Unhas alongadas de jovem ficam presas na descarga; saiba dos riscos deste procedimento

Veja os perigos para quem faz o procedimento no dia a dia

Quem não ama unha bem-feita e na moda que atire a primeira pedra. Não tem como negar que deixá-las de qualquer jeito é péssimo para o visual, sobretudo das mulheres. Mas qual é o preço que se paga por fazer alongamentos na unha? Existe riscos para a saúde? Para Pamela, uma jovem de 18 anos foi ficar com o dedo preso na tampa da descarga, saiba mais aqui no SaúdeLAB.

Acidente com unhas alongadas

O caso de Pamela Ribeiro, uma jovem paulista de 18 anos, foi divulgado após ela ter prendido seu dedo na tampa da descarga do banheiro.

O incidente ocorreu quando Pamela precisou acionar o dispositivo da descarga e, por estar com unhas alongadas, não conseguiu apertá-lo. Infelizmente não funcionou e ela diz que “como minha unha era grande, dobrei o dedo. Achei que ia dar certo, mas ele ficou preso e não consegui tirar”.

Diante da situação, a mãe tentou ajudá-la, porém as tentativas foram frustradas. Diante disso, foram buscar ajuda em um hospital, levando junto a tampa da descarga acoplada ao dedo.

O alongamento das unhas está cada mais sendo o preferido pelas mulheres. Tem lá suas vantagens, porém existem muitos riscos e complicações com o procedimento.

Fonte do vídeo: +Conteúdo96

Coceiras

A coceira é um dos riscos para quem tem unhas alongadas. Caso a pessoa tenha sensibilidade a algum dos produtos usados há grandes chances de ter alergias no local ou mesmo espalhadas pelo corpo.

Dermatite de contato

Esse tipo de problema também pode acontecer em unhas alongadas. De fato, existem substâncias químicas usadas no procedimento que capazes de inflamar a pele ao redor da unha.

Unhas fracas e quebradiças

A partir do momento em que a camada mais superficial da unha é removida, ou seja, a queratina, a unha pode se enfraquecer, descamar e ficar muito fina.

Fungos

Dependo da maneira de como se faz o procedimento, há chances de ter proliferação de fungos e bactérias, deixando as unhas adoecidas.

Receba nosso conteúdo grátis em seu WhatsApp, entre em nosso grupo: Clique aqui

Prevenção e tratamento

Caso você tenha unhas alongadas observe os cuidados necessários e não coloque sua saúde em risco.

  • Antes de fazer o procedimento, certifique da competência de quem irá fazer o trabalho nas unhas.
  • Observe os aspectos das unhas se há presença de pontos escuros, manchas esverdeadas, e sinais de inflamação (vermelhidão, secreções, dor e calor local).
  • Mantenha foco na alimentação e aporte de vitaminas do Complexo B.
  • Faça a manutenção e não descuide na escolha de produtos adequadas e seguros para unhas alongadas.
  • Não hesite em buscar um médico dermatologista para avaliar a saúde das unhas.

Leia também: Pelinhas nas unhas e onicofose: o que causa e como evitar que apareçam

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação