15 Dicas Para Ter Unhas Fortes e Saudáveis Por Mais Tempo

Conheça as melhores dicas para ter unhas fortes e saudáveis!

unhas fortes

Unhas fortes e bonitas são um sinal não apenas de beleza e de estética, mas também de um corpo saudável. Não importa o tamanho e o formato, todas as pessoas devem mantê-las sadias e resistentes. Fato é que seguindo hábitos alimentares saudáveis, é possível ter unhas limpas, sem manchas e praticamente inquebráveis!

15 Dicas para ter unhas fortalecidas

unhas fortificadas

Todos sabemos que as unhas são, principalmente para as mulheres, uma das mais partes do corpo mais importantes em termos de estética. Não é à toa que no Brasil há uma série de técnicas e de métodos aplicados por salões de beleza e por manicures e pedicures ao cuidado e à decoração das unhas.

Fato é que em 99% dos casos não basta ir toda semana a uma profissional para que você tenha unhas fortes. Fortificá-las não tem a ver apenas com passar um esmalte de boa qualidade. É preciso mudar hábitos se você quiser que elas ficam sadias, brilhantes e quase impossíveis de quebrarem.

Portanto confira abaixo algumas dicas preciosas que separamos para você!

1. Consuma alimentos proteicos

A alimentação é, em primeiro lugar, o segredo para ter unhas fortes. Tudo em nosso corpo é afetado pelos nutrientes que ingerimos e, é claro, também pela falta deles. Pois bem: um dos nutrientes mais importantes para manter unhas saudáveis é a proteína.

Uma vez que as unhas são formadas em sua quase totalidade por queratina, um tipo de proteína, é essencial que consuma alimentos proteicos. Carnes leves, ovos, aspargos, feijão, espinafre são alimentos indispensáveis em sua dieta. Invista, ainda, em uma alimentação rica em minerais como ferro, cálcio, magnésio, zinco e cobre, elementos que também estão presentes nas unhas.

Caso prefira, pode também dar uma chance ao whey protein. Suplementos de proteína podem ser boas alternativas para quem tem dificuldade de absorver esse nutriente dos alimentos.

2. Tenha paciência com o crescimento das unhas

Todo mundo já ouviu falar na frase “Dê tempo ao tempo”. Com as unhas ela se aplica muito bem. Assim como ocorre com seus músculos, elas precisam de pelo menos um dia de respiro depois que você usou o removedor de esmaltes.

Nesse meio tempo, evite o uso de unhas postiças. Elas dão, claro, a aparência de que suas unhas estão crescidas, contudo elas mais atrapalham o crescimento do que ajudam. Nesse tempo em que espera elas se recuperarem para pintá-las novamente, abuse dos cremes hidratantes e de óleos fortificantes específicos. Biotina, zinco e selênio são boas pedidas.

3. Hidrate sempre que puder

Assim como você hidrata a pele e hidrata o cabelo, as unhas também precisam ser sempre hidratadas. Cada pausa no dia a dia que tiver, use um creminho próprio para a hidratação das unhas. Massageie a cutícula com carinho, algo que, posteriormente, elimina a necessidade de usar alicate, por exemplo.

Dica: mantenha um hidratante, cera, óleo de cutículas ou óleo de coco em cima da mesa do trabalho ou ao lado da cama. Beber muita água também é o segredo de unhas fortes.

4. Não use tanto a lixa

lixar as unhas

Lixar as superfícies das unhas é um hábito muito comum que muitas mulheres adotam há décadas. Pois bem: pegue leve nesse hábito. Saiba que quando você lixa muitas vezes e com muita frequência, as unhas ficam finas demais, quebradiças, fracas, o oposto do que você quer.

5. Não corte as cutículas

As cutículas são barreiras naturais da pele. Elas servem para proteger tanto o corpo de bactérias como também a raiz das unhas. O ato de cortá-las cria um trauma no local que resulta em unhas muito mais frágeis nas pontas.

6. Suas unhas não são ferramentas

Se não tiver uma tesoura próximo, não use suas unhas para abrir uma carta. Também não use-as para retirar fita adesiva, para abrir lata de refrigerante, enfim… Usar as unhas como ferramentas só vai dar mais chances para quebrá-las.

7. Livre-se das químicas

Prefira esmaltes que não contêm certos ativos químicos como formaldeído, tolueno e DBP. Eles podem causar alergias, irritações e ainda deixar as unhas fracas e amareladas. Sorte que o mercado está cheio de opções “3 Free”, “5 Free” e “Hipoalergênicas”.

