Vacina Covid-19 no Brasil: confira detalhes da parceria com Instituto Butantan

175
vacina Covid-19
Distribuição da vacina Covid-19 no Brasil em parceria com Instituto Butantan Foto - Pixaby

A empresa farmacêutica chinesa Sinovac Biotech já terceirizou alguns processos de fabricação da vacina contra o Coronavírus para o Instituto Butantan que será o responsável em distribuir a vacina contra a covid-19. A informação foi confirmada pela agência Reuters. Saiba mais hoje no Saúdelab.

Vacina Covid-19 para o Brasil

vacina Covid-19
Distribuição da vacina Covid-19 no Brasil em parceria com Instituto Butantan Foto – pixabay

A declaração foi feita pelo presidente executivo da fabricante, Yin Weidong, em entrevista nesta 5ª feira (24.set.2020). Aliás, fabricantes globais de vacina, como a Sinovac e a AstraZeneca fizeram parcerias para a realização de testes clínicos em estágio avançado de seus produtos no Brasil.

Lembrando que a China incluiu a candidata a vacina da Sinovac, a CoronaVac, em seu programa de uso emergencial lançado em julho.

Assim, algumas semanas atrás também foi informado que o Brasil terá a maior fábrica de vacinas da América Latina, e isso é explicado por alguns motivos. Um deles é que o governo aumentou o orçamento previsto para a compra e distribuição de vacinas em todo o território nacional. Além disso, o país tem o maior programa público de imunização do mundo.

Leia ainda: Pendência em conta conjunta negativa CPF dos dois titulares no SPC e Serasa? Veja

Brasil: testes para diversas vacinas

O país conta com uma boa infraestrutura médica, experiência em vacinação, um sistema regulatório bem estabelecido e experiência em execução em ensaios clínicos. Por isso, o país é o local ideal para testar a vacina Covid-19.

Aliás, pelo menos quatro vacinas candidatas produzidas por empresas ocidentais e chinesas, estão em testes aqui ou estarão em breve.

Além de auxiliar na luta global contra a doença, os estudos também podem dar ao Brasil acesso mais rápido a vacinas de sucesso por meio de acordos que permitirão ao país produzir vacinas localmente.

Os cientistas temem, no entanto, que as altas expectativas e promessas políticas possam levar a aprovações prematuras de vacinas.

Ademais, as as expectativas entre os políticos e o público são altas – especialmente para as vacinas Sinovac e AstraZeneca, que começaram mais cedo e recrutaram a maioria dos voluntários.

Leia ainda: Dados não aparecem no Cadastro Positivo do SPC e Serasa? Saiba o que fazer

Gostou da matéria? Compartilha, comente e siga nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here