a cobrança de um valor pendente ou multa sobre o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Também tem como objetivo cobrar o PIS sobre o faturamento da empresa e lucros sobre investimentos. Nesse caso, atingindo tanto pessoas físicas, como também as jurídicas.

Quais bancos recebem DARF? Confira aqui a lista completa
Quais bancos recebem DARF? Confira aqui a lista completa (Foto: Pixabay)

Leia mais: O primeiro medicamento registrado para Covid na Rússia pode vir para o Brasil? Saiba mais

Mas quais bancos recebem DARF? 

Todas as maiores instituições bancárias do Brasil estão autorizadas a recolher o DARF.

Além dos principais bancos do país, outras grandes instituições estaduais também possuem autorização da Receita Federal para fazer o recolhimento do pagamento do documento.

  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Itaú Unibanco;
  • Bradesco
  • Banco do Nordeste
  • Santander
  • Banrisul
  • Agibank;
  • Origina;
  • Citibank;
  • Safra;
  • Banco de Brasília;
  • Banco da Amazônia;
  • BanPará;
  • Banco do Espírito Santo;
  • Banco Mercantil do Brasil;
  • Sicredi;
  • Banco do Estado de Sergipe; e
  • Banco Cooperativo do Brasil.

A lista que mostra quais bancos oferecem pagamento através de débito automático ou parcelamento pode ser vista no site da Receita Federal, no seguinte endereço: https://receita.economia.gov.br/orientacao/tributaria/pagamentos-e-parcelamentos/rede-arrecadadora-de-receitas-federais-bancos.

Como pagar o DARF?

É possível pagar o DARF através de boleto emitido no site da Receita Federal, mas também utilizando o serviço de autoatendimento e páginas de banco na Internet, mesmo sem o código de barras.

A emissão de DARF é feita de acordo com o que está sendo cobrado pela Receita.

  • Por isso, é necessário acessar o seguinte endereço: https://receita.economia.gov.br/orientacao/tributaria/pagamentos-e-parcelamentos/emissao-e-pagamento-de-darf-das-gps-e-dae/emissao-e-pagamento-de-darf-e-gps;
  • Em seguida, o contribuinte irá clicar na opção que lhe interessa. Como por exemplo, “Dívida Ativa – Emissão de DARF” ou “Emissão de Darf para pagamento de quotas do Imposto de Renda Pessoa Física”.

Leia também: Pagar MEI atrasado gera multas; saiba como emitir boletos e evitar atrasos

DARF para empresas

O DARF também era utilizado como um documento obrigatório para o recolhimento de receitas Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – conhecido como SIMPLES.

Contudo, foi substituído a partir da instituição do Simples Nacional, que definiu o DAS como documento de arrecadação para esse nicho, sendo o Documento de Arrecadação do Simples Nacional.

Portanto, os impostos referentes a atividades de MEI são recolhidas com o DAS e não mais DARF.

Leia ainda: Empréstimo na maquininha: R$ 5 bilhões liberados a MEIs e microempresas

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here