O que causa infecção urinária feminina? Entenda os motivos e como previnir

Entenda as causas e saiba como evitar o problema!

A infecção urinária é uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, e as mulheres são particularmente propensas a desenvolvê-la. Hoje, aqui no SaúdeLAB, exploraremos o que causa infecção urinária feminina, os tipos mais comuns, os fatores que contribuem para o seu surgimento e forneceremos dicas importantes para ajudar as mulheres a prevenir essa condição. Além disso, analisaremos dados que explicam por que as mulheres são mais propensas a ter infecção urinária do que os homens.

O que é infecção urinária

A infecção urinária é uma condição bacteriana que afeta o sistema urinário, incluindo a bexiga, os rins, a uretra e os ureteres. Existem diferentes tipos de infecção urinária, sendo os mais comuns a cistite e a pielonefrite. A cistite é uma infecção na bexiga, enquanto a pielonefrite é uma infecção renal mais grave.

A cistite é caracterizada por sintomas como dor ou ardor ao urinar, necessidade frequente de urinar, urina turva ou com mau cheiro, além de dor na região inferior do abdômen.

Já a pielonefrite pode causar sintomas semelhantes, mas também pode estar associada a febre, calafrios, fadiga e dor nas costas.

Leia mais: Vinagre de maçã é bom para infecção urinária? Descubra se funciona mesmo

O que causa infecção urinária feminina?

Vários fatores podem contribuir para o desenvolvimento de infecção urinária em mulheres. Esses incluem:

  • Anatomia feminina: As mulheres têm uma uretra mais curta em comparação com os homens, o que facilita a entrada de bactérias na bexiga.
  • Relações sexuais: A atividade sexual pode aumentar o risco de infecção urinária, pois pode empurrar as bactérias presentes na área genital em direção à uretra.
  • Gravidez: Durante a gestação, as mudanças hormonais podem aumentar o risco de infecção urinária nas mulheres.
  • Menopausa: A diminuição dos níveis de estrogênio na menopausa pode afetar a saúde da uretra e aumentar o risco de infecção urinária.
  • Obstruções do trato urinário: Qualquer condição que bloqueie ou obstrua o fluxo normal da urina, como cálculos renais ou prolapso de órgãos pélvicos, pode aumentar o risco de infecção urinária.
  • Sistema imunológico enfraquecido: Condições que enfraquecem o sistema imunológico, como diabetes ou HIV/AIDS, tornam as mulheres mais suscetíveis a infecções, incluindo infecções urinárias.
  • Higiene inadequada: Limpar-se de trás para frente após usar o banheiro ou não esvaziar completamente a bexiga podem aumentar o risco de infecção urinária.
  • Uso de diafragmas ou espermicidas: O uso frequente de diafragmas como método contraceptivo ou o uso de espermicidas pode alterar o equilíbrio bacteriano na região genital e aumentar o risco de infecção urinária.
  • Cateterismo urinário: A inserção de um cateter na uretra para drenar a urina pode permitir a entrada de bactérias e aumentar o risco de infecção urinária.
  • Histórico de infecções urinárias prévias: Mulheres que tiveram infecções urinárias no passado têm maior probabilidade de desenvolver novos episódios.

Dicas para a mulher evitar infecção urinária

Existem medidas que as mulheres podem tomar para reduzir o risco de infecção urinária. Portanto, confira as dicas:

  • Beber bastante água: Manter-se hidratada ajuda a diluir a urina e a eliminar as bactérias presentes no trato urinário.
  • Urinar após a relação sexual: Urinar logo após a atividade sexual pode ajudar a limpar as bactérias da uretra.
  • Praticar uma boa higiene: Lavar a área genital adequadamente, de frente para trás, após urinar ou evacuar pode ajudar a evitar a propagação de bactérias.
  • Evitar o uso excessivo de produtos de higiene feminina: Produtos perfumados, duchas vaginais e sprays podem irritar a região genital e aumentar o risco de infecção.
  • Vestir roupas íntimas de algodão: Roupas íntimas de tecidos naturais, como o algodão, permitem uma melhor ventilação e reduzem a umidade, criando um ambiente menos favorável para o crescimento bacteriano.
  • Evitar segurar a urina: Esvaziar completamente a bexiga sempre que sentir vontade de urinar ajuda a eliminar as bactérias.

Por que mulheres têm mais infecção urinária que homens?

Os dados mostram que as mulheres são mais propensas a desenvolver infecção urinária em comparação com os homens. Isso pode ser atribuído a várias razões:

  • Anatomia feminina: A uretra curta nas mulheres permite que as bactérias alcancem mais facilmente a bexiga.
  • Hormônios femininos: Flutuações hormonais durante o ciclo menstrual, gravidez e menopausa podem afetar a saúde do trato urinário, tornando as mulheres mais vulneráveis.
  • Relações sexuais: A atividade sexual pode introduzir bactérias na uretra feminina, aumentando o risco de infecção.
  • Uso de contraceptivos: Métodos contraceptivos, como diafragmas e espermicidas, podem alterar o equilíbrio bacteriano e favorecer o crescimento de microrganismos causadores de infecção.
  • Fatores genéticos: Alguns estudos sugerem que certos genes podem predispor as mulheres a terem infecções urinárias mais frequentes.

Agora você sabe ao que causa infecção urinária feminina

A infecção urinária feminina é uma condição comum que afeta muitas mulheres e pode causar desconforto e complicações se não for tratada adequadamente. Portanto, aqui, discutimos as causas da infecção urinária feminina, incluindo a anatomia feminina, relações sexuais, gravidez, menopausa e outros fatores que aumentam o risco. Também fornecemos dicas importantes para ajudar as mulheres a prevenir infecções urinárias, como manter uma boa higiene, beber bastante água e urinar após a relação sexual.

Além disso, examinamos a disparidade de gênero em relação à infecção urinária, comprovando que as mulheres são mais propensas a desenvolvê-la do que os homens. A anatomia feminina, as flutuações hormonais, as relações sexuais e o uso de contraceptivos são fatores importantes que contribuem para essa diferença. Assim, compreender essas causas e fatores de risco é crucial para a prevenção e o tratamento eficaz da infecção urinária em mulheres.

É importante destacar que, se uma mulher apresentar sintomas de infecção urinária, como dor ao urinar, urgência frequente de urinar, urina turva ou com mau cheiro, é essencial buscar atendimento médico para diagnóstico e tratamento adequados. O médico poderá prescrever antibióticos para combater a infecção e fornecer orientações adicionais para prevenir recorrências.

Em conclusão, a infecção urinária feminina é uma condição comum que pode ser causada por diversos fatores. É fundamental que as mulheres estejam cientes das causas e dos métodos de prevenção para reduzir o risco de infecção. Manter uma boa higiene, ter hábitos saudáveis, beber bastante água e buscar atendimento médico adequado são medidas importantes para promover a saúde do trato urinário e prevenir infecções urinárias recorrentes.

Continue a leitura: Chá de erva doce para infecção urinária; será que funciona? Entenda

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação