Por Que Ter um Umidificador de Ar em Casa?

umidificador de ar

Descubra para que serve e por que ter um umidificador de ar em sua casa!

O Brasil é um país que possui diferentes tipos de clima dentro de seu território. Há regiões que sofrem com constante umidade, como é o caso do Sul, mas há outras com um clima muito seco. Às vezes é tão seco que pode prejudicar a saúde! Quando é esse o caso, talvez o ideal seja adquirir um umidificador de ar.

Mas o que é um umidificador de ar? A resposta a essa pergunta é bastante fácil, e dependendo de onde você mora, com certeza já viu um. Ele é um aparelho normalmente de pequenas dimensões, elétrico, disposto em ambientes cuja umidade relativa do ar esteja tão baixa que possa afetar o organismo humano.

Para que serve o umidificador de ar?

porque usar um umidificador de ar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) notifica que a umidade relativa do ar deve estar entre 50 e 80%. Quando esses valores chegam a 30%, é preciso cuidado. Há épocas do ano, como o inverno, em que algumas regiões brasileiras apresentam uma porcentagem ainda mais baixa, como é o caso do Sudeste e do Centro-Oeste.

Quando é esse o caso, estima-se que as buscas por ajuda médica em decorrência de problemas respiratórios seja o dobro. Se falarmos em pessoas alérgicas, então, os números são ainda maiores.

Isso ocorre porque um clima muito seco inflama e resseca as mucosas. As mucosas têm como uma de suas funções justamente evitar a entrada de organismos estranhos no corpo. Se elas não fazem bem esse papel, é natural que as pessoas fiquem doentes.

Para evitar essas complicações, uma solução é justamente a aquisição de um umidificador de ar. Ele reequilibra a umidade relativa do ar, fazendo com que fique em um nível adequado ao organismo humano.

Como o umidificador de ar funciona?

Em primeiro lugar, saiba que existe mais de um tipo desse aparelho. Todos eles, no entanto, por óbvio, necessitam de água para funcionar. A água fica em um reservatório e vai aos poucos sendo lançada ao ambiente em formato de pequenas gotas. Isso garante que o clima seco do ambiente vá lentamente recuperando a umidade ideal.

Os umidificadores são todos elétricos, mas esteja atento ao fato de nem todos os modelos serem bivolt. Apesar de ser quase padrão no Brasil a voltagem 110, há quem viaje muito e precise levar consigo o a aparelho. Tenha em mente que fora do país há muitos lugares cuja voltagem é 220.

Falando em viagem, os umidificadores de ar costumam ser objetos pequenos, o que possibilita que sejam transportados com facilidade.

Outra informação importante a considerar é que existem os umidificadores de ar frio e os de ar quente. Os de ar frio fazem mais barulho que os de ar quente, mas é considerado um ruído branco, não prejudicial. Eles são ideais para ambientes mais quentes, pois ainda resfriam levemente o ar enquanto o umidificam.

Os de ar quente, por sua vez, aquecem a água de seu reservatório antes de umidificar o ambiente. É, portanto, ideal para locais mais frios. O problema é que esse tipo de umidificador precisa ser limpo com mais frequência, já que há mais chances de se desenvolverem fungos no aparelho.

O que é um umidificador ultrassônico?

o que é um umidificador de ar

Falamos em dois tipos de umidificadores de ar, mas as duas classificações acima não são as únicas. Você ainda pode encontrar por aí o tipo evaporativo, o impulsor e o ultrassônico.

O primeiro, na verdade, praticamente não é mais comercializado, portanto você provavelmente só encontra modelos usados. Ele funciona com um papel ou toalha, que é molhada pela água do reservatório. Há um mecanismo ventilatório que lança as gotículas no ar. Não é dos melhores, principalmente porque é o tipo que mais tem chance de ser contaminado por bactérias e fungos.

O impulsor é um dos mais comuns e baratos modelos disponíveis. Seu funcionamento é bastante simples. Há um disco que gira e lança a água do reservatório em um difusor. É esse difusor o responsável por criar as gotículas de umidade, que formam uma névoa no ambiente.

Por último há o melhor modelo de umidificador de ar disponível atualmente: o ultrassônico. Essa é a tecnologia mais avançada em todos os aspectos. A névoa de umidade formada é muito mais fina em comparação com a formada pelo tipo impulsor. Isso porque as moléculas de água são quebradas em partículas microscópicas.

Apesar de ser mais caro que os outros modelos, é sem dúvida o mais completo. É o mais fácil de ser limpo e é o menos barulhento.

Quando usar umidificador de ar?

onde colocar o umidificador de ar no quarto

Se sentir que o clima está seco demais, que as mucosas nasais estão ressecando, não espere a situação piorar. Esse é o principal momento em que deve utilizar esse aparelho. Ele garantirá que respire melhor e que não tenha complicações respiratórias, sejam elas leves ou graves.

Mesmo pessoas que não são alérgicas ou que lidam bem com ares mais secos podem se beneficiar desse aparelho. Aliás, é comum pessoas que não sofrem com a baixa umidade do ar ligarem o aparelho pouco antes de dormirem para terem uma noite de sono melhorada. O ideal, contudo, é que ligue sempre durante o dia, pois o sol deixar naturalmente o ar mais seco.

É preciso cuidado, no entanto, pois o uso exagerado desse tipo de mecanismo pode prejudicar sua saúde. Além do mais, usar o aparelho em ambientes que já são úmidos ou que tem uma umidade relativa do ar ideal pode fazer com que se proliferem fungos e germes. Se você mora em regiões muito úmidas, portanto, como o Sul do país, nada de adquirir um umidificador de ar.

Onde colocar o umidificador de ar no quarto?

Você sabe como funciona e quando usar o aparelho, mas sabe exatamente como usá-lo? Os especialistas apontam uma série de pontos que você precisa levar em consideração antes, na hora e após o uso de um umidificador. Prestar atenção a isso é importante, visto que não respeitar as recomendações de uso podem tornar o mecanismo ou inútil ou perigoso.

A primeira coisa, portanto, a se pensar é o tamanho do ambiente. O umidificador, por mais potente e moderno que seja, não dá conta de um quarto com mais de 40 metros quadrados. Se o cômodo que você quer umidificar tiver medidas acima dessa, nem perca seu tempo. Você apenas gastará energia elétrica e não terá os benefícios desejados.

A saída de vapor do umidificador não deve estar jamais voltada para a parede. A umidade que sai do aparelho se prende à parede e cria rapidamente focos de bolor. Por esse mesmo motivo, tome cuidado cortinas, livros e demais objetos que retenham umidade. Eles também são propícios ao surgimento de fungos.

Se o quarto for de um bebê, deixe sempre longe da criança. Primeiro porque é prejudicial que as gotículas de água entrem em contato direto com o pequeno. Segundo porque há casos registrados de acidentes. Os aparelhos em média pesam dois a três quilos, e há chances de o bebê derrubar o objeto em cima de si.

Benefícios de um umidificador de ar

para que serve um umidificador de ar

Como você já deve ter reparado, um umidificador não é benéfico apenas para reequilibrar a umidade do ar. Alias, é justamente em decorrência de sua função principal que o aparelho promove uma série de benfeitorias em seu organismo. Veja porque usar um umidificador de ar pode ser maravilhoso!

Diminui os roncos

Pesquisas apontam que uma das causas dos roncos pode ser níveis muito baixo de umidade do ar. Ao utilizar um umidificador, você elimina esse problema. Além disso, o aparelho promove a hidratação das vias aéreas enquanto você dorme.

Ameniza os sintomas de rinite e sinusite

Um ar muito seco prejudica o funcionamento das vias aéreas superiores. Isso pode levar ao congestionamento nasal e a todos os incômodos que sinusite e rinite podem causar. Uma vez que o ar recupera a umidade necessária, as vias aéreas conseguem trabalhar corretamente.

Pode acelerar o processo de cura de resfriados

Ficar gripado ou resfriado em um ambiente muito seco pode ser uma experiência bem ruim. Manter as vias aéreas lubrificadas, no entanto, pode acelerar sua recuperação. Outro benefício do umidificador é que ele ainda previne a proliferação de vírus e de bactéria que causam esses problemas.

Reduz a ocorrência de sangramentos nasais

Quem vive em locais muito secos pode experimentar episódios recorrentes de hemorragias nasais. Uma vez que as mucosas nasais e vias aéreas não estão lubrificadas, as chances de isso acontecer são grandes. Um ar com boa umidade relativa do ar previne que esse incômodo ocorra.

Esse é o tipo de produto que vale muito a pena ter em casa se você de fato tem problemas com a umidade do ar. Infelizmente nem todo mundo pode adquirir um aparelho desses, pois nem sempre as condições financeiras permitem. Nesse caso, há sempre a possibilidade de fazer umidificadores de ar caseiros.

Uma ideia, por exemplo, é colocar baldes com água no ambiente. A eficácia do método é comprovada, além de ser financeiramente acessível a todas as pessoas.

 

 

Crédito das imagens: Flickr e Freepik

Fonte: ProQuest