Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado; veja quem pode sacar

Beneficiários aprovados após abril podem sacar parcelas anteriores a quinta e sexta

420
Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado; veja quem pode sacar
Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado; veja quem pode sacar

O saque retroativo do auxílio emergencial está sendo liberado para os beneficiários que foram aprovados após o início do programa; e, portanto, estão recebendo parcelas atrasadas. Enquanto a Caixa Econômica Federal já caminha para o fim da quinta parcela do benefício para aqueles que foram aprovados no mês de abril, ainda há quem esteja recebendo as três primeiras.

Além disso, os beneficiários do auxílio emergencial que já eram inscritos no programa Bolsa Família estão recebendo a sexta parcela. Essa que é a primeira com o valor reduzido para R$ 300.

Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado; veja quem pode sacar
Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado; veja quem pode sacar

Sendo assim, vale a  ressalva de que o saque retroativo é referente às parcelas anteriores que somente agora podem ser sacadas em dinheiro.

Leia mais: Como consultar benefício auxílio emergencial? Aprenda aqui

Saque retroativo do auxílio emergencial é liberado para quem?

O saque dos valores de parcelas anteriores em relação às que atualmente estão sendo pagas pela Caixa podem ser sacadas, em espécie, pelos seguintes grupos de beneficiários:

  • Beneficiários que receberam a primeira parcela em maio podem sacar a quarta parcela, em uma agência da Caixa ou em terminal de autoatendimento, entre 19 de setembro a 27 de outubro.
  • No mesmo calendário, os beneficiários que receberam a primeira parcela em junho atualmente podem sacar o valor em dinheiro referente à terceira parcela.
  • Já os beneficiários que receberam a primeira em julho podem sacar a segunda parcela.

O calendário é o mesmo para todos os grupos e corresponde ao mês de nascimento. Confira a fila para o saque:

  • Janeiro – 19/09
  • Fevereiro – 22/09
  • Março – 29/09
  • Abril – 01/10
  • Maio – 03/10
  • Junho – 06/10
  • Julho – 08/10
  • Agosto – 13/10
  • Setembro – 15/10
  • Outubro – 20/10
  • Novembro – 22/10
  • Dezembro – 27/10

Leia também: Auxílio Nubank é verdade? Saiba tudo sobre o assunto

Dinheiro pode sumir do Caixa Tem: entenda o motivo

Caso o dinheiro não esteja disponível no Caixa Tem no dia do saque, é possível que tenha havido uma transferência automática para a conta corrente na qual foi recebida a primeira parcela.

Essa ação é explicada pela Caixa Econômica Federal e é feita para que não haja acumulação de recursos na poupança social digital.

Vale relembrar que o Caixa Tem não é uma poupança comum e que, por isso, possui um limite de R$ 5.000 mensais de saldo na conta.

Assim, todo o valor que estiver disponível no Caixa Tem após a data para o saque ou transferência, será enviado automaticamente para a conta corrente cadastrada no ato da inscrição no programa auxílio emergencial.

Contudo, essa ação não é feita para quem não indicou nenhuma conta corrente quando fez o cadastro no site ou aplicativo do auxílio.

Leia ainda: O que é auxílio residual e a quem ele se destina? Entenda agora mesmo

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here