8. Não roa as unhas

roer as unhas

Parece óbvio dizer isso, mas não é. Comer ou roer as unhas é extremamente prejudicial em termos de saúde e de estética. Além de ser um hábito ruim e até mesmo feio, danifica não apenas as unhas, mas a pele em volta e abaixo delas.

Além disso, por estarem constantemente úmidas, as unhas ficam mais propensas a contraírem bactérias, fungos e doenças relacionadas a esses organismos. Outro problema é que a saliva inibe o crescimento de unhas fortes. Portanto evite morder as pelezinhas que saem nas laterais dos dedos. Use ferramentas apropriadas para isso.

9. Cuidado com o removedor que usa

Muito se fala sobre os removedores de esmalte. O mais comum e até o mais tradicional e utilizado pelas mulheres é a acetona. Pois bem, tente não usá-la mais. Não é à toa que o cheiro desse produto deixa todo o ambiente com aquele ar carregado de químicos. A acetona é um veneno para sua saúde, além de desidratar as unhas.

O certo é usar um remover específico, de qualidade. Você deve procurar por produtos que contenham glicerina. Ela é um grande auxílio em seu objetivo de ter unhas fortes e poderosas.

10. Corte as unhas de vez em quando

As cutículas não devem ser cortadas, isso você já leu aqui, mas as unhas devem. Tê-las grandes demais não só pode ser um grande incômodo em atividades diárias, como podem machucar você mesma e outras pessoas.

Saiba que enquanto a lixa é responsável por afinar as unhas, cortá-las causa justamente o efeito oposto. Elas ficam muito mais fortes e retomam seu crescimento ainda mais resistentes.

11. Não use esmalte diariamente

esmalte para unhas

Essa dica está em consonância com a dica sobre ter paciência em relação ao crescimento das unhas. Não é preciso que deixe de ter as tendências de cores e de detalhes em suas belas mãos. O que estamos dizendo é que pelo menos uma ou duas vezes na semana você deve ficar com as unhas “clean”. Sem esmalte, sem base, sem nada.

Ainda relacionado a isso, cuidado com os esmaltes que usa. Alguns são compostos por químicos extremamente nocivos não só às unhas, mas a sua saúde no geral. Portanto opte sempre que puder por marcas mais naturais. Cuidado com certas cores, como vermelho, roxo e preto, pois podem manchar.

12. Proteja as unhas de fatores externos

As luvas de lã não servem apenas para proteger as mãos do frio e dos ventos gelados. No inverno, a tendência é que as unhas ressequem. Portanto use luvas para evitar essa ocorrência.

Já no verão, dependendo de onde você mora, pode ocorrer o mesmo fenômeno. Além disso, os dias quentes trazem consigo os excessivos efeitos dos raios UVA e UVB. Por isso não deixe de passar protetor solar nas unhas. Elas ficarão protegidas contra o sol e ainda ficarão hidratadas.

13. Faça massagem nas pontas dos dedos

Creia você ou não, massagear as pontas dos dedos é fundamental para ter manter suas unhas fortes. Caso você não saiba, ter uma boa circulação sanguínea nas mãos ajuda e muito todo o processo. Aproveite os momentos de hidratação das unhas para massagear com cuidado e com carinhos os dedos. Isso fará com o crescimento das unhas seja estimulado.

14. Não remova o esmalte lascado com a unha

O hábito de ficar tirando aquele esmalte raspado com as unhas é super prejudicial. Primeiro porque, eventualmente, você pode acabar quebrando sua unha, por mais forte que ela esteja. Em segundo lugar, embora você não perceba, essa atitude é responsável por remover aquela camada superficial e quase invisível que protege a unha.

15. Arredonde os cantos das unhas

Há mulheres que preferem os cantos das unhas mais quadrados, enquanto há aquelas que os preferem mais redondos. Não há um jeito certo ou um jeito errado, acabando por ser mais uma questão de gosto.

Aconselhamos, no entanto, que opte por um estilo de unhas mais arredondado. Pode ser que os cantos das unhas se prendam ou se agarrem a tecidos sem que você note. E aí pode ocorrer justamente que você não quer: unhas quebradas. Nesse sentido, unhas com formato mais arredondado ou ovalado são melhores.

 

 

 

 

Fontes bibliográficas:

  • Harris-Roberts, J., Bowen, J., Summer, J., Stocks-Greaves, M., Bradshaw, L., Fishwick, D., Barber, C.M., 2011. Work-related symptoms in nail salon technicians. Occup. Med. 61, 335e340.

Crédito das imagens: Pexels