Por que exagerar no chocolate pode causar acne? Entenda os riscos para a sua pele

Entenda a relação entre o consumo de chocolate e problemas de pele como a acne

Sem dúvidas, o chocolate é um dos doces preferidos por muitas pessoas. Com suas diversas formas de uso e enorme variedade de sabores, são poucos que acabam não gostando. Entretanto, o consumo de chocolate está conectado com alguns problemas de pele, podendo causar acne. Sendo assim, o SaúdeLab vai te explicar por que exagerar no chocolate pode causar acne.

À primeira vista, pode parecer estranho pensar que um doce como o chocolate possa ser prejudicial para nossa pele. De fato, apesar dos benefícios dele, o chocolate não é um tipo de alimento para comer sem parar, por isso representa um risco para a saúde se consumido em excesso. Entretanto, por incrível que pareça, a nossa pele fica sob esses mesmos riscos, havendo uma chance do chocolate de causar acne.

Princípios da acne na pele

Antes de mais nada, para compreender o porquê de o chocolate causar acne, é preciso falar sobre o que ela é de fato. Esse problema de pele está intimamente relacionado com as glândulas sebáceas, estruturas bastante presentes no nosso rosto. Como o próprio nome sugere, as glândulas sebáceas são responsáveis pela secreção de sebo, e a acne surge a partir de um distúrbio nesse fenômeno.

Quando as glândulas sebáceas produzem sebo de forma excessiva, o canal delas acaba se entupindo, como se houvesse formado um tampão na saída. Ao impedir a saída do sebo, ele se acumula na parte interna da pele, gerando inchaço, inflamações e proliferação de bactérias, fazendo com que surja pus no local. Esse conjunto de consequências é o que define a acne, em termos gerais.

Afinal, chocolate pode causar acne?

Tendo em mente os princípios básicos da acne, é possível discutir a influência que o chocolate pode exercer nesse problema de pele. As glândulas sebáceas, citadas anteriormente, possuem fatores responsáveis pela ativação dela e de sua produção de sebo. Um desses fatores é um hormônio chamado IGF, que é bastante similar a insulina, outro hormônio que participa da manutenção da glicose no sangue.

Assim como muitos outros doces, o chocolate possui bastante açúcar, o que consequentemente oferece grandes quantidades de glicose. Com isso, quando consumimos ele, o hormônio IGF acaba entrando em ação para controlar os níveis de glicose, ao mesmo tempo que acaba estimulando as glândulas sebáceas.

O chocolate não é o único problema

De antemão, por mais que o chocolate esteja de fato relacionado com a acne, não é necessário extirpar ele de sua alimentação. Afinal, ele também possui benefícios, como antioxidantes. O ideal é que haja apenas um consumo consciente dele, para não causar acne ou outros problemas de saúde.

Por fim, conforme fora dito, é o aumento da glicose no sangue gerada pelo consumo excessivo do chocolate que desencadeia as ações responsáveis pela acne. Ou seja, o chocolate não é o único alimento capaz de estimular esse problema. Qualquer comida que tiver um índice glicêmico mais elevado pode também desencadear esse fenômeno.

Enfim, mantenha o equilíbrio ao consumir alimentos gordurosos e faça os cuidados diários com sua pele para evitar o aparecimento de cravos e espinhas.

Leia mais: Como fazer para limpar a pele do rosto diariamente? Dicas para realçar sua beleza

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